Qui02202020

Last update03:16:31 PM

 


Back Você está aqui: Home Cultura

Cultura

TV Cultura transmite o 50º Festival de Inverno de Campos de Jordão

Jazz Sinfônica Brasil - Foto Joca-Duarte

 

No dia 29 de junho, tem início o 50º Festival de Inverno de Campos do Jordão, que se estenderá até28 de julhoe contará com transmissão e cobertura pela TV Cultura, pelo aplicativo Cultura Digitale pelaRádio Cultura FM. Na edição deste ano, como novidade, o Festival tem dois eixos:ClássicoePopular-Sinfônico.

Para curadoria clássica, o evento contará com aOrquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Já a linha popular-sinfônica tem a curadoria daJazz Sinfônica Brasil, que se apresentará ao lado de Carlinhos Brown, no dia30 de junho; de Fafá de Belém, no dia6 de julho; deToquinho, no dia 13 do mesmo mês; de Lenine, em20 de julho; de Francis Hime, no dia seguinte,21 de julho; e de Diogo Nogueira, no último dia do festival,28 de julho.

A transmissão tem início já nestesábado (29/6),às 20h15,ao vivo, com a abertura do festival. Já no domingo (30/6), a apresentação é exibidaa partir das 11h30. Além disso, ao longo de sua grade, a emissora também levará ao ar gravações de apresentações que acontecerão durante todo o evento. Entre elas, aSinfonia dos Mil, executada pela Osesp; a da Filarmônica de Goiás; a de Nelson Freire; a da Orquestra de Barra Mansa; entre muitas outras. Confira todas as transmissões abaixo.

Programação

29/6, às 20h15 –Abertura OSESP – AO VIVO

30/6, às 11h30 –Jazz Sinfônica e Carlinhos Brown – AO VIVO

6/7, às 23h –OSESP - Sinfonia dos Mil

7/7, às 11h –Filarmônica de Goiás

6/7, às 16h30 –Jazz Sinfônica e Fafá de Belém – AO VIVO

13/7, às 23h –Nelson Freire

13/7, às 16h30 –Jazz Sinfônica e Toquinho – AO VIVO

14/7, às 11h –Orquestra de Barra Mansa

20/7, às 23h –Camerata do Festival

20/7, às 16h30 –Jazz Sinfônica e Lenine – AO VIVO

21/7, às 16h30 –Jazz Sinfônica e Francis Hime – AO VIVO

28/7, às 11h –Orquestra do Festival – AO VIVO

28/7, às 18h –Jazz Sinfônica e Diogo Nogueira – AO Vvo

Duo Camará no Projeto Som de Sábado


O Duo Camará lança neste junho de 2019 seu terceiro álbum: "Quinta Estação". O show acontece no Theatro Municipal, às 20h30. Permanecendo fiéis à proposta de multiplicidade construída ao longo do tempo, Victor Cremasco (voz) e Raphael Amoroso (violão) apresentam no EP Quinta Estação mais um mosaico de inspirações, texturas e ritmos da MPB.

"Quinta Estação" tem como mote uma história de encontros e desencontros que se passa dentro de uma utópica e paralela estação, para além do outono, inverno, primavera e verão. Para retratar as formas, cores, texturas, signos e sentimentos dessa (im)possível Quinta Estação, o Camará fez uma parceria com a Associação Laramara, convidando um grupo de artistas plásticos deficientes visuais a fazer uma pintura coletiva, dando vida assim à capa do disco. A exemplo de Bonsai (2015), "Quinta Estação" traz também participações especiais. Uma delas é Mah Mooni, cantora iraniana que chegou ao Brasil em 2012 para finalmente ter a liberdade de cantar, dançar e se vestir como quisesse. Mah Mooni é parte da Orquestra Mundana Refugi, formada por músicos brasileiros, imigrantes e refugiados de diversas partes do mundo, sob a direção musical de Carlinhos Antunes.

Os ingressos são deR$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia  -  para associados AMITE, terceira idade e estudantes).

Campeonato de breaking chega a SP com três dias de atividades sobre danças urbanas

O Red Bull BC Onerealiza pela primeira vez no Brasil uma edição do seu "Camp": imersão de três dias focada no breaking e em outros estilos de dança que nasceram nas ruas das grandes cidades. De 5 a7 de julho, o Centro Cultural São Paulo (CCSP)terá workshops, palestras, batalhas e a grande final nacional doRed Bull BC One, o maior campeonato de breaking 1x1 do mundo, com b-boys e b-girls de todo o país. Os vencedores dessa cypher garantem presença na final global a ser realizada na Índia, no dia9 de novembro. O evento chega num momento oportuno para a dança de rua no país e também globalmente, já que o breaking é um dos esportes cotados para fazer parte das Olimpíadas de Paris, em 2024

Além da cypher de São Paulo, que escolherá um b-boy e uma b-girl para a final doRed Bull BC Onenosábado, o evento promove outras batalhas de estilos como popping, house e hip-hop, todas valendo prêmios em dinheiro e com inscrições abertas e gratuitas. Os workshops, voltados principalmente para quem já tem experiência com dança, contemplam vertentes que vão da house ao passinho, estilo que surgiu nas favelas do Riode Janeiroe tornou-se sucesso no mundo inteiro devido à popularização do funk carioca.

