Dom09262021

Last update05:18:46 PM

Back Você está aqui: Home Cidades

Cidades

20ª CONFERÊNCIA REGIONAL DA ADVOCACIA, PROMOVIDA PELA OAB SP É NESTA QUARTA. OAB SÃO JOÃO É UMA DAS CONVIDADAS

Na foto o Presidente da OAB SP, Dr. Caio Augusto Silva dos Santos (foto Divulgação OAB)

A secional paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB SP) promove nesta quarta-feira, 22 de setembro, a 20ª Conferência Regional da Advocacia na cidade de Mogi Guaçu. Advogadas e advogados interessados podem participar do evento de forma virtual, por meio de inscrições na plataforma Sympla [https://bit.ly/3kpz39x].

Participam do encontro as 17 subseções que compõem a região: Mogi Guaçu, Pirassununga, Espírito Santo do Pinhal, São José do Rio Pardo, São João da Boa Vista, Mogi Mirim, Leme, Mococa, Casa Branca, Santa Rita do Passa Quatro, Vargem Grande do Sul, Porto Ferreira, Aguaí, Tambaú, São Sebastião da Grama, Caconde e Santa Cruz das Palmeiras.

A programação prevê uma série de seminários abordando temas como Ética e Disciplina, Direitos e Prerrogativas, Assistência Judiciária, Mulher Advogada, Jovem Advocacia, entre outros, com o objetivo de proporcionar a troca de ideias, experiências e o diálogo sobre temas de interesse dos profissionais do Direito, além de apresentar as ações realizadas pelo Sistema OAB SP/Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo (Caasp) durante os anos de 2020 e 2021.

O evento conta com o apoio institucional da OABPrev-SP, da Escola Superior de Advocacia (ESA) da secional, além de patrocínios da Escola Brasileira de Direito (Ebradi) e Gocil.

A Conferência Regional ocorre de modo virtual e tem início às 9h30.

Na foto o Presidente da OAB SP, Dr. Caio Augusto Silva dos Santos (foto Divulgação OAB)

Expoflora não acontece pelo segundo ano consecutivo, mas é mostrada em fotos no metrô de São Paulo


Senão fosse a pandemia, a Expoflora estaria funcionando desde o dia 26 de agosto. Na cidade de Holambra o parque que abriga a maior exposição de flores do país e atrai visitantes também pelas suas atrações, permanece fechado.

O evento não foi realizado em 2020 e em 2021, mas uma exposição de fotografias acontece de 6 a 30 de setembro, na Estação Higienópolis-Mackenzie, da Linha 4 Amarela de metrô, mostra a festa das flores de anos anteriores que também é um evento para dar as boas-vindas à Primavera.

A mostra, idealizada pelo jornalista e produtor cultural Maurício Coutinho, com a consultoria de Vera Longuini e realizada em parceria com a ViaQuatro, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela, leva aos passageiros alguns recortes dessa festa, reconhecida com uma grande vitrine da floricultura nacional.

Com 20 pranchas, a “Expoflora-Holambra” destaca, além da diversidade e beleza das flores e plantas ornamentais, detalhes de pratos da gastronomia local, danças, trajes típicos e outros componentes que marcam a influência holandesa na cidade. As fotos são de Juliana Lazarini.

Holambra tem apenas 15 mil habitantes, mas responde por cerca de 70% das flores e plantas comercializadas no Brasil. Na Expoflora, apenas na exposição de arranjos florais, por exemplo, são utilizados 2 mil vasos e cerca de 270 mil hastes de flores e de plantas ornamentais. Nos canteiros do parque, preparados especialmente para o evento, utilizam-se mais de 18 mil vasos de flores.

Na mostra de fotografias, o público poderá ver cenas dos grupos de danças típicas holandesas que se apresentam em todos os dias do evento e são formados de acordo com a idade, sendo que cada um recebe o nome de uma flor ou de uma planta.

 

PROJETO GURI ABRE NOVO PERÍODO DE MATRÍCULAS PARA O 2º SEMESTRE DE 2021. HÁ VAGAS EM POLOS DA REGIÃO

A inscrição de interesse para novos alunos e alunas do Projeto Guri - maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, já está aberta e segue até dia  20 de agosto de 2021, de maneira online, para os polos de ensino do interior e litoral de São Paulo. Para participar, não é preciso ter conhecimento prévio de música, nem possuir instrumentos ou realizar testes seletivos. São 11.133 vagas, para 30 cursos gratuitos de música, oferecidos no contraturno escolar, para crianças, adolescentes e jovens de 6 a 18 anos incompletos.

