Sab02292020

Last update05:47:15 PM

 


Back Você está aqui: Home :: Mais +++ Nos bastidores da notícia Nos bastidores da Notícia!

Nos bastidores da Notícia!

APOIO

Aquele comentário que fizemos em Bastidores na semana anterior, última edição, sobre os “cartazes que são colados à vontade em postes, viadutos, pontes e muros” pegaram bem. Muita gente diz que para colocar uma faixa ou cartaz de evento local, só em “local fechado” ou com muita burocracia. A conferir.

FORA

Assim, as “cartomantes, videntes, pregadores, mágicos do amor”, a maioria de fora da cidade, ficam livres para “vender seu peixe”. Será que não dá mesmo para se “não conseguir evitar, pelo menos diminuir tal prática?”. Em tempo: quando se coloca uma faixa autorizada, quem retira. As vezes elas ficam por mais de 30 dias, depois do evento, no mesmo local.

SITUAÇÃO

Para quem não acreditou na informação de divulgamos sobre algumas Prefeituras que por conta da queda de receita, ou seja, a “falta de dinheiro” já compromete as contas do ano inteiro, que estariam já “anunciando cortes drásticos de despesas”, a confirmação veio. Era de Americana que aguardávamos a confirmação.

DEMISSÃO

Quem assistiu na segunda à noite, o noticiário da TV regional, ficou sabendo que os servidores de Americana, estão em “estado de greve”, já que além do que consta não terem reajuste, “cerca de 500 serão demitidos.” Com o desemprego no setor privado aumentando cada vez mais, “perder vaga no serviço público é pesadelo”.

ENFRENTANDO

Ao que se anuncia, existe um movimento para que se estimulem os prefeitos a “enfrentar mesmo a crise, mesmo com greve e outras ameaças”, para que neste ano pré-eleitoral suas contas estejam em conformidade com o que a lei determina, já que no ano que vem, “alguma pedalada” pode ser usada contra na campanha eleitoral.

FORÇA

Já se sabe que em alguns locais, se preparam a população para apoiar os cortes, sob o argumento de que “não pode faltar dinheiro para saúde, remédios, creches, merendas, etc.” e ainda, é melhor garantir os serviços sociais, do que “empregos de alguns poucos”. Confirmando: além dos cortes já anunciados em verbas de departamentos, o Prefeito Vanderlei ainda “não anunciou o que mais vai cortar em gastos, mas faz estudos”.

NOVIDADE BOA

Apesar da tão comentada crise, demissões e greves,“Número 02”, voador e bate asas amados por muitos, trouxe uma novidade boa.

PRÉDIO

Na área central da cidade, no final da avenida Dona Gertrudes, esquina com a rua Gabriel Ferreira, onde havia um estacionamento, hoje desativado, o espaço vai dar lugar a um prédio residencial.

SEIS ANDARES

O empreendimento tem assinatura do escritório SGM, terá subsolo, térreo e seis andares com apartamentos de 2 e 3 dormitórios.

RETORNO

Depois de julho chega agosto e com isso, o fim do recesso da Câmara Municipal com o retorno das atividades do Legislativo. Já se sabe que “nas primeiras sessões, a presença de servidores, convocados pelo Sindicato nas sessões vai ocorrer”, como no ano passado, para “pressionar os vereadores”, que quando “tem platéia afinam e mudam discursos”.

COBRANÇA

Um leitor desses bem informados, disse que o PMDB local deve resposta a uma provocação que foi feita na imprensa, depois do rompimento do deputado Eduardo Cunha com o PT, como ficaria na cidade a “aliança entre o PT e o PMDB”. Mas todos já sabem que a notícia foi “plantada para atingir o PMDB local”.

RESPOSTA

A resposta merecida e correta, é que quem “divulgou a notícia citada, não tem informação correta ou agiu de má fé”. Tudo pelo fato de que na cidade, na última eleição, o “PT se afastou do PMDB e se aliou com o PSD de Laert”. Ou seja, “passou por um fiasco eleitoral” e não teve mais nem representante vereador na Câmara. Resta saber sua posição no futuro.

CULTURA

Depois do junho animado de todos os anos na cidade, o mês de julho mais uma vez demonstrou e confirmou que as atividades culturais na cidade estão bem acima da maioria das cidades do interior. Para se dizer do “sucesso e do êxito do Festival Assad, a imprensa local nem precisa se esforçar”, já que as “fronteiras foram quebradas e expandias e para bem longe”. Parabéns.

ESQUENTANDO

O político em Brasília está cada vez mais quente e ao que parece, o Governo petista cobra providências para se evitar que algumas das ações conduza à votação do “impeachment” da presidente Dilma. Se depender de Eduardo Cunha, ele disse que tendo fundamento jurídico coloca em votação.

FATO

O fato é que a Presidente Dilma cobrou na segunda-feira em reunião com doze de seus ministros mais fiéis, que articulem reação contra o seu “pedido de impeachment” que ganha mais adeptos a cada dia.

PEDALADAS

Agora que o Governo fez sua defesa sobre as contas de 2014, onde e descobriram as “pedaladas fiscais”, se revela que só no seguro-desemprego, a Caixa Federal bancou o governo, que “não repassou o recurso, por 21 meses, deixando o programa no vermelho”, e tudo foi repassado ao DEM, pela própria Caixa.

RECUSA

Depois que se tornou pública a recusa do ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso, a pedido da Presidente Dilma e do ex-presidente Lula, em se “reunir para discutir a situação do País”, alegando já ter “passado o tempo para isso”, o que ficou no ar é “uma sensação de desespero do Governo”.

FAVOR

De outro lado, já se decidiu a cúpula tucana, que o PSDB vai usar suas inserções de rádio e TV para “convocar a população para os protestos contra o governo” que estão marcados para o dia 16 de agosto em todo o País. Para tentar esvaziar o movimento, mesmo com “risco de panelaço” a Presidente vai falar em rede nacional de Rádio e TV.

SERÁ?

Quem assistiu as últimas inserções do PT estadual, observa que os petistas estão cobrando “ações do governo Geraldo Alckmin em educação e saúde” e mais, dizendo que há vinte anos no poder, “não investigou corrupção no Metrô e nos trens metropolitanos”. Já se comenta que “petista falar de corrupção dos outros é estar dando tiro no pé”.

CHEGANDO...

Está chegando o prazo final para filiações partidárias, mudanças de