Seg07132020

Last update01:30:06 PM

 

Back Você está aqui: Home Cidades Sua doação aquece uma vida’ beneficia cerca de 150 famílias carentes e entidades em Vargem Grande do Sul

Cidades

Sua doação aquece uma vida’ beneficia cerca de 150 famílias carentes e entidades em Vargem Grande do Sul

Aproximadamente 150 famílias em situação de vulnerabilidade social e entidades serão beneficiadas pela Campanha ‘Sua doação aquece uma vida’, realizada em uma parceria entre Associação Setembro e agência Sicredi União PR/SP, ambas de Vargem Grande do Sul. A ação, iniciada em 25 de maio seguirá até 12 de junho, com o objetivo de arrecadar em torno de 500 cobertores novos, os quais serão destinados a estas pessoas necessitadas.

A iniciativa da campanha ‘Sua doação aquece uma vida’ integra as ações do Dia C, celebrado em 4 de julho, ocasião em que cooperativas espalhadas pelo mundo todo comemoram o Dia Internacional do Cooperativismo. Na data, inúmeras ações voluntárias de cunho social são organizadas pelas mais variadas instituições, e em diversas regiões, para contribuir com as comunidades carentes.

“A ideia surgiu principalmente pelo Dia C, mas também pela nossa parceria com a Associação Setembro, há anos, e à necessidade atual, por conta do frio e da pandemia da Covid-19. Como ela [associação] já auxilia 150 famílias, tivemos a ideia de fazer a arrecadação de cobertores novos. E o por quê novos? Por conta da pandemia e por não precisar esterilização das peças, o que ficaria mais difícil”, afirmou Daniela Doval, gerente da agência Sicredi de Vargem Grande do Sul.

Daniela conta, também, que conseguiu uma parceria com a loja de cama, mesa e banho da cidade - a Evolução -, para a compra de cobertores de boa qualidade. “A unidade que sairia por R$ 60, nos custou metade [R$ 30]. Então, ou pedimos a doação do valor em espécie, para comprarmos os cobertores, ou a pessoa pode ir à loja, comprar e doar na agência ou na associação. Também temos uma urna no interior da agência e o associado pode fazer a doação de qualquer valor e depois compramos os cobertores”, reiterou.

Segundo Thaisa Pavan, membro da Associação Setembro, o foco sempre foi o atendimento às entidades. Contudo, por conta da pandemia da Covid-19, também se observou a necessidade de assistência social às 150 famílias carentes que já são assistidas pela associação. “Em média, cada família tem 5 integrantes. Então, chegamos neste número de pelo menos 500 cobertores, os quais serão necessários para aquecer o inverno dessas pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social”, disse.

Thaisa ainda lembra que, caso o montante arrecadado seja superior ao estimado, os cobertores também serão destinados a mais famílias e demais entidades. “Porque muitas dessas famílias que serão assistidas também indicam outras que estão precisando, e que por sua vez são atendidas por outras entidades. Muitas famílias são autônomas, informais e estão sem trabalhar. Então, recebemos muitas indicações para atender”, finalizou.