Sex10302020

Last update06:50:14 PM

 

Back Você está aqui: Home Cidades

Cidades

ELEKTRO inicia instalação de lâmpada LED

 

A Elektro iniciou a instalação de lâmpadas de LED em 991 pontos de iluminação pública de Vargem Grande do Sul. O projeto faz parte do programa de eficiência energética da concessionária, regulado pela ANEEL. Com a implantação do projeto será possível reduzir o consumo de energia da iluminação pública em aproximadamente 50%, valor equivalente ao consumo médio anual de 200 famílias. Além disso, terá uma redução também nos custos de manutenção, uma vez que a durabilidade da lâmpada LED é superior ao sistema convencional utilizado.

A definição dos locais, realizada em parceria com a prefeitura, levou em conta os pontos com significativo potencial de redução de custos com energia elétrica, como por exemplo, a avenida Antonio Bolonha, uma das principais da cidade.

Educação de Águas da Prata divulga calendário do “Escola em Casa”


A Secretaria Municipal de Educação de Águas da Prata divulgou o novo calendário para retirada e entrega de atividades escolares do projeto “Escola em Casa” para os cerca de 800 alunos da rede pública municipal da cidade. As aulas já estão sendo realizadas pelo sistema remoto com auxílio de material impresso produzido por professores da rede. O novo calendário prevê retiradas e devoluções dos materiais até 21 de dezembro.

As famílias devem retirar as atividades nas respectivas escolas. Por conta da reclusão social, as aulas estão sendo remotas. Impresso, o material de estudo pode ser atualizado uma vez por semana e entregue aos alunos. Pais que eventualmente não têm como retirar os conteúdos de estudos das crianças nas escolas, recebem os impressos em casa.
“Optamos pelo material impresso como uma forma democrática já que nem todas as famílias tem acesso à internet. Nosso objetivo também é promover os laços entre escola e família e entre professor e aluno, através dessas atividades”, disse Maria Eulália Cavalcante de Carvalho. Secretaria Municipal de Educação de Águas da Prata
.

Focos de incêndio voltam nas matas de Águas da Prata


Na tarde desta sexta-feira e madrugada de sábado, focos de incêndio voltaram a surgir nas matas da vizinha Águas da Prata. O fogo voltou a aparecer, mas em pontos diferentes dos que causaram estragos há poucas semanas quando o incêndio se concentrou nas imediações do Parque Estadual.
O fogo agora se concentrou do lado oposto da rodovia SP 342. O primeiro foco teria surgido logo no início da tarde destasexta, 02, próximo à Cascatinha, uma das cachoeiras mais visitadas da Estância, cujo acesso está em reforma.

A Prefeitura de Águas da Prata acionou a Brigada de Incêndio Municipal e o Corpo de Bombeiros de São João da Boa Vista que realizaram a estratégia do primeiro combate às chamas. No entanto o fogo logo se alastrou para a propriedade do Fernando Furlaneto,
próximo ao pedágio. Por volta das 19h00 o fogo estava sob controle e se concentrava na maior parte na vegetação rasteira.

Um segundo foco de incêndio surgiu perto das 17h00 desta sexta-feira na propriedade ao lado onde estavam concentrado os brigadistas, e o fogo ganhou força, atingiu a vegetação mais alta e avançou para a base de montanha conhecida como “morro do antigo teleférico”.

Na entrada da madrugada deste sábado, quando tudo parecia que estaria sob controle, as chamas ganharam força mais uma vez e o combate ao fogo foi intensificado novamente. Na manhã deste sábado o fogo já estava controlado novamente e o alerta para casas de moradores que estavam na rota das chamas foi revogado.

HELICÓPTERO ÁGUIA

A Prefeitura Municipal fez contato com autoridades estaduais e conseguiu liberação de um helicóptero Aguia para ajudar no combate ao incêndio. De acordo com o pessoal de terra que faz o controle da situação, como o tempo está muito quente e a umidade do ar baixa, novos focos podem surgir e as chamas podem voltar a ganhar força.
Neste sábado um helicóptero Águia já fez o reconhecimento da área e já atua no combate ao fogo no antigo “Morro do Teleférico”.

