Qui01282021

Last update02:51:12 PM

 

Back Você está aqui: Home :: Mais +++ Artigos Saúva

Artigos

Saúva

Um dia alguém já havia tido - “Ou o Brasil acaba com a saúva ou a saúva acaba com o Brasil!”

O problema econômico que o Brasil enfrenta hoje é totalmente interno, fruto de uma administração espúria e corrupta. Corrupção esta que se alastrou progressivamente a partir de dois mil e dois, quando Lula assumiu a presidência do país. Foram oito anos de governo do PT, mas quatro anos através de mandato Dilma; doze anos de corrupção crescente, onde alastrou-se a saúva de modo epidêmico.

Alguém também já disse um dia: O exemplo vem de cima! O que ocorre hoje é que constatamos corrupção em todos os níveis  da política. O exemplo de vereadores não assalariados, que ocorria na década de setenta em várias cidades do interior, virou “figura de museu”. Trabalhavam em pró de suas cidades e não em pró do próprio bolso, como constatamos de muitos anos para cá.

Os políticos, em sua maioria, buscam elegerem-se para obter benécies, não para representar bem o cidadão que lhe ofereceu seu voto. Desse modo, o cidadão que contribui com seus impostos, não consegue ter e nem ver o retorno para a comunidade dessa paga; somente fraude daqui e dali, que graça desde aquela cidadezinha de uns poucos mil habitantes até o palácio do governo em Brasília.

Enquanto não surgir uma vacina eficiente, se é que surgirá, a epidemia vai tendo seu curso, intensificando-se continuamente.

Hoje em dia a fraude já não está somente no meio politico, mas em praticamente todas as instituições, institucionalizou-se a fraude nesse pais. Quase todos querem de algum modo, levar vantagem sobre o outro. Encontramos esse tipo de atitude até dentre os próprios consanguíneos. Já constatei exemplos, de esposa roubando dinheiro da carteira do marido; irmão levando vantagem sobre irmão; até pai desviando dinheiro do caixo do comércio do filho, onde dava algumas coberturas quando o filho necessitava.

Detendo-nos mais profundamente nessa questão, verificamos que o estrago é muito maior; não somente valores em dinheiro que se rouba, rouba-se o crédito, a confiança no outro, o respeito à pessoa por mais próxima que seja. Vão se extinguindo os valores mais nobres e fundamentais que devem alicerçar o convívio humano.

Acima de tudo, as pessoas vão materializando-se cada vez mais, fazendo crescer a política do ter, não importando como. Ao mesmo tempo, vai eliminando-se o ser e, pior de tudo, perecendo o amor que das razões mais importantes da vida, é a mais fundamental de todas.