Ter01282020

Last update04:31:44 PM

 


Back Você está aqui: Home Esporte

Esporte

Basquete de São João é campeão dos Jogos Abertos de Marília

A vitória da equipe de basquete de São João da Boa Vista sobre Santos por 75 a 68, na tarde desta segunda-feira, 18, garantiu o título da primeira divisão dos 83º Jogos Abertosde Marília.

O destaque da partida foi o ala Michel, que teve um aproveitamento considerável com arremessos de três pontos. A defesa consolidada também ajudou na conquista. A campanha do time, coordenado pelo professor Marcus Cesar (Marcão), começou com uma vitória tranquila diante de Caraguatatuba, com destaque para os atletas Evander e Otávio Damião, que pontuaram 21 vezes cada. No segundo confronto, já valendo vaga para a semifinal, a equipe do Departamento de Esportes derrotou Araraquara por nove pontos de diferença: 70 a 61. O pivô Mauro fez a diferença na partida com 15 pontos.

A vaga para a decisão foi conquistada nodomingo, 17, quando os sanjoanenses venceram a forte equipe de São José do Rio Preto, por 84 a 60.

“E nessasegunda-feira fomos para a final repetindo o feito de 2018, mas desta vez, contra Santos. Eles estão jogando juntos há pelo menos 3 anos. Vencemos e nos sagramos campeões dos Jogos Abertos. Feito inédito”, comemorou o professor Marcão. 

O elenco do time de basquete é formado pelos seguintes atletas: Alison Porfhirio, Diogo Aga, Evander César, Eduardo Marques, Gerson, José Mauro, Mateus Alex, Mateus Filho, Michel Souza, Otávio Damião e Pedro Vitor (Pedrinho). 

Handebol masculino de São João é campeão nos Jogos Abertos em Marília

O handebol masculino de São João da Boa Vista venceu Bebedouro na tarde desta segunda-feira, 18, e conquistou o título da segundadivisão na 83ª edição dos Jogos Abertos do Interior “Horácio Baby Barioni”, em Marília. O jogo do título terminou com placar apertado de 25 a 24 favorável ao time sanjoanense.

Para chegar a final a equipe que tem coordenação da Professora Valdirene Musto venceu Assis (26 a 23) e Promissão no segundo jogo (34 a 11).

“Como estávamos no grupo A, e saímos em primeiro, fomos direto para a semifinal. Não jogamos as quartas de final”, explica Valdirene sobre a campanha do time.

Antes de chegar à decisão, a equipe de São João fez outra partida bastante equilibrada. No duelo contra Piracicaba, o placar registrou no tempo normal empate: 21 a 21. Na prorrogação, o time mostrou superioridade e conquistou a sonhada vaga para a final ao marcar seis gols. Mesmo Piracicaba marcando por quatro vezes no tempo extra, o confronto terminou 27 a 25 para São João, resultado que colocou o time a caminho do título.  

Valdirene informou que a equipe de handebol viajou a Marília com apenas 5 atletas da categoria adulta. “A base que veio são os meninos do sub 21, que este ano também foram campões da Liga de Handebol”, disse.

Jogaram a competição os atletas Arthur Bertolucci, Cleones Santos, Denilson Oliveira, Douglas Zacarias, Fabrício Fermino, Fernando Carvalho, Guilherme Milan, Guilherme Melo, Leandro Silva, Marlon Freitas, Matheus Barbosa, Pedro Buzato, Vando Neto, Vinícius Bertolucci e Vitor Barbosa.

Esportiva está na final do voleibol

Equipe Mirim vai enfrentar Valinhos na decisão da Liga

A equipe Mirim de voleibol da Esportiva despachou, no domingo (10), o forte time da Hípica na semifinal da Liga. O esquadrão comandado pelo técnico Celso Costa foi muito superior às visitantes e garantiu a vaga na final da competição mais importante da região com o placar de 3 sets a 1. O jogo foi realizado no Ginásio Tigrão, e o resultado garantiu a Esportiva na decisão da Liga Regional de Voleibol.

O jogo do título será entre Esportiva e Valinhos que eliminou o Time Jundiaí na outra chave.