Focos de incêndio voltam nas matas de Águas da Prata


Na tarde desta sexta-feira e madrugada de sábado, focos de incêndio voltaram a surgir nas matas da vizinha Águas da Prata. O fogo voltou a aparecer, mas em pontos diferentes dos que causaram estragos há poucas semanas quando o incêndio se concentrou nas imediações do Parque Estadual.
O fogo agora se concentrou do lado oposto da rodovia SP 342. O primeiro foco teria surgido logo no início da tarde destasexta, 02, próximo à Cascatinha, uma das cachoeiras mais visitadas da Estância, cujo acesso está em reforma.

A Prefeitura de Águas da Prata acionou a Brigada de Incêndio Municipal e o Corpo de Bombeiros de São João da Boa Vista que realizaram a estratégia do primeiro combate às chamas. No entanto o fogo logo se alastrou para a propriedade do Fernando Furlaneto,
próximo ao pedágio. Por volta das 19h00 o fogo estava sob controle e se concentrava na maior parte na vegetação rasteira.

Um segundo foco de incêndio surgiu perto das 17h00 desta sexta-feira na propriedade ao lado onde estavam concentrado os brigadistas, e o fogo ganhou força, atingiu a vegetação mais alta e avançou para a base de montanha conhecida como “morro do antigo teleférico”.

Na entrada da madrugada deste sábado, quando tudo parecia que estaria sob controle, as chamas ganharam força mais uma vez e o combate ao fogo foi intensificado novamente. Na manhã deste sábado o fogo já estava controlado novamente e o alerta para casas de moradores que estavam na rota das chamas foi revogado.

HELICÓPTERO ÁGUIA

A Prefeitura Municipal fez contato com autoridades estaduais e conseguiu liberação de um helicóptero Aguia para ajudar no combate ao incêndio. De acordo com o pessoal de terra que faz o controle da situação, como o tempo está muito quente e a umidade do ar baixa, novos focos podem surgir e as chamas podem voltar a ganhar força.
Neste sábado um helicóptero Águia já fez o reconhecimento da área e já atua no combate ao fogo no antigo “Morro do Teleférico”.

Prefeitura de Águas da Prata anuncia R$ 70 mil para profissionais da cultura


Em nota oficial a Prefeitura de Águas da Prata anunciou que o município vai receber R$ 70.000,00 que serão distribuídos a espaços culturais, oficinas e eventos para fomentar o setor. O auxílio emergencial aos profissionais vai ser enviado diretamente aos beneficiados pelo governo estadual através da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.

Artistas, artesãos e profissionais da área da cultura e responsáveis por centros culturais de Águas da Prata devem se cadastrar no site da Secretaria Estadual de Cultura do Estado de São Paulo para ter acesso ao auxílio emergencial por conta dos efeitos da pandemia.

Em um primeiro momento, a prefeitura fez um levantamento dos
profissionais da área que forneceram informações importantes no site oficial do município. Agora, é preciso que os interessados se cadastrem diretamente no site da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo:
https://dadosculturais.sp.gov.br/

A Lei Federal nº 14.017/2020, conhecida como Lei Aldir Blanc (LAB), estabelece uma série de medidas emergências para o setor cultural e criativo, fortemente impactado pela pandemia do novo coronavirus (COVID-19). A lei tem como objetivos auxiliar três eixos específicos: renda emergencial para os (as) profissionais dos setores cultural e criativo; subsídio para a manutenção dos espaços culturais que tiveram suas atividades interrompidas nesse período; ações de fomento à cultura, por meio da realização de prêmios e editais para o setor cultural e criativo.

Importante lembrar que os espaços culturais devem se cadastrar até dia 10 de outubro.

