Qua04012020

Last update02:09:42 PM

 


Back Você está aqui: Home Cidades

Cidades

A importância da saúde emocional para enfrentar a pandemia

Além dos aspectos de higiene e distanciamento social preconizados para conter a disseminação do coronavírus, a saúde emocional é outro aspecto que precisa ser considerado para que todos passem da melhor maneira possível por este período de confinamento. 

A psicóloga e professora da UNIFAE, Betânia Alves Veiga Dell'Agli, fala sobre o tema e dá orientações valiosas para o controle da ansiedade: “Estamos falando pouco sobre os aspectos psicológicos, que são extremamente importantes neste momento. E também precisamos lembrar que nem todas as pessoas lidam da mesma forma com a situação. Aquelas que tendem a ter uma ansiedade maior podem ficar ainda mais nervosas e apresentar falta de ar e dificuldade para dormir, por exemplo.”

É importante considerar também que, neste momento, as pessoas estão divididas em diferentes categorias, cada uma delas com ansiedades características de sua condição. “Temos as pessoas saudáveis fora do grupo de risco, as que fazem parte do grupo de risco, e aquelas que contraíram o Covid-19.”

Os indivíduos não infectados e que estão tomando todas as medidas pertinentes têm um papel fundamental na tranquilização dos demais, mas podem ficar emocionalmente sobrecarregados. “São eles que buscam informações, mantêm a comunicação com os familiares, cuidam para que a higienização seja feita adequadamente. Além disso, existe a preocupação financeira que este cenário acarreta. Tudo isso pode levar à perda de sono e aumentar a sensação de mal-estar. A ferramenta mais importante para combater essa ansiedade é reconhecer a emoção provocada pelo medo e dar-lhe a devida dimensão. O medo em si não é ruim, ele nos deixa atentos e nos protege dos perigos. O problema é quando ele se torna não adaptativo e aumenta intensamente. A ansiedade é exatamente isso, uma pré-ocupação, ou seja, um receio antecipado daquilo que nem se sabe se acontecerá. Então, reconhecer esse sentimento é necessário, e ajuda muito conversar com familiares e amigos para dissipar esta angústia.”

Para as pessoas que integram os grupos de risco, especialmente idosos com doenças pré-existentes, como diabetes, hipertensão, câncer e doenças autoimunes, a orientação da psicóloga é que sejam realistas, nem entrem em pânico nem acreditem que "isso jamais acontecerá comigo". Como orienta a Organização Mundial da Saúde, é fundamental que este grupo mantenha o isolamento social e não saia de casa para nada, sendo assessorados por um familiar ou amigo para suprir a necessidade de fazer compras de alimentos e remédios. Para evitar a contaminação, a procura por atendimento médico só deve acontecer caso seja extremamente necessário. No entanto, se vierem a apresentar qualquer sintoma de insuficiência respiratória, a ida ao hospital deve ser imediata. 

Relatos vindos de outros países, onde as taxas de infectados são bem mais altas do que as que o Brasil apresenta atualmente, mostram que aqueles que adoeceram se recuperaram mais rapidamente quando mantiveram o otimismo. “É importante lembrar de situações positivas experimentadas anteriormente em relação a doenças ou  problemas. O que estudei sobre pessoas que passaram por experiências como esta é que recordar a superação de situações ruins pode ser um divisor de águas para o enfrentamento. Em síntese, quando você trabalha seu pensamento, evita o excesso de informações desnecessárias, mantém o otimismo e o relacionamento saudável com familiares e amigos, apesar da distância social imposta pela quarentena, você se ajuda. Felizmente, a tecnologia nos permite procurar coisas saudáveis para fazer, como ocupar o pensamento com uma boa leitura ou um bom programa de TV.  Tudo isso contribui para minimizar o impacto da situação nas pessoas em geral, especialmente naquelas mais ansiosas.”, orienta Betânia.

Como a ansiedade afeta as crianças

Além dos adultos, existem também as crianças ansiosas e, neste caso, precisamos ficar ainda mais atentos e observar a forma com que estão lidando com a situação, orienta a especialista: “A criança tem grande capacidade imaginativa e pode ser que, a partir das determinações e orientações que são dadas a ela, desenvolva um receio exacerbado de perder os pais e avós ou tenha outras fantasias ruins. Então é preciso observar se essa criança está dormindo bem, se está tendo pesadelos, se apresenta um comportamento mais irritado ou retraído do que o normal. Acompanhar os aspectos psicológicos é muito importante, assim como ficar atento à forma de colocar as instruções. É muito diferente dizer com tom de reprovação e medo: “Vá lavar a mão agora! Quantas vezes eu preciso dizer?” de "Chegou a hora de lavar as mãos. Vamos lá!” Pode-se propor a atividade de forma realista, porém lúdica, usando recursos familiares ao universo infantil. Além disso, a maneira e tom de voz devem transmitir firmeza e segurança, e não medo.”