A primeira partida da final será em São João e o jogo seguinte na quadra das rivais. Caso uma terceira partida seja necessária, esta acontecerá também em Valinhos, que teve melhor desempenho na fase classificatória.

INFANTIL NA SEMI

A equipe Infantil, por sua vez, continua aguardando que a Liga confirme a terceira partida das semifinais contra Ribeirão. A série está empatada, com uma vitória para cada lado. O time vencedor também encara Valinhos na final desta categoria.

PRÉ-MIRIM EM QUARTO LUGAR

Já a equipe Pré-Mirim da Esportiva viajou para Jundiaí, onde disputou o terceiro lugar da Liga contra as donas da casa. A SES acabou derrotada por 3 sets a 0 e ficou e terminou a temporada em quarto lugar. A final desta categoria é entre Bradesco Osasco e Valinhos.

FOTO 1: Equipe Mirim vai enfrentar Valinhos na decisão da Liga

Caio Carvalho vence a Travessia do Guarujá

 

Caio com seu técnico, o Professor Jorge Abbud

 

O atleta Caio Sassaron de Carvalho do Projeto Jorge Abbud Natação de Ouro, parceiro do Departamento Municipal de Esportes, disputou a Travessia Poliana Okimoto Gold 3 Km, no Guarujá/SP e superou todos os adversários na categoria Juvenil. Caio subiu ao lugar mais alto do pódio, nesta que foi sua primeira competição em águas abertas.

O jovem nadador uma vez mais mostrou seu grande talento também fora das piscinas, trazendo para São João, além da Medalha de Ouro, o Troféu de “Melhor Atleta Juvenil da Travessia”.

Caio prepara-se agora para o maior desafio da Temporada 2019, o Campeonato Estadual de Natação que será realizado na cidade de Mococa/SP, em dezembro.

Atletas sanjoanenses viajam a Marília para a disputa dos Jogos Abertos do Interior

São João participa em quatro modalidades coletivas e duas individuais

A delegação de São João da Boa Vista, composta por 100 atletas, viajou hoje, dia 12 para Marília onde disputa dos 83ª Jogos Abertos do Interior “Horácio Baby Barioni”. Os atletas representam São João nas modalidades coletivas de basquete, handebol e futsal masculinos. No feminino, apenas o vôlei se classificou para a disputa da competição.

Esportistas das modalidades individuais de boxe e supino também competem em Marília. Segundo o Departamento de Esportes, a equipe de apoio, com 15 profissionais, entre professores, cozinheiras e auxiliares, está pronta para auxiliar os atletas. 

A cerimônia de abertura está programada para   quarta-feira,13 de novembro, às 20h00, no Centro Municipal Educacional Esportivo e Cultural Profª Neusa Maria Bueno Galetti.

Nesta edição, o evento esportivo conta com 210 municípios. A expectativa é de que participem 15 mil atletas em 30 modalidades. A organização dos Jogos Abertos é da Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo.

Valdirene Aparecida Musto, professora de handebol e uma das responsáveis pela coordenação da delegação, afirma que toda a parte de logística é organizada pelo Departamento de Esportes da Prefeitura.

“A gente já tem know-how. O handebol está sempre chegando entre os primeiros, o vôlei feminino, no ano passado, foi campeão.  O basquete também já foi campeão, e o futsal masculino a gente espera teruma boa participação. O supino e o boxe também têm expectativa de bom desempenho”, diz Valdirene.  

Jogos

O handebol estreia na quarta-feira, 13, às 16h45, contra Assis. O jogo acontece na Associação Desportiva da Polícia Militar (ADPM). Mongaguá, Assis e Promissão integram o grupo de São João.

Já o primeiro jogo do basquete é contra Caraguatatuba, naquinta-feira, 15, às 13h, no ginásio do Sesi, localizado no Parque São Jorge. Araraquara e Caraguatatuba são os outros adversários da equipe sanjoanense. 

A participação do futsal começa no domingo, dia 17. Ocasião em que a equipe de São João enfrenta Araraquara. Os outros concorrentes do grupo são Araçatuba e São Vicente.

