Sab10192019

Last update03:32:00 PM

Copyright © 2019 Gazeta de São João. Todos os direitos reservados.
Designed by JoomlArt.com.
Joomla! é um software livre com licença GNU/GPL v2.0

 


Back Você está aqui: Home Brasil Mulheres, idosos e pessoas com deficiência poderão desembarcar fora do ponto de ônibus em SP

Brasil

Mulheres, idosos e pessoas com deficiência poderão desembarcar fora do ponto de ônibus em SP

Fotp Adriana Franciosi / Agencia RBS

Projeto de lei aprovado nesta quarta-feira permite o desembarque entre as 22 e 5 horas, desde que não haja desvio da rota

Mulheres, idosos e pessoas com deficiência que têm medo de serem assaltadas ao desembarcarem tarde da noite de um ônibus, voltando para casa, podem tera esperança de que isso está com os dias contados. Foi aprovada nesta quarta-feira (18), na ALESP uma lei que permite o desembarque em lugares diferentes dos pontos tradicionais.

Esse público específico que usa o transporte público no estado de São Paulo poderá desembarcar, entre as 22 e 5h, em locais que não são os pontos de parada regulares. O projeto de lei 240/2019, aprovado vale para os transportes metropolitanos de baixa e média capacidade nas Regiões Metropolitanas do Estado de São Paulo. A lei é de autoria do Deputado Estadual Tenente Coimbra. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP), todos os dias, São Paulo registra 33 estupros, crime que cresceu 7% entre 2017 e 2019. Outro dado que reforça a necessidade de reduzir ao máximo a exposição a riscos é o número de roubos em 2018, que computou 263.115 casos, aproximadamente 700 por dia. No ano passado, o número de crimes contra pessoas consideradas vulneráveis aumentou 14,3% em todo estado, com 8.6 mil casos.

O Projeto de Lei aprovado na Assembléia segue agora para sanção do Governado João Dória.