Finalizando, Betânia enfatiza que este é um período em que os pais devem ter muita paciência e, principalmente, uma escuta cuidadosa das demandas dos filhos: “Entendendo as ansiedades que manifestam é possível propor brincadeiras de faz de conta, principalmente para as crianças pequenas, criando um canal para que expressem suas angústias e possam equilibrar os aspectos emocionais.”

Prefeitura Municipal higieniza locais públicos


O trabalho de combate ao novo coronavírus em São João da Boa Vista prossegue com o objetivo de amenizar os efeitos da pandemia mundial. Na manhã desta quinta-feira, dia 26, um dos caminhões pipa da Prefeitura Municipal iniciou os trabalhos de desinfecção em pontos estratégicos da cidade.  O veículo, abastecido com dosagem especial de cloro fornecido pela Sabesp, foi orientado a percorrer prédios onde há tráfego expressivo de pessoas. Na manhã desta quinta-feira, 26, o trabalho de limpeza aconteceu nas Unidades de Saúde do Jardim São Paulo, DER, Jardim Ipê, Jardim Azaleias, Santo Antonio e Santo André.

Segundo o diretor de Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento, João Gabriel de Paula Consentino, a partir das 17h00,  a desinfecção está programada para ser realizada com todos os caminhões pipa da Prefeitura. Os pontos determinados são os quarteirões dos hospitais Santa Casa de Misericórdia Dona Carolina Malheiros e Unimed, bem como o Terminal Urbano e Ambulatório Médico de Especialidades (AME).

Prefeito fecha fonte de água e suspende comércio no Bosque de Águas da Prata


Em mais uma reunião com secretários do Comitê de Crise e o vice prefeito José Ricardo Sassaron, o Prefeito de Águas da Prata, Carlos Henrique Fortes Dezena, decidiu baixar um novo decreto municipal com medidas emergências que visam evitar aglomerações públicas. Entre as medidas está o fechamento das Fontes de Água da vizinha Estância, e o comércio no Parque Estadual (Bosque), um local de grande movimento na cidade. O Decreto proíbe ainda o estacionamento e desembarques de turistas no local.

 “Nunca pensei que fosse pedir uma coisa dessas, mas vou pedir: Turistas, não visitem Águas da Prata. Não neste momento. Fiquem em suas casas. A situação é muito grave”, disse o prefeito em um vídeo que está sendo divulgado nas redes sociais.

Outra providência tomada foi reduzir o transporte de pacientes para outras cidades, mas fica mantido os deslocamentos a pacientes que fazem hemodiálise ou tratamento de câncer.

A Prefeitura Municipal divulgou ainda um comunicado pedindo à parentes e amigos de idosos que estão instalados no Lar Nossa Senhora de Lourdes que evitem as visitas, pois idosos são considerados o grupo de maior risco nesta pandemia. Outro apelo foi dirigido aos proprietários de estabelecimentos comerciais para que trabalhem em horários reduzidos como forma de colaboração no combate à disseminação do vírus.

Campanha de Vacinação contra Gripe será nas escolas de Aguaí


A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe de 2020 será dividida em três etapas. A primeira delas tem início nesta próxima segunda-feira, dia 23 de março, para os idosos e trabalhadores da área da saúde. A Prefeitura comunica ainda que não há necessidade de irem todos já no primeiro dia, a Campanha é extensa.

Desta vez, as doses serão aplicadas em algumas escolas municipais da cidade, próximas às Unidades de Saúde de cada bairro a fim de evitar a aglomeração, principalmente dos idosos nas Unidades de Saúde. As escolas a receberem o serviço são: Escola Municipal José de Oliveira, no Jardim Aeroporto; EMEIF Leonor Conti Elias, no Jardim Santa Maria; EMEB Rubens Leme Asprino no bairro Cidade Nova; e na EMEB Clarice Mota Moro, na Vila Braga; além da sede da Secretaria Municipal de Educação, Esportes e Cultura, no centro, que também servirá como ponto de vacinação. A campanha acontece das 8 às 16h00.