EdUFSCar realiza 1ª Feira Virtual de Livros


Neste cenário de pandemia, a Editora da Universidade Federal de São Carlos (EdUFSCar) está inovando e realiza entre os dias 7 e 13 de setembro a sua 1ª Feira Virtual de Livros. 
Ao todo, serão 21 editoras participantes: a própria EdUFSCar, Vozes, Unesp, Blucher, Companhia das Letras, Zahar, L&PM, Martin Claret, Paco Editorial, Girassol, Ciranda Cultural, Aletria, Cortez, Editora 34, Expressão Popular, Summus, Record, Rocco, Universo dos Livros, Boitempo e Senac.
A Feira estará disponível no site da EdUFSCar (www.edufscar.com.br). As pessoas interessadas deverão clicar no banner da Feira e, em seguida, visitar as editoras participantes. Os títulos estarão com descontos a partir de 20%. Outra vantagem é que nas compras acima de R$ 50 o frete será gratuito.
Mais informações podem ser obtidas no site www.edufscar.com.br.

ARTESP divulga repasses do Programa de Concessão de Rodovias Paulistas no primeiro semestre de 2020


Dados mostram que houve queda nos repasses em comparação com 2019

De janeiro a junho deste ano, 59 prefeituras da região de Campinas foram beneficiadas com mais de R$ 78 milhões em repasses provenientes do Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISS-QN), de acordo com balanço da ARTESP - Agência de Transporte do Estado de São Paulo. Os valores arrecadados incidem sobre as tarifas de pedágio das rodovias estaduais que integram o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo. Desde 2000, quando o ISS foi incorporado, um montante de R 2 bilhões já foi repassado às cidades da região.

A alíquota do imposto é definida por legislação federal e regulamentada pelos municípios, portanto, varia para cada prefeitura. O repasse é feito proporcionalmente à extensão das rodovias sob concessão que atravessam o município. A verba tem importante impacto no orçamento, principalmente nas cidades menores. Cada prefeitura tem a liberdade para estabelecer a utilização deste recurso na área em que julgar ser de maior prioridade, seja em saúde, educação, segurança ou na expansão de infraestrutura de transporte, por exemplo. Desta forma, parte das tarifas dos pedágios acaba sendo destinada para beneficiar segmentos que vão além das melhorias na malha rodoviária.

A quantia arrecadada na região neste primeiro semestre apresenta uma queda de 10% em comparação ao mesmo período do ano passado. 

De janeiro a junho de 2020, foram mais de R$ 235 milhões em arrecadações no Estado, verba compartilhada entre as 283 prefeituras atendidas pelo Programa de Concessões Rodoviárias.

São João da Boa Vista recebeu neste ano R$ 421.238,19. Valor menor se comparado com o mesmo período de 2019 (janeiro a junho) que foi de R$ 643.238,74.

Renovias promove orientações e entrega de brindes na Semana do Ciclista

Hoje, dia 19 de Agosto é o Dia do Ciclista. A data é celebrada para propor umareflexão a sociedade brasileira sobre o uso desse transporte no ambiente urbano. Além de sustentável, e fazer bem a saúde (em decorrência do exercício físico), diminui o tráfego nas grandes cidades e traz a sensação de felicidade (com a liberação de endorfina). A data foi escolhida para homenagear o ciclista Pedro Davison, que morreu dia 19 de Agosto de 2006, ao ser atropelado em Brasília enquanto pedalava. Os pais de Davison criaram a ONG Rodas da Paz que lutam contra a violência do trânsito.

O uso da bicicleta aumentou muito durante o período de pandemia, em que deve haver o distanciamento social e um cuidado maior com a saúde. A venda desses itens tem aumentado nos últimos meses, conforme registram pesquisas do setor e, com esse meio de transporte ganhando cada vez mais as vias urbanas e rurais, os ciclistas devem se atentar à segurança ao trafegar pelas rodovias.

E por conta da comemoração do Dia do Ciclista, a Renovais programou três ações com a finalidade de orientar os condutores das bicicletas sobre cuidados na hora de sair para pedalar, principalmente utilizando a estrada. Uma destas ações está marcada para o dia 23, a partir das 7h00, com entrega de folheto com orientações e entrega de bringes na base da Polícia Rodoviária em Águas da Prata, na Rodovia SP-342, no km 235 (pista Oeste).

“Queremos alertar os ciclistas que andar pelo acostamento com bicicletas é perigoso e que a atenção deve ser redobrada nestes casos. É fundamental que eles utilizem equipamentos de segurança, como capacete e adesivos refletivos, além de vestir roupas claras e jamais trafegar pela pista, em que a velocidade dos demais veículos é muito superior”, alerta o coordenador de tráfego da Renovias, Alexandre Bueno da Silva.