Para fazer a inscrição, o responsável deve acessar o link no site do Projeto Guri e preencher o formulário a partir de qualquer plataforma (celular, tablet, computador etc.).
Link: 
https://wae.projetoguri.org.br:8080/waeweb/servlet/hnwvcndrwdg?1,2021,2,1

O preenchimento e envio do formulário de inscrição não garante a matrícula. Essa dependerá da quantidade de vagas disponíveis no curso escolhido e a ordem de inscrição. Caso haja a vaga, o candidato receberá da coordenação do polo, posteriormente, um e-mail de boas-vindas com o número de matrícula e senha de acesso ao Portal do Aluno.

Há vagas em vários cursos de aprendizado musical: acordeon, baixo elétrico, bandolim, bateria, cavaco, clarinete, contrabaixo, coral infantil, coral juvenil, oboé, flauta transversal, guitarra elétrica, iniciação musical, percussão, saxofone, teclado/piano, tecnologia musical, trombone, trompete, tromba, tuba, viola, viola caipira, violão, violino, violoncelo.

As aulas terão início a partir do dia 9 de agosto e, independentemente do retorno presencial, alunos e alunas terão acesso às aulas e atividades por meio da plataforma de ensino a distância.

Na região há vagas no Projeto Guri nos Polos de: Aguai, Polo Santo Antonio do Jardim, Caconde, São José do Rio Pardo, São Sebastião da Grama, Tambaú, Tapiratiba, Vargem Grande do Sul.

PREFEITURA E HELLEN ESTOFADOS REALIZAM INTEGRAÇÃO


A Prefeitura de Aguaí realizou mais uma integração do curso de Auxiliar de Produção de Estofados, numa parceria entre a empresa Hellen e o  Centro de Capacitação Profissional de Aguaí – CECAPA.

A integração aconteceu na última semana, no auditório da Escola Municipal Joaquim Giraldi, e contou com a presença do gerente de produção Marcelo Garoni e o gerente de RH Anderson Borges, da Hellen Estofados, e de Cléber Martins, chefe de gabinete que representou o prefeito Alexandre Araújo.

O curso acontece dentro da fábrica, e existe para capacitar uma futura mão de obra para a empresa, gerando novos empregos e renda para a cidade. Os participantes já haviam feito seus cadastros no PAT e agora foram chamados par participarem do curso. Vale ressaltar que a contratação dependerá da necessidade da empresa e do aprendizado e desempenho de cada um.

ANDRADAS PAGA RENOVAÇÃO DO AUXÍLIO TRANSPORTE A ESTUDANTES


A Prefeitura de Andradas está convocando os estudantes de cursos das áreas da Saúde e Medicina Veterinária para a renovação do auxílio transporte intermunicipal. Andradenses que estudam em instituições de ensino de outras cidades podem receber o auxílio.

Entre os dias 26 e 30 de julho haverá a renovação do auxílio e inscrição para novos alunos (das áreas da Saúde e Medicina Veterinária). O atendimento será no Teatro Municipal, das 12h às 18h.

Os valores do Auxílio Transporte Intermunicipal variam de acordo com a cidade em que o aluno estuda: Espírito Santo do Pinhal - R$85,00; São João da Boa Vista - R$100,00 e Poços de Caldas - R$110,00. (foto Portal da Cidade/Reprodução).

“Estrada para Crescer” faz estudo sobre Águas da Prata e publica “a cidade onde a natureza conduz a economia”


O estudo A Estrada para Crescer, parceria da agência Virtù com a organização suprapartidária CLP – Liderança Pública, com o apoio do Grupo CCR, revelou vocações econômicas e vulnerabilidades sociais, financeiras e fiscais de 10 cidades paulistas para assim propor caminhos para a retomada do crescimento em uma ação de conteúdo multiplataforma.

O estudo já fez uma radiografia do cenário social, econômico e fiscal de dez municípios paulistas, o último da vizinha Águas da Prata onde é ressaltado que o agronegócio, águas e turismo são as riquezas que brotam da terra.