A medida de não realizar as doses nas UBS segue a recomendação do Ministério da Saúde, para que sejam evitadas aglomerações em locais fechados. As escolas municipais por serem maiores, conseguirão atender o público com mais segurança e comodidade, uma vez que as aulas estão suspensas.

As demais etapas terão início nas seguintes datas: dia 16 de abril - professores, portadores de doenças crônicas, forças de segurança e de salvamento; 9 de maio - crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias de idade, para gestantes e mulheres com 45 dias de pós parto, povos indígenas, população privados de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos.

Prefeitura reúne líderes religiosos e comerciantes em reunião sobre o COVID-19

O Prefeito Alexandre Araújo reuniu todos os pastores, padres e dirigentes das intuições religiosas de Aguaí, para uma reunião sobre o novo coronavírus (COVID-19), que aconteceu na manhã da última quarta-feira,18, no auditório da Escola Municipal Joaquim Giraldi.

No período da tarde, proprietários e responsáveis pelos comércios alimentícios (restaurantes, lanchonetes e bares), e também os de academia foram convocados para discutir o tema. Na reunião, já como uma medida de segurança, o prefeito pediu para que os presentes mantivessem uma distância de dois metros um do outro, além da disponibilização de álcool em gel logo na entrada do auditório. Durante a discussão, o prefeito falou sobre a evolução da doença no Brasil, e reafirmou a necessidade do apoio de toda a população em prevenção à doença. Foram entregues materiais de apoio e documentos oficiais sobre o COVID-19, inclusive o Decreto nº 4.115 de autoria do Executivo Municipal sobre o tema.

Os presentes puderam esclarecer dúvidas sobre o Coronavírus. O Prefeito Alexandre disse que as igrejas e casas de oração precisam tomar medidas cautelares como: manter os fiéis separados por uma distância de 1,5/2 metros; evitar aglomerações dentro dos templos religiosos; suspender orações e cultos na medida do possível, evitando o contato de pessoas; além de outras medidas.

Já para os estabelecimentos comerciais e academias, o prefeito pediu apoio principalmente no que diz respeito às aglomerações em locais fechados, além das medidas de proteção entre funcionário e clientes e também para manterem a distância.
A palavra da vez é prevenção e para isso é preciso a ajuda de todos!

Começou o Sanduba São João 2020


Novidade: a cada lanche do festival vendido, R$ 1,00 será destinado à Santa Casa


Começou nesta sexta-feira, dia 13, o festival Sanduba São João. São 16 sanduiches exclusivos das principais casas, restaurantes e lanchonetes da cidade com receitas especiais e com valores que vão até R$ 29,90. O evento este ano acontece de 13 a 29 de março e chega a sua 4ª ediçã.

A novidade é que a cada  lanche do ‘Sanduba São João’ vendido, R$ 1,00 será destinado à Santa Casa. A ideia surgiu dos próprios empresários participantes do festival. 
O principal objetivo do Sanduba São João é despertar o gosto pela gastronomia, oferecendo uma oportunidade para que as pessoas possam experimentar lanches diferenciados com preços promocionais, além de incentivar, movimentar e aumentar o faturamento desses locais e consequentemente a economia local. 
O evento foi criado pelo Núcleo de Alimentação Fora do Lar, mantido pela Associação Comercial e Empresarial de São João da Boa Vista.

 Na foto o Niña” Sanduba do Tekinfin: carne seca refogada com bacon, cebola e alho-poró, cream cheese, muçarela ao forno; Pinta– chimichurri, parmesão, linguiça seca apimentada e tomate ao forno; Santa Maria – manteiga de alho, gorgonzola, muçarela, azeitona assada ao forno por R$ 29,90.


Empresa Águas Prata doa livros temáticos sobre a Semana da Água


Natália Camargos Ferreira e Daniel Lima, representando a Empresa Águas Prata, entregaram aos Secretários Municipais Marcos Santos e Maria Eulália Cavalcante de Carvalho, do Meio Ambiente e Educação, livros com temas sobre a Semana da Água.

No próximo dia18 de março, haverá teatro sobre o tema Meio Ambiente em duas sessões, as 10h00 e as 16h00 para os alunos da EMEB Áurea Soares onde os trabalhos feitos com o apoio do material doado vão ser expostos. 

Dia 19, os Secretários Municipais, participarão de um “pedágio” intitulado Sombra e Água Prata". No dia 20 haverá apresentação de música temáticas sobre a água pelos alunos da EMEB Áurea Soares na Praça da Bandeira e distribuição de garrafinhas de água às 8h30 e às 13h30.

