Sab01232021

Last update05:45:05 PM

 

Back Você está aqui: Home Cultura

Cultura

Toca do Pagode faz live em prol do CEAC no próximo sábado

O grupo Toca do Pagode programou uma live especial para a tarde de sábado30 de maio, às 15h00, com a proposta de divulgar o trabalho e colaborar com o Centro de Apoio à Criança e ao Adolescente - CEAC. A transmissão, ao vivo, acontece pelo canal Toca do Pagode Oficial no YouTube e página do facebook.

Para o show online, com previsão de duas horas, a produção do TP preparou um repertório com canções de todos os tempos, principalmente os sucessos interpretados nos palcos, ao longo de 23 anos de história.

A execução fica por conta dos integrantes Márcio Gregório (rebolo e vocal), Marcelo Gregório (teclados e vocal), Juninho Popó (cavaco e voz principal), Cassinho (pandeiro) e Paul Jack (percussão geral), incluindo a presença do violonista Eduardo Lourenço.

As músicas “Em Busca da Felicidade” e “Brilho no Olhar”, que fazem parte do CD do grupo, também estão no cronograma. Uma das novidades é o cantor MC Maraka, com presença confirmada.  

De casa, em razão do isolamento social, o público poderá aproveitar uma tarde de muito samba e ajudar o CEAC por meio de doações via QR Code. Além de colaborar, o internauta ainda vai concorrer ao sorteio de brindes oferecidos por empresas sanjoanenses. A apresentação da live será do jornalista Guto Moreira, da TV União.

CEAC

Fundado em 2009, em São João, o CEAC tem a missão de acolher e apoiar crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, que se encontram distanciados do convívio familiar e comunitário. A coordenação é de Luciana Ferreira Romão.  

A estrutura da entidade é projetada para atender 20 pessoas do público-alvo. Atualmente, o prédio está localizado à rua Ana de Oliveira, 64, Centro.

“Beijo no Asfalto”, de Nelson Rodrigues será exibido no próximo sábado


Pontos MIS, programa de difusão cultural do MIS – instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo – realiza semanalmente a exibição digital de um filme seguido de bate-papo ao vivo no canal do YouTube do MIS. No próximo sábado, 23 de maio, será exibido o longa nacional "O Beijo no Asfalto", produção que marca a estreia de Murilo Benício na direção, baseado na peça homônima escrita por Nelson Rodrigues. 

A sessão online será às 16h00, mas para participar é necessário fazer uma inscrição, gratuita, no site do MIS.

Após a exibição online do filme, às 18h00, está marcado um bate-papo ao vivo com o público no Canal do museu no YouTube, com mediação de Vanise Carneiro (atriz, diretora, educadora e preparadora de elenco) e participação especial de Augusto Madeira (um dos atores do longa), Pablo Ribeiro (responsável pela montagem do filme) e Eduardo Bordinhon (ator e pesquisador de cinema).

O FILME

“O Beijo no Asfalto” é baseado na peça homônima escrita por Nelson Rodrigues: Ao presenciar um atropelamento, Arandir, um bancário recém-casado, tenta socorrer a vítima, mas o homem, quase morto, só tem tempo de realizar um último pedido: um beijo. Arandir beija o homem, mas seu ato é flagrado por seu sogro Aprígio e fotografado por Amado Ribeiro, um repórter policial sensacionalista. 

O longa recebeu O Prêmio de melhor filme na 7ª edição do International Filmmaker Festival of New York e o Prêmio de Outstanding Achievement in Acting para Lázaro Ramos. Seleção oficial da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

O link para a inscrição gratuita para assistir o filme online é  https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSchBchPEqCyin2zbmhxgjqnA_MknTumCbwOSrGXMPjJLu_QeA/closedform

“O Homem que virou Suco” em cartaz no Ponto MIS


Pontos MIS, programa de difusão cultural do MIS – instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo – realiza semanalmente a exibição digital de um filme seguido de bate-papo ao vivo no canal do YouTube do MIS.