Águas da Prata foi a décima e última cidade percorrida pela parceria Virtù e CLP. O estudo passou por Barueri, Osasco, Sorocaba, Tatuí, Avaré, Itapeva, Campinas e Louveira e Bragança Paulista. Os diagnósticos completos podem ser acompanhados no site do estudo

 

DESTAQUES DO ESTUDO SOBRE ÁGUAS DA PRATA

Com pouco mais de 8 mil habitantes, Águas da Prata, como em outras cidades paulistas, o município apresenta diversos pontos positivos e alguns desafios a vencer, diagnosticados pelo estudo “A Estrada para Crescer”. A regiãoé um lugar perfeito para aproveitar o turismo ecológico e os esportes radicais praticados na natureza. A cidade, conhecida como “A Rainha das Águas”, recebe turistas aos fins de semana

Na região é possível passar o dia contemplando a natureza e tirar proveito dela. Quem passa por Águas da Prata pode desfrutar de uma agradável visita às antigas fazendas de café e de criação de búfalos – onde se pode comprar laticínios – até se banhar na Cachoeira das Sete Quedas, praticar alpinismo na Pedra do Boi, contemplar a vista do Mirante do Cristo, voar de parapente no Pico do Gavião e beber as águas medicinais diretamente da fonte.  

É, de fato, um lugar onde a natureza cumpre um importante papel. O verde da cidade, a produção da agropecuária e os poderes das fontes naturais atraem turistas de todos cantos. Por isso, a preservação ambiental é levada a sério pelos pratenses. Em 2018, Águas da Prata ficou em 13ª no ranking do Programa Município VerdeAzul (2018), elaborado pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente de São Paulo. 

Os recursos que a natureza oferece são condutores da economia local. O setor agropecuário é uma fonte de riqueza para região, indicando que a produção no campo pode caminhar lado a lado com a preservação do meio ambiente. Atualmente, Águas da Prata é a sexta maior produtora de azeitona de São Paulo e 31ª do Brasil; a 49ª maior produtora de café do Estado e 370ª do país; e conta com mais de 10 mil cabeças de gado.  

Como o próprio nome do município sugere, a indústria de engarrafamento de água é outro setor que ajuda a movimentar a economia da cidade, que possui um PIB de 170 milhões de reais, composto em 81% pelo setor de serviços, 13% pelo industrial e 6% oriundos da agropecuária. Nas últimas duas décadas, Águas da Prata apresentou um crescimento de 4,8% ao ano. 

Mas não são apenas as atrações naturais que dão orgulho aos pratenses. A cidade também apresenta bons desempenhos na educação. Para mencionar alguns exemplos, 62% das crianças, de 0 a 5 anos, estão na escola, acima da média nacional do Ranking do CLP, que é de 50%. Se Águas da Prata for comparada ao Ranking do CLP, estaria na 45ª posição entre os 95 municípios paulistas e na 84ª posição entre os 405 brasileiros. Além disso, o município alcançou a nota 6,6 no IDEB dos anos iniciais do Ensino Fundamental, enquanto a média nacional foi de 5,9. Nesse indicador, a cidade ocuparia a 45ª colocação entre os municípios de SP, e a 80º colocação no Brasil.    

Desafios
Todas essas atividades econômicas são beneficiadas por uma boa malha viária, mas o estudo salienta que há “gargalos que precisam ser vencidos na infraestrutura viária. A rodovia também é responsável por um dos principais problemas enfrentados pelos pratenses. A estrada corta o centro urbano, onde estão localizados imóveis comerciais e residenciais. Caminhões e demais automóveis que passam pela rodovia, mas não se destinam à cidade, dividem espaço com o trânsito local, dificultando a mobilidade de moradores e turistas.   

Como forma de solucionar o problema, a concessionária CCR planeja investir 170 milhões de reais para construir um anel viário que deve contornar a cidade. Investimento que ainda deve gerar 4 mil empregos (o equivalente à metade da população pratense).”

Outro obstáculo que preocupa os habitantes da região é a baixa distribuição de renda. O PIB per capita, segundo o ranking CLP é de cerca de R$ 20 mil (2018), contra média nacional de R$ 23 mil. Neste quesito, a cidade ocupa a 88ª colocação em São Paulo e 288ª no Brasil.