Sul de Minas teve chuva de granizo. Frio a partir de quinta-feira


Pelo menos quatro municípios vizinhos a Poços de Caldas registraram chuva de granizo na madrugada desta terça-veira, 18 de agosto. O granizo deixou a vegetação coberta de branco, como neve em Andradas, Ibitiura de Minas, Ipuiuna e Santa Rita de Caldas

A chuva de granizo causou danos em algumas lavouras e telhados, mas sem gravidade. Segundo moradores, choveu cerca de 15 minutos,

O temporal de granizo durou cerca de 15 minutos, mas foi suficiente para transformar as estradas em um tapete branco e destruir algumas plantações. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o fenômeno costuma acontecer em períodos muito seco aliados a áreas de instabilidade. Uma  frente fria localizada no litoral Norte do Paraná  foi o que causou o sistema no Sul de Minas.

TEMPERATURAS FRIAS

“Nesta quarta e quinta a tendência é que não tenhamos mais chuvas de granizo no Sul de Minas, no entanto, na sexta-feira uma nova massa de ar de frio chega, derruba as temperaturas na região e pode provocar novos temporais, inclusive com granizo”, explica a meteorologista Anete Fernandes.

Em São Paulo a previsão é que vai esfriar muito a partir da quinta-feira, 20 de agosto, e a capital paulista pode até bater os recordes de frios para este ano.

Na quarta, 19, os períodos com sol aumentam, esquenta rapidamente e a sensação de calor predomina em grande parte do dia. Mas tem previsão de pancadas de chuva com raios à tarde e à noite na divisa com o Paraná, no sul e leste do estado, onde estão a Grande São Paulo e o litoral. A chuva pode vir moderada!

Mas o tempo fica mais instável, com maior chance de chuva na quinta-feira, 20 de agosto, com a chegada da uma forte e grande frente fria. Além de chuva, este sistema traz muito frio. Será a frente fria Frozen do inverno de 2020, a mais forte deste ano.

Entre a quinta-feira e a sexta-feira, 21 de agosto, poderá chover em todo o estado, com chance de chuva moderada a forte no oeste, sul, e leste do estado, incluindo a Grande São Paulo e o litoral, com risco de chuva moderada a forte, ventos moderados a fortes e raios.

Esta frente fria traz a massa de ar frio de origem polar mais forte do ano e este ar gelado chega a São Paulo na quinta-feira, 22. Vai esfriar muito em todas as regiões paulistas. Entre a tarde do da quarta, 19, e a tarde de quinta-feira, 20 de agosto, a temperatura deve baixar cerca de 10°C na capital paulista.

Até o dia 17 de agosto, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Meteorologia, a menor temperatura na cidade de São Paulo foi de 9,6°C, no dia 29 de maio. A menor temperatura máxima foi de 15,9°C, no dia 15 de julho.

A previsão da Climatempo indica que os dois recordes de frio poderão ser batidos durante a passagem da forte onda de frio no fim desta semana. O recorde de menor temperatura de 2020 poderá ser batido nas madrugadas dos dias 22 e 23 de agosto, no próximo fim de semana

O recorde de menor temperatura máxima e de tarde mais fria do ano poderá ser observado na sexta-feira, 21. Se não ocorrer, há uma nova chance no sábado, 22. A temperatura sobe na tarde do domingo.

Em relação às temperaturas no estado, durante a passagem da onda de frio poderemos ter de 3°C a 5°C no oeste e sul do estado. Estas devem ser as menores temperaturas inicialmente previstas. É possível que haja correções no decorrer da semana, conforme o ar frio intenso vai entrando no estado.

No Litoral as menores até o domingo devem ser 7°C a 10°C

Maiores temperatura no estado essa semana ficam no norte/noroeste do estado ainda podendo chegar aos 36°C na quarta-feira à tarde.

No próximo fim de semana, as madrugadas serão muito frias no estado de São Paulo e não se pode descartar a chance de geada no sul e no oeste do estado.