A edição do próximo sábado, 16 de maio, vai exibir, em parceria com a SPcine Play, o clássico "O Homem que Virou Suco", longa de 1980 dirigido por João Batista Andrade que faz uma visão crítica do processo migratório da época. Para assistir à sessão online do filme, que acontece às 16 horas, basta fazer inscrição prévia e gratuita no site do MIS - https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeqyTIBiHDUDc-yda9-KB1DtdWNxm2y9qlKgodAuzRprOEhEg/closedform

Após a sessão de cinema, às 18h, acontece o bate-papo ao vivo com o público no canal do Museu no YouTube - com participação especial do diretor do longa, João Batista Andrade, do professor de cinema Bruno Cucio e do cineclubista da Spcine e fotógrafo Julio Witer, a mediação fica por conta do cineasta Luan Cardoso.

"O Homem que Virou Suco" é uma produção brasileira de 1981 e destaca Deraldo (José Dumont), escritor de cordel, paraibano recém-chegado a São Paulo, e confundido com o operário Severino, nordestino, que em um ato de revolta assassina o patrão a facadas. Sem documentos para comprovar sua identidade e perseguido pela polícia, Deraldo é obrigado a fugir do quarto que aluga e, com isso, inicia um percurso de desencontros enquanto sobrevive na metrópole. Forçado a abandonar a venda de seus poemas, passa por diversos lugares, de servente de um coronel paraibano a operário da construção civil. Na condição de migrante é submetido, apesar de fundamental para o desenvolvimento da cidade, a uma série de preconceitos e explorações. Ao término do filme, quase desesperançoso, ele finalmente encontra Severino e, após comprovar sua inocência, retoma a produção artística para escrever um cordel intitulado ´O homem que virou suco´, fazendo de sua carreira um poema de resistência da identidade nordestina.

Charlie Chaplin em “O Grande Ditador” é a atração no Pontos MIS


Pontos MIS, programa de difusão cultural do MIS – instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo – realiza semanalmente a exibição digital de um filme seguido de bate-papo ao vivo no canal do YouTube do MIS. No sábado, 9 de maio, será exibido “O Grande Ditador” em homenagem aos 80 anos desta clássico. O filme, dirigido e estrelado por Charlie Chaplin em 1940, aborda a onda de nazi-fascismo e antissemitismo da época, pelo olhar de um barbeiro judeu – e é considerado uma obra-prima do cinema.

A exibição do filme acontece às 15h30. Após a exibição online do filme, mediante inscrição no site do MIS (https://www.mis-sp.org.br/), acontece, às 18h00, bate-papo ao vivo com o público no Canal do museu no YouTube, com mediação de Eduardo Bordinhon, artista e professor, e participação especial de Luís Antonio Coelho Ferla, professor do Departamento de História da Universidade Federal de São Paulo e do crítico e professor de cinema, Cássio Starling.

SOBRE O FILME:

A última obra que Charles Chaplin interpreta Carlitos – “O Grande Ditador” – foi produzido em 1940 assim completa 80 anos de existência em outubro de 2020. O longa propõe uma crítica à Hitler, ao nazismo e seu contexto histórico por meio da comédia dramática intrínseca ao personagem Carlitos. Dirigido também por Charlie Chaplin, “O grande Ditador” é o seu primeiro filme falado, o que relutou por muito tempo à produzir. O filme apresenta Carlitos como um barbeiro judeu que é convocado a prestar serviços militares durante a 1ª Guerra Mundial. Durante a guerra, Carlitos sofre um acidente de avião e acaba em um hospital onde perde a memória. Sua nação, Tomânia, perde a guerra e um novo sistema político começa a vigorar no país liderado pelo ditador Hynkel. Carlitos, ao se recuperar do acidente, percebe que está alheio aos recentes acontecimentos de seu país. Por conta da semelhança entre o barbeiro Carlitos e Hynkel, são confundidos e cada um assume a vida do outro, peripécia que permeia todo o filme determinando suas situações engraçadas e questionadoras.

