Dom09202020

Last update01:12:41 PM

 

Back Você está aqui: Home Brasil "Bolsonaro traidor" grita militares em evento da Marinha

Brasil

"Bolsonaro traidor" grita militares em evento da Marinha

Um grupo de cerca de 30 militares e pensionistas das Forças Armadas fez um protesto em frente ao Centro de Instrução Almirante Alexandrino, em Ramos, onde o presidente Jair Bolsonaro participou na manhã desta quinta-feira da formatura 3 mil sargentos da Marinha . Eles disseram que foram prejudicados pela Lei 13954/19 que elevou os descontos sobre os benefícios pagos à categoria. Os manifestantes afirmam que foram prejudicados pela reforma enquanto altos oficiais são beneficiados por mudanças legais aprovadas pelo atual governo. No protesto, eles gritam palavras de ordem, como " Bolsonaro Traidor ".

Segundo representantes do movimento, com as mudanças, os praça e passaram a descontar de 7,5% para 9.5% do vencimento bruto, desde janeiro deste ano. No caso deles, contam, pensionistas passaram de zero por cento para 12,5%. A previsão é de um aumento de mais 1% em 2021. Os manifestantes dizem que antes de ser de eleito, Bolsonaro sempre ajudou a categoria. Mas que o presidente não atendeu aos apelos para que a reforma não prejudicasse a categoria, e que teria beneficiado apenas oficiais com um novo plano de carreiras. O grupo se auto intitula Tropa em Forma e já fez atos no Rio e em Brasília.

No cálculo de num dos participantes, o fuzileiro naval da reserva Wagner Coelho, os descontos gerarão perdas de R$ 86 milhões em 10 anos. A categoria promete promover um ato em Brasília reunindo militares de todo o país entre os dias 20 e 22 de outubro. Segundo representantes da categoria, Bolsonaro chegou a ser abordado por representantes do grupo na entrada da residência oficial, mas não houve acordo. O protesto desta quinta-feira é o primeiro que eles fazem contra o presidente no Rio de Janeiro.