Quem estará à frente das principais atrações doRed Bull BC One Camp Brazilsão as maiores estrelas do breaking mundial. Os b-boys Menno (da Holanda), Lil Zoo (da Áustria, atual campeão mundial) e Sunni (da Inglaterra) serão jurados de batalhas e farão apresentações para o público; além disso, Pelezinho e Neguin (único brasileiro a ganhar o troféu mundial doRed Bull BC One), dois heróis locais da dança de rua, também estarão deliberando nas batalhas, ministrando workshops e dançando com a galera.

O evento é gratuito tanto para quem vai competir quanto para quem só quer assistir às batalhas ou participar das oficinas. Os dançarinos devem procurar o guichê de inscrições no CCSP das 10h às 14h, no dia do evento para o qual pretende se inscrever. As vagas são limitadas e preenchidas por ordem de chegada.

Campeonato de breaking chega a SP com três dias de atividades sobre danças urbanas

O Red Bull BC Onerealiza pela primeira vez no Brasil uma edição do seu "Camp": imersão de três dias focada no breaking e em outros estilos de dança que nasceram nas ruas das grandes cidades. De 5 a7 de julho, o Centro Cultural São Paulo (CCSP)terá workshops, palestras, batalhas e a grande final nacional doRed Bull BC One, o maior campeonato de breaking 1x1 do mundo, com b-boys e b-girls de todo o país. Os vencedores dessa cypher garantem presença na final global a ser realizada na Índia, no dia9 de novembro. O evento chega num momento oportuno para a dança de rua no país e também globalmente, já que o breaking é um dos esportes cotados para fazer parte das Olimpíadas de Paris, em 2024

Além da cypher de São Paulo, que escolherá um b-boy e uma b-girl para a final doRed Bull BC Onenosábado, o evento promove outras batalhas de estilos como popping, house e hip-hop, todas valendo prêmios em dinheiro e com inscrições abertas e gratuitas. Os workshops, voltados principalmente para quem já tem experiência com dança, contemplam vertentes que vão da house ao passinho, estilo que surgiu nas favelas do Riode Janeiroe tornou-se sucesso no mundo inteiro devido à popularização do funk carioca.

Quem estará à frente das principais atrações doRed Bull BC One Camp Brazilsão as maiores estrelas do breaking mundial. Os b-boys Menno (da Holanda), Lil Zoo (da Áustria, atual campeão mundial) e Sunni (da Inglaterra) serão jurados de batalhas e farão apresentações para o público; além disso, Pelezinho e Neguin (único brasileiro a ganhar o troféu mundial doRed Bull BC One), dois heróis locais da dança de rua, também estarão deliberando nas batalhas, ministrando workshops e dançando com a galera.

O evento é gratuito tanto para quem vai competir quanto para quem só quer assistir às batalhas ou participar das oficinas. Os dançarinos devem procurar o guichê de inscrições no CCSP das 10h às 14h, no dia do evento para o qual pretende se inscrever. As vagas são limitadas e preenchidas por ordem de chegada.

Exposição dos 50 anos da TV Cultura

No Shopping Eldorado, Entra Que Lá Vem História – Exposição TV Cultura, celebra os 50 anos da emissora, e proporciona a milhares de visitantes uma grande viagem por suas memórias afetivas. A exposição fica em cartaz até22 de setembro.

Os tíquetes podem ser adquiridos tanto embilheteria física- no próprio espaço do evento e em pontos de venda da Ingresso Rápido,quanto online, pelo sitewww.expotvcultura.com.br. No momento da compra, é possível escolher a data e o horário da sessão para o passeio.

Os valores dos ingressos são de:R$ 24,00 (inteira)eR$ 12,00 (meia-entrada).Crianças de até 2 anos e 11 meses têm entrada gratuitae aclassificação do evento é livre. Para quem já está planejando os passeios deférias escolares, a exposição é uma ótima opção para ir a família e em grupos de amigos, relembrando momentos que marcaram a vida de todos.

As visitas acontecem deterça asexta-feira,das 12 às 22h00;aos sábados e feriados,das 10 às 22h00; e aosdomingos,das 12 às 21h00..