O Pontos MIS funciona em São João da Boa Vista desde 2016 e é uma parceria entre o Museu da Imagem e do Som e a Prefeitura Municipal.

“Em Chamas”, filme coreano premiado, em cartaz no Ponto MIS Online

A quinta edição do Pontos MIS Online – programa que apresenta uma sessão de cinema online seguida por conversa ao vivo no canal do MIS no YouTube, traz o longa coreano vencedor de diversos prêmios "Em Chamas" do diretor Lee Chang-Dong. 

Durante um dia normal de trabalho como entregador, Jong-soo reencontra Hae-mi, uma antiga amiga que vivia no mesmo bairro que ele. A jovem está com uma viagem marcada para o exterior e pede para Jong-soo cuidar de seu gato de estimação enquanto ela está longe. Hae-mi volta para casa na companhia de Ben, um jovem misterioso que conheceu na África. No entanto, o forasteiro tem um hobby peculiar, que está prestes a ser revelado aos amigos.

O filme será exibido on line no próximo sábado, dia 25, para quem se inscreveu por meio do site do MIS (limite de 100 vagas). No mesmo dia, mas às 18h00, todos podem assistir ao bate-papo ao vivo no canal do MIS no Youtube, com participação de Rafael Sciré e o crítico de cinema Cássio Starling.

O Pontos MIS funciona em São João da Boa Vista desde 2016 e é uma parceria entre o Museu da Imagem e do Som e a Prefeitura Municipal.

Pontos MIS exibem o último filme de Hector Babenco

quarta edição do Pontos MIS – bate-papo de Cinema -  programa que apresenta uma sessão de cinema online seguida por conversa ao vivo no canal do MIS no YouTube, exibe nesta semana, no sabão, 18 de abril, o longa nacional "Meu amigo hindu" e bate-papo com a atriz Bárbara Paz. 

Última obra de Hector Babenco, lançada em 2016, filme é uma ficção – conforme o próprio diretor pontuou – alimentada por suas próprias memórias de quando esteve doente. O filme conta a história de Diego, um renomado diretor de cinema que está com um grave câncer. Sua trajetória de busca pelo tratamento permeia sua relação com Lívia (sua esposa), sua família e sua própria existência.

“Meu amigo Hindu” será exibido on line às 15h30, mas os interessados devem se inscrever a partir desta quinta-feira (18) no https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSejNTk9AU7xfuuRJQsskiJn108moq7nGwSW0Vnvxo7XAiJmNQ/closedform (limite de 100 vagas). 

Também no sábado, dia 18, mas a partir das 18h00 todos podem assistir ao bate-papo ao vivo no canal do MIS no Youtube, com participação especial da atriz Barbara Paz, que comenta sua atuação no filme, e com o pesquisador e crítico de cinema Cássio Starling Carlos. Link: https://www.youtube.com/watch?v=RGiG1B3BlA0

Simplesmente imperdível! O Pontos MIS funciona em São João da Boa Vista desde 2016 e é uma parceria entre o Museu da Imagem e do Som e a Prefeitura Municipal de São João da Boa Vista

Museu Índia Vanuíre promove Semana do Índio virtual

Entre 19 e25 de abril - oficinas, danças e vídeos sobre indígenas do estado – tudo on line

Realizada anualmente, a Semana do Índio, em 2020, será on-line no Museu Índia Vanuíre, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari. A programação celebrará e homenageará o Dia do Índio (19 de abril) e também as culturas indígenas que coabitam as T.I. Vanuíre, Icatú e Araribá: os Kaingang, Krenak, Guarani e Terena.

Devido ao isolamento social, para evitar a propagação do coronavírus (COVID-19), e ao fechamento temporário do equipamento cultural, a programação será realizada virtualmente pelas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter - @museuindiavanuire.

As atividades incluem oficinas, por meio de vídeos, que ensinarão a todos que estão em casa a confeccionar adornos como cocar, brinco, colar, pulseira, além de arco e flecha de brinquedo e um chaveiro. As danças indígenas também serão lembradas, bem como depoimentos sobre a importância da pintura corporal e dicas de leitura sobre as línguas indígenas serão exibidas.