Com a riqueza que brota da terra, Águas da Prata tem potencial para aumentar a produção agropecuária e industrial. Além de atrair ainda mais turistas para a região.   

AÇÃO DA VIGILÂNCIA AMBIENTAL RECOLHE CRIADOUROS DA DENGUE

A Prefeitura de Aguaí, por meio da Vigilância Ambiental, está realizando semanalmente, a Ação de Recolhimento de Criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e outras doenças.

No primeiro final de semana da ação, as equipes percorreram os bairros Monte Líbano, Vista da Colina I e Vista da Colina II. A segunda semana quem recebeu a equipe foram os moradores do Cidade Nova e Parque das Palmeiras. Foram recolhidos sacos plásticos, pneus, caixas e garrafas, todos estes materiais que podem acumular água e servir como espaço de criadouros para o mosquito.

O cronograma destas ações seguirá até setembro, com os bairros sendo divulgados semanalmente pelos canais oficias da Prefeitura de Aguaí.

VACINAÇÃO NO CENTRO CULTURAL UNIFEOB MUDA DE HORÁRIO. UNIFAE APLICA SEGUNDA DOSE DA VACINA CONTRA COVID-19 EM POLICIAIS


A partir de terça-feira (29), a vacinação para quem tem de 40 a 42 anos no Centro Cultural Unifeob acontecerá das 14 às 19h00. Nas 12 unidades básicas de saúde de São João da Boa Vista, o horário será das 8h às 14h. A medida visa evitar aglomerações e facilitar o comparecimento de quem trabalha em horário comercial. A aplicação das doses é realizada por estudantes do curso de Enfermagem da Unifeob, supervisionadosa pelos preceptores Geraldo Antônio da Silva e Lívia Scalon.

Segundo dados da Prefeitura de São João da Boa Vista referentes a 26 de junho, receberam a primeira dose contra Covid-19 47,91% da população sanjoanense e estão completamente imunizados 17,53%.

POLICIAIS DA REGIÃO

Uma equipe do curso de Enfermagem da UNIFAE é a responsável pela aplicação da segunda dose da vacina contra a COVID-19 em policiais do 24° Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM-I), sediado em São João da Boa Vista. O trabalho começou na manhã desta segunda-feira (28) e prossegue até 1º de julho. As atividades são supervisionadas pela coordenadora do curso de Enfermagem, Profa. Dra. Giovanna Jorgetto, e pela Profa. Esp. Eluana Reis, com o suporte e organização do 24º BPM-I.

Para evitar aglomerações em unidades de saúde, os policiais estão recebendo a imunização no próprio Batalhão, obedecendo a todos os protocolos sanitários e distanciamento social. O Tenente Eduardo Fernando de Farias Rocha explica: “A campanha está funcionando das 8h até às 17h. Na segunda-feira foram imunizados membros das Forças Policiais, de 16 municípios da região, como Espirito Santo do Pinhal, Aguaí, Vargem Grande do Sul e Santo Antônio do Jardim. Na terça, é Mococa; quarta-feira, Casa Branca; e quinta-feira, por fim, São João da Boa Vista”.

ELEKTRO CONCLUI OBRA EM SUBESTAÇÃO DE PIRASSUNUNGA


A Elektro conclui nestasexta-feira (18) uma importante obra para o sistema elétrico do município de Pirassununga, a ampliação da potência da subestação Pirassununga 01, que atende a maior parte da cidade. O investimento contemplou a construção de um novo alimentador e a instalação de um transformador com 33MVA, aumentando em 15MVA a potência da subestação. Com o investimento, 30 mil clientes serão beneficiados com a melhoria na qualidade do fornecimento de energia.

Ao longo da obra, que teve a duração de seis meses, os colaboradores da Elektro e seus parceiros garantiram o fornecimento de energia para todos os clientes seguindo todos os protocolos e cuidados estabelecidos pela organização mundial da saúde (OMS) no combate e prevenção ao COVID-19.

“Essas ações reforçam o compromisso da Elektro com o bem estar da população, deixando o sistema elétrico mais robusto e preparado para o crescimento da região”, afirma José Ferraz, Gerente da Elektro.