APRENDIZAGEM LÚDICA

O livro “Aprenda com a Reciclagem Divertida”, de autoria de Eliana Zaroni Lindenberg Silva, professora de Design da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), e Petra Sanchez Sanchez, que leciona Biossegurança na UPM, apresenta uma temática lúdica e colorida sobre o assunto. A obra foi realizada em colaboração com alunos e professores do Mackenzie. É um livro em formato de história em quadrinhos que procura apresentar a importância da reciclagem e do aproveitamento dos resíduos sólidos. O fio condutor da obra são os personagens Lixci e Pete, que foram criados, em sua primeira versão, com materiais recicláveis e depois transformados em animação e adaptados para obra literária.

Em nova temporada, teatro conscientiza jovens sobre a preservação da água

 

Tem início no dia 12 de março, a estreia de uma nova temporada de apresentações teatrais produzidas pela Cia de Teatro Parafernália, com patrocínio da Renovias, através da Lei de Incentivo à Cultura. O espetáculo Água à Vista, que faz uma reflexão sobre a importância da preservação do meio ambiente, integra as ações de sustentabilidade desenvolvidas pela concessionária, que administra as rodovias através do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo, conduzido pela Artesp.

As peças serão encenadas em escolas da rede pública de ensino dos municípios abrangidos pela malha viária da Renovias, neste mês, em que o Dia Mundial da Água é lembrado, em 22 de março. O público será composto por alunos dos ensinos Fundamental II e Médio.

Na história, dois cientistas, acompanhados por um aventureiro, saem em uma expedição pelos tempos terrestres, em busca de respostas para atual crise da água, até que chegam ao ano de 2070, época em que encontram coisas horríveis, como guerra pela água e doenças decorrentes pela falta deste recurso. Na história, as poucas reservas de água existentes são vigiadas pelo exército.

Quando se veem presos em 2070 e não estão conseguindo achar soluções, se deparam com uma personagem inusitada: diretamente do mundo celestial, Deus envia Moisés para ajudá-los. O teatro é cheio de curiosidades, com cenas bem-humoradas e, ao final, há uma reflexão sobre a importância da preservação do meio ambiente e da nossa principal fonte de vida, a água. O texto e direção são assinados por Viviane Casteliani e o elenco é composto por Alexandre Souzah, Guilherme Santos, Jéssica Eduarda e Rodrigo Rocha.

Neste mês de março a peça será apresentada em várias cidades, e na nossa região em Vargem Grande do Sul (dia 17); Espírito Santo do Pinhal (24); São José do Rio Pardo (25); Aguaí (26).

Ecologia e Brincadeira – começa a segunda fase do Projeto Criança Feliz


 

A prefeitura de Águas da Prata começou a executar asegundaetapa da implantação do projeto Criança Feliz. Vários parquinhos ecológicos já foram instalados, em praças e unidades escolares municipais da cidade, na primeira etapa do trabalho. Os equipamentos são novos e dos mais variados como gangorra, escorregador, casinha de madeira e outros. Os locais já contemplados com o projeto são:  Creche José Barrinha;  EMEB Felippe Urtado Serrato - São Roque;  Praça do Marco Divisório; Parquinho da Cascata em frente à Estação;  Jardim do Nova Prata - Construção de um novo parquinho;  Praça Madre Berckman (conhecida como Praça das Irmãs, na Barrinha)

Nasegundaetapa, os bairros que estão sendo beneficiados com as instalações são: São Judas Tadeu;  Praça da Bandeira; EMEB Jose Marcello de Almeida – Cascata;  Praça do Pronto Socorro; Praça Nelo Polvani – Jardim das Paineiras.

Montados com madeira tratada, os equipamentos além de ecológicos são pedagógicos e trazem muito mais qualidade para o ensino e lazer de todos.  No Marco Divisório e bairro Cascata serão instalados equipamentos de ginástica, as chamadas “Academias ao Ar Livre”.

Para o prefeito, essa é mais uma conquista para a cidade. “Conforme a gente prometeu, agora chegou a vez das outras regiões. Não tínhamos dinheiro para fazer tudo ao mesmo tempo, por isso a gente fez um sorteio e fomos fazendo aos poucos. Estou muito feliz em ver esse projeto sendo implantado trazendo mais qualidade de vida pra todo mundo”, disse Carlos Henrique Dezena.