Também no domingo, o vôlei feminino entra em quadra. Os adversários da chave são Cristais Paulista, São Carlos e Campinas.

Os atletas das modalidades de boxe e supino começam a disputa nos dias 15 e 16, respectivamente. 

JOGOS ABERTOS

Maior torneio poliesportivo da América Latina, os Jogos Abertos Horácio Baby Barioni (também conhecidos como Jogos Abertos do Interior) chegam a 83ª edição entre os dias 12 a 23 de novembro, na cidadede Marília. Serão mais de 14 mil atletas, representando 211 municípios de todas as regiões do estado.

Os atletas se classificaram à competição por meio dos Jogos Regionais, realizados em julho nas oito Regiões Esportivas do Estado de São Paulo, com mais de 40 mil participantes.

A “olimpíada caipira”, que leva o nome de seu idealizador, Horácio Baby Barioni,terá a cerimônia de abertura realizada no dia13 de novembro(quarta-feira), às 19 horas. A partir deste ano, a cidade de Monte Alto, que recebeu a primeira edição dos Jogos Abertos (1936), passa a ser a primeira delegação a desfilar, tal qual acontece com a Grécia nos Jogos Olímpicos. Os Jogos Abertos são realizados pela Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo em parceria com a Prefeiturade Marília.

Victor Alcará – Campeão Brasileiro de Natação


Victor Guimarães Alcará, 19 anos, sanjoanense,hojenadando pelo Sport Clube Corinthians, participou neste último final de semana do Campeonato Brasileiro Interclubes Júnior de Natação de Verão – 2019- Troféu Júlio De Lamare no Clube Regatas Flamengo/RJ.

Victor sagrou-se Campeão Brasileiro na prova dos 100 metros nado Costas com o tempo de 57:78”. O nadador também foi também vice campeão nos 50 metros nado Livre com o tempo de 22: 74”; e medalha de Bronze nos revezamentos: 4X 100medley misto, 4X 100livre, 4X 200livre e 4X 100medley.

As colocações de Victor ajudaram o clube a conquistar o vice campeonato na classificação geral de pontos.

Veri Real supera mais uma marca no esporte

Foto Beto Negrão

Paratleta conseguiu o menor tempo em pista – 23s883

 

Veri Real é uma jovem competidora determinada e independente dos problemas que passa e a limitam a fazer certas coisas.

Uma frase que marca muito esta paratleta determinada e que ela não cansa de repetir é “tudo pode ser realizado mesmo com limitações, o impossível só existe para quem não sonha!”.

Quando Vivi Real entra na pista com seu parceiro WRA Shady Packin, é só emoção para o público. Com todo este foco e determinação, a paratleta conquistou novamente o que para muitos era impossível.

Na 2ª etapa da Copa Victory Fly Tambor, Vivi Real marcou 23s998 o que foi incrível, mas ela foi persistente e na Copa Rancho Mariana que aconteceu no último final de semana, ela fechou a prova em  23s883.

“Tenho me esforçado muito para acontecer tudo isso, treinado com foco para alcançar meus objetivos. Chego em casa, vejo como foi  meu treino e tento corrigir meus erros no próximo. É um trabalho meu e do João. Quando eu estou na reta final quero baixar mais o meu tempo, e agora estou conseguindo fechar do segundo para o terceiro o que não conseguia por conta da vista esquerda que não tenho. Fiquei muito feliz com meu tempo e com carinho que recebi de todos no Rancho Mariana”, afirmou Veri.

A paratleta também foi surpreendida com uma homenagem do treinador Elvislei Manzatti, que deu seu troféu para Veri e disse ser fã dela por toda sua persistência no esporte e por cada marca superada, que motiva todos ao seu redor.

“Fiquei muito feliz e muito emocionada com essa prova, foram muitas coisas boas. Aproveito e agradeço ao Nei que me inspirou do jeito que ele narrou a minha passada, a Tati que me entregou o troféu, a minha mãe por sempre estar ao meu lado em tudo, aos meus amigos, a todos os meus patrocinadores e as pessoas que torcem por mim”, finalizou a paratleta.