A Exposição

De Vila Sésamo e Castelo Rá-Tim-Bum Cocoricó Quintal da Cultura; dVox Populi Roda Viva; de Viola, Minha Viola e Ensaio a Sr. BrasilMetrópolis... Ao longo de sua história, a TV Cultura criou fortes vínculos com os brasileiros. Agora, em comemoração aos seus 50 anos, tem sua trajetória retratada em uma grandiosa exposição, com curadoria de Flavio de Souza, criador de atrações marcantes da programação infantil da emissora, comoRá Tim Bum,Castelo Rá-Tim-BumeMundo da Lua.

A mostra traz cerca de 40 ambientes dedicados a mais de 50 atrações que contribuíram para o fortalecimento da imagem da emissora como uma das melhores do Brasil e do mundo. A lista de programas homenageados é extensa e inclui grandes sucessos como ProvocaçõesVitrineBambalalão; É Proibido ColarRá Tim BumCartão VerdeVestibulandoX-Tudo; Nossa Língua PortuguesaSom PopQuem Sabe, Sabe!Inglês com Música; Repórter Eco; Fanzine; Café FilosóficoMatéria PrimaIlha Rá Tim Bum e Confissões de Adolescente.

As barreiras entre o universo das telas e o real se dissolvem na exposição. Que tal visitar a casa de Lucas Silva e Silva, do Mundo da Lua, e espiar por seu telescópio? Ou, talvez, dar uma volta pela Fazenda Cocoricó e conversar com Júlio e a bicharada no paiol? E não para por aí: é possível ocupar o centro do Roda Viva, se tornar âncora do Jornal da Cultura e até mesmo mergulhar no profundo oceano do Glub Glub.

Os méritos alcançados pela emissora pública também são relembrados com orgulho, como quatro Emmy Awards e mais de 10 troféus Prix Jeunesse, entre tantas outras premiações e reconhecimentos.

Serviço

Entra que lá vem história - Exposição TV Cultura

Data: até22 de setembrode 2019 | Ingressos para julho, agosto e setembro já estão disponíveis

Local: Shopping Eldorado - Av. Rebouças, 3970 - Pinheiros - São Paulo

Valores: R$ 24,00 (inteira) | R$ 12,00 (meia)

 

 

Grupo do Malawi, Hear Us Children, vem ao Brasil pela primeira vez para quatro apresentações


As exibições, gratuitas e abertas ao público e uma delas será na capital paulista, no Parque do Ibirapuera no Brasil

Por meio da dança e do canto, os jovens do Hear Us Childrenpreservam e divulgam a cultura de Lilongue, no Malawi (África), local de origem do grupo. Em junho, cerca de 15 representantes do conjunto, com jovens de 16 a 25 anos, estarão no Brasil e participarão de workshops e espetáculos, emquatrocidades. O musical ‘Mizimu’, que conta um pouco da história da África, será apresentado em três unidades do Sesc no Estado de São Paulo: Sorocaba (7/6), Piracicaba (13/6) e São José dos Campos (19). Uma apresentação especial está agenda para o dia 22/6, no Museu Afro Brasil, na capital paulista. Todos os espetáculos serão gratuitos e abertos ao público em geral. 

No musical, o grupo conta a história do seu país,retratando a cultura, a beleza natural, a fauna exuberante e os resquícios deixados pela exploração europeia. Também destaca danças regionais, como mwinoghe, gwanyansa, chisamba/chingondo, kazukuta, kalumbwana, beni e ching’ande.

Em workshop, trabalhará técnicas para unir canto e movimento corporal, percussão malawiana e canções regionais. A oficina terá participação de educadores, funcionários e alunos do Projeto Guri, além de membros de outras organizações parceiras.  A Amigos do Guri proporcionará ao Hear Us Children visitas a espaços culturais e atividades de integração com seus estudantes. Durante o intercâmbio, os Guris ensinarão canções brasileiras aos integrantes do grupo, que poderão ser integradas ao repertório de apresentações.

Em São Paulo a apresentação será às 11h00 do dia 22 de junho, no Museu Afro Brasil, localizado na Avenida Pedro Álvares Cabral, portão 10 do Parque do Ibirapuera.


Semiorquestra paulistana traz ritmos dançantes à Praça Joaquim José

Um show de música latino-brasileira com a Semiorquestra de São Paulo está marcado paradomingo, dia 16, às 20h, na Praça Joaquim José (Praça Fonteatro Emílio Casline), em São João da Boa Vista.

 Formada na capital paulista, esta é a primeira vez que a banda instrumental vem à cidade. Com agenda reservada para diversas cidades do estado, o time musical reúne grandes profissionais.

