Sab10192019

Last update03:32:00 PM

Copyright © 2019 Gazeta de São João. Todos os direitos reservados.
Designed by JoomlArt.com.
Joomla! é um software livre com licença GNU/GPL v2.0

 


Back Você está aqui: Home Brasil Enfarto mata jornalista Paulo Henrique Amorim

Brasil

Enfarto mata jornalista Paulo Henrique Amorim

(Foto TV Record)

Morreu na madrugada desta quarta-feira (10) o jornalista Paulo Henrique Amorim. Ele teve um infarto fulminante e morreu em sua casa, confirmou sua mulher àRecord, última emissora de televisão para qual o jornalista trabalhou.Paulo Henrique Amorimteve passagens por diversos veículos de imprensa no Brasil, inclusive Globo, Band, Machete, Veja e Cultura. 

Ele estava naRecorddesde 2003 e recentementefoi afastado da apresentação do "Domingo Espetacular", dominical jornalístico da emissora. Ele deixa uma filha e a mulher, Geórgia Amorim.

Seu trabalho no jornalismo começou em meados de 1961 no extinto jornal “A Noite”, no Rio de Janeiro. Após essa experiência, Paulo Henrique Amorim não parou mais e foi emendando vários trabalhos em jornais e revistas. Logo no início da carreira, PHA já cobria política e presenciou momentos importantes como a renúncia do ex-presidente Jânio Quadros. O próximo passo foi se tornar correspondente internacional em Nova York, nos Estados Unidos. Seu ingresso na  na TV foi pela extintaTV Manchete. Na sequência passou pelaGlobo, onde cobriu o impeachment de Fernando Collor de Mello. Trocou a emissora pela Band em 1996, onde apresentou o programa "Fogo Cruzado", além do "Jornal da Band". Ao sair da Band foi para a Cultura e em 2003 chegou à Record, onde sempre esteve à frente dos principais programas como o extinto "Jornal da Record 2ª edição" e o "Edição de Notícias". Comandou o Domingo Espetacular desde 2006 até o afastamento neste ano.

Paulo Henrique Amorimtambém atuou na internet. Em 2000 inaugurou o UOL News no portal UOL e em 2006 atuou como blogueiro doiGcom o blog Conversa Afiada, que depois manteve de maneira independente.