Na agenda, ainda estão inclusas: apresentação do estudo sobre a Índia Vanuíre, produzido pelo Centro de Referência Kaingang e dos Povos Indígenas do Oeste Paulista; e vídeo de uma indígena Kaingang sobre a trilha na mata que mostra a importância da natureza para a cultura do seu povo.

Os interessados em participar devem ficar de olho nas redes sociais (@museuindiavanuire) do Museu Índia Vanuíre. Todos os dias acontecerão atividades para o público.

Terceira Edição do MIS em Casa celebra 100 anos com um clássico do cinema


O  #MISemCASA, projeto de exibição de filme durante o período de quarenta, exibe no sábado, dia 11 de abril,  um clássico do Expressionismo Alemão: O Gabinete do Doutor Caligari. 

#MISemCASA promove, semanalmente, a exibição de filmes e bate-papo online ao vivo. O Pontos MIS é um projeto do Museu da Imagem e do Som em parceria com a Prefeitura Municipal de São João da Boa Vista. 

Celebrando 100 anos do lançamento deste clássico, que inspirou muitos diretores, como Tim Burton, o filme será exibido às 16h30, em parceria com a Pandora Filmes, durante uma sessão digital exclusiva com 100 vagas.

Logo após a exibição online, às 18h00, no canal YouTube do MIS, todos (mesmo quem não conseguiu se inscrever na sessão) poderão conversar ao vivo com Carlos Primati, jornalista, pesquisador e crítico de cinema; Paulo Biscaia, diretor, roteirista e editor de cinema e diretor e dramaturgo; Marcelo Miranda, jornalista, crítico de cinema, pesquisador e programador, sobre o longa-metragem dirigido por Robert Wiene e escrito por Hans Janowitz e Carl Mayer.

Inscrições:

As inscrições para a sessão estarão disponíveis a partir desta quinta-feira (09), às 11h00, via formulário online (https://bit.ly/34pzA1t). A inscrição não dá direito à participação, a equipe do MIS entrará em contato via e-mail para confirmar a vaga. O bate-papo estará disponível no Youtube do MIS às 18h00, não sendo necessária inscrição prévia.

O FILME

O Gabinete do Dr Caligari, com direção de Robert Wiene, foi produzido em 1920, na Alemanha. O filme inaugura edá o tom do expressionismo alemão na história do cinema. O filme conta a história do Dr Caligari, um misterioso cientista e hipnotizador, que apresenta o sonâmbulo Cesare, que supostamente estaria dormindo há anos, em espaços públicos de um vilarejo holandês. A estética de fortes contrastes em preto e branco embala os mistérios de Cesare e os comandos funestos dados pelo seu mestre, Dr. Caligari. Imperdível para qualquer cinéfilo! 

Com "Sertanejo em Casa", Sony Music leva entretenimento para todos

A Sony Music, por meio de sua plataforma de entretenimento, o Filtr, lançou o projeto “Sertanejo em Casa”, que leva grandes nomes do seu casting sertanejo para a casa das pessoas neste momento delicado de confinamento.

O projeto teve seu início com a dupla Diego & Victor Hugo, no dia 27/03, seguido da parceria com o “Buteco em Casa”, do Gusttavo Lima, no dia seguinte, sucesso que deixou aplaylist“Sertanejo 2020’ em destaque e contou com 10 milhões de visualizações e 750 mil acessos simultâneos em 5 horas de transmissão.

As próximas atrações são Diego & Arnaldo, Lucas Lucco, Guilherme & Benuto, Marcos & Belutti e Yasmin Santos (confira agenda abaixo). Todas as “lives” são transmitidas do canal do YouTube de cada artista e contam com o comando do influenciador Renato Sertanejeiro.

PRÓXIMAS ATRAÇÕES

03/04 – Diego & Arnaldo – 19h

04/04 - Lucas Lucco – 16h

07/04 – Guilherme & Benuto – 19h

10/04 – Marcos & Belutti – 19h

14/04 - Yasmin Santos - 19h