Ao palco, sobem Clara Kok (flautas), Deivide Bubone (trombone), Fernando Sagawa (sax alto, sax soprano e flauta), Fernando Goldenberg (trompete e flugelhorn), João Batista (sax tenor e sax barítono), João Sampaio (guitarra), Luca Frazão (violão de sete cordas), Alex Juszar (contrabaixo), Joera Rodrigues (bateria e percussão), Caio Barbosa (percussão) e Leonardo Cordeiro (percussão).

O repertório instrumental da banda conta as obras próprias “Iguarias do Milho”, “Dibrando”, “Piui”, “Freak asé”, “Curinga de Canastra”, “Super Sentai”, “Laga Lions” e “Croquetes”.

São trilhas que estão no disco “Jogos e Quitutes”, primeiro trabalho da Semiorquestra. Lançado em março deste ano, o CD traz gêneros musicais latino-brasileiros como guitarrada, carimbo, frevo e samba. De acordo com a produção, são referências costuradas por jogos e brincadeiras musicais.

 Para levar o som a diversas regiões paulistas, a Semiorquestra conta com financiamento do Programa de Ação Cultural (PROAC), uma iniciativa de incentivo à cultura estadual.

Tributo a Renato Russo no Theatro Municipal

No próximo sábado, dia 8, às 20h00, o público poderá assitir um Tributo a Renato Russo com o grupo Legião Urbana Cover – SP.Um evento especial para legionários, fãs de Renato Russo e seu legado. No palco, a Legião Cover-SP que já lotou o Theatro Municipal e tem se destacado em programas de TV em rede nacional, com seu perfeccionismo e fidelidade de arranjos e timbres nas canções da banda brasiliense.

O espetáculo terá a presença de Fred Nascimento, que foi músico da Legião por vários anos nas turnês da banda, sempre assumindo o violão. Fred, além de tocar as canções com a Legião Cover - SP irá ainda contar algumas passagens e lembranças ao lado do eterno poeta Renato Russo, com quem conviveu profissionalmente por cercade dezanos.
O show contará ainda com depoimentos de pessoas ligadas a Renato, além de uma produção visual especialmente desenvolvida para esta apresentação. Os ingressos são de R$ 25,00 e podem ser adquiridos antecipadamente naFábricade Óculos,Ótica Primus e Regina Brinquedos ou online emhttps://megabilheteria.com

REI LEÃO

No domingo, o espetáculo das 19h00 é o musical Rei Leão.
Uma grandiosa montagem, cantado 100% ao vivo, com equipe com mais de 20 integrantes, projeções mapeadas de última geração e diversos cenários.

Os ingressos são de R$ 40,00 a R$ 100,00, e podem ser adquiridos na Livraria Grafitte ou online em ticketbrasil.com.br

Peça teatral discute escolhas e conseqüências de casal separado

Foto Raquel Pessoa


   A peça teatral Em Caso de Emergência, Quebre o Vidro narra a história de um casal que após separação de oito anos se reencontra em São Paulo. Além do tempo de não viverem juntos, houve um oceano de acontecimentos na vida dos dois. Ela foi tentar a vida em Londres, ele optou por ficar. Com a reaproximação vêm à tona sentimentos e afetos antigos.

   Esse o "plot" que assistimos, constatando que muito do amor que um sentia pelo outro ainda subsiste, embora transformado pelas situações de cada um.

   O texto é de autoria de Denio Maués - paraense radicado em São Paulo - enseja um ar nostálgico dos anos 80 num universo cultural naquela época rebelde retratada na música furiosa do rock.

   Sob acurada direção de Fábio Mráz, também ator e produtor, consegue extrair de Lívia Ziotti, atriz formada pela Escola de Atores INDAC uma penetrante atuação num texto sentimental árido. Seu "partner" César Figueiredo Cantão ator oriundo de ótimas interpretações como vimos em "Otelo", de Willian Shakespeare, compõe com Lívia ZIotti um artístico par numa fabulação cenográfica de envergadura teatral. 

   Sustenta a encenação bons figurinos de Lívia Ziotti, iluminação incidental de autoria de Adriana Dahm, e cenário de Fábio Marz.

Serviço ao leitor:

Em Caso de Emergência, Quebre o Vidro

Dramaturgo: Denio Maués.

Direção: Fábio Mráz.

Onde: Instituto Cultural Capobianco - Teatro da Memória (70 Lugares).

Rua Alvaro de Carvalho, 97, Centro.

Hor.Sáb. 21h./Dom. às 19h.

Qto. custa: R$40

Dur.:70 minutos - Rec. 14 anos - Gênero: Comédia romântica

Auspícios de Morente Forte Produções Teatrais.

Até: 28/07

Avaliação: Excelente