Brasil

China divulga que asas de frango do Brasil testaram positivo para Coronavírus


Na China, asas de frango congeladas que foram compradas do Brasil tiveram amostras com resultado positivo para o novo Coronavírus, de acordo com publicação feita pelo governo de Shenzhen, cidade localizada no sul do país, e divulgada pela agência de notícias Reuters. Além disso, a prefeitura da cidade de Wuhu anunciou que detectou a presença do coronavírus em embalagens de camarões procedentes do Equador em julho.

Até então, não havia nenhuma evidência sobre a transmissão por alimentos, e não há, por enquanto, comentários das autoridades de segurança de alimentos sobre os casos. Há alguns meses, ao avaliar o risco de contágio em outras epidemias causadas por vírus da mesma.familia, a Autoridade Europeia de Segurança dos Alimentos (European Food Safety Authority - EFSA), concluiu que a transmissão por alimentos era improvável.

Embora ainda existam dúvidas sobre certos comportamentos do vírus, que é novo para a comunidade científica, o Sars-CoV-2 não resistiria às temperaturas normalmente utilizadas para cozimento dos alimentos (em torno de 70ºC).

"Os animais de produção são fontes de transmissão do coronavírus desde que esses estejam contaminados, mas o cozimento em casa garante a segurança do consumidor. O vírus necessita de outro ser vivo para expressar sua carga genética e poder se multiplicar. No caso dos alimentos, não há possibilidade dele se multiplicar nos produtos já disponíveis nas gôndolas dos supermercados. É importante, no entanto, que os produtos de origem animal não sejam consumidos mal passados", explica a professora Aline Cesar, do departamento de agroindústria, alimentos e nutrição da Esalq-USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo).