Qua08052020

Last update04:04:23 PM

 

Back Você está aqui: Home :: Mais +++ Artigos NÃO ACREDITO!

Artigos

NÃO ACREDITO!

A coisa está de banda e, se continuar assim, não sei onde vamos parar. Se não bastasse esse raio da COVID infernizar as nossas vidas e tolher milhares do nosso convívio, umas momentaneamente, outras para sempre, noticia-se que um novo vírus da gripe, também encontrado na China, tem chances de se tornar uma nova PANDEMIA. Como pode? A década de 2020 do novo século, que deveria ser o deslumbramento das novas tecnologias, das tevês que mais parecem tela de cinema, com o mundo na palma da mão via sofisticados smartphones, com carros autônomos, internet das coisas, tem se transformado em medo. Será o princípio do fim? Poucos acreditavam que nossa ação sobre o planeta, o nosso modo de vida consumista, pudesse criar as condições para a nossa extinção! Pelo amor de Deus! Olhem que coisa interessante. Em 99% dos filmes, o planeta é devastado e a raça humana sobrevive. Com a PANDEMIA, não. O planeta sobrevive e a raça humana é devastada. O que será do universo sem nós?

Acontece que tem um monte de coisas que gostaria de fazer e ainda não tive oportunidade. Primeiro, consegui me aposentar no final do ano passado e não desfrutei quase nada. Segundo, o mundo tem lugares que ainda quero conhecer. Acreditam que nunca fui à Indochina? Terceiro, meu romance está quase pronto e o mundo não pode acabar justo agora. Quarto, faz muito tempo que não faço um churrasco daqueles de passar a tarde toda ouvindo moda de viola e, quando o teor etílico estiver na linha vermelha, em coro, cantar Boate Azul. Quinto, pescar, então, nem lhes conto. Dia desses, sonhei que estava na beira de um lindo rio tamanha é a carência encrustada no subconsciente. Sexto, sétimo, oitavo... podeira ficar por horas relatando o tanto que tenho a fazer. Algum leitor já assistiu uma tourada em Madri? Ou correu pelas ruas de Pamplona na festa de San Fermin? Então! Podem me explicar por que, agora, resolveram criar vírus em escala industrial? Justo quando estamos experimentando uma vacina que faria os vagões entrarem novamente nos trilhos até a próxima estação?

Como pode, não é verdade? Mas, em alguns aspectos estaremos preparados para a nova gripezinha; que deve chamar PALESTRA, pois vem do porco. Acontece que o governo gastou milhões para produzir um remédio que não prestou para nada. Com uma boa campanha publicitária podemos emplacar a CLOROQUINA-PIG e vamos ser felizes. Bye.