Sab04172021

Last update01:58:07 PM

 

Back Você está aqui: Home Brasil GOVERNO DE SP CRIA REDE DE DOAÇÃ0 DE PLASMA PARA TRATAMENTO DA COVID-19

Brasil

GOVERNO DE SP CRIA REDE DE DOAÇÃ0 DE PLASMA PARA TRATAMENTO DA COVID-19


O governo de São Paulo anunciou hoje a criação de uma rede de doação de plasma sanguíneo que será usado no tratamento de pacientes com covid-19. O projeto piloto é tocado pelo Instituto Butantan, que também divulgou hoje que está desenvolvendo uma vacina 100% nacional contra a doença causada pelo novo coronavírus. A técnica de tratamento com plasma convalescente usa o sangue de pessoas que já foram infectadas pelo coronavírus e promete ajudar o sistema imunológico a responder melhor contra a a covid-19, fornecendo anticorpos prontos.

Para tocar o projeto piloto, o Butantan terá cinco hemocentros cadastrados junto à instituição para as doações. São eles: H. Hemo, em São Paulo Pró Sangue, em São Paulo Colsan, em São Paulo Hemocentro Unicamp, em Campinas Hemocentro de Ribeirão Preto Após as doações, as transfusões serão realizadas inicialmente em pacientes de Santos e Araraquara —cidades que tiveram altas explosivas de casos neste ano. Segundo Dimas Covas, diretor do Butantan, a ideia é estender o projeto para outros municípios paulistas depois.

"O objetivo do plasma é transferir ao paciente anticorpos de maneira passiva, até que o organismo afetado tenha tempo de reagir e montar a sua resposta imune. Trata-se de uma vacina instantânea, uma forma de tratamento que pode ser usada em meio à pandemia", afirmou Dimas Covas, diretor do Butantan.

O uso do plasma convalescente no tratamento de pacientes com covid-19 já vem sendo feito em São Paulo desde o início da pandemia, mas agora haverá um esforço maior para a aplicação e análise do procedimento, de acordo com o governo. A técnica é indicada para pessoas que estejam apresentando sintomas há 72 horas, no máximo.

Os pacientes que receberão o plasma serão dos grupos afetados com maior gravidade pela doença, que incluem idosos, pessoas com comorbidades e imunossuprimidas

Doações

A maioria dos requisitos para a doação de plasma são as mesmas para a doação de sangue. A pessoa tem que ter entre 16 e 69 anos; pesar no mínimo 50 kg; ter boas condições de saúde.

Além disso, o doador precisa ter confirmada a infecção anterior pelo coronavírus por registro clínico, e esperar 30 dias após se recuperar da covid-19.

O Butantan indica que os voluntários sejam do sexo masculino de forma prioritária. O motivo, segundo o instituto, é que a mulher liberar durante a gravidez anticorpos que podem causar uma reação grave na pessoa que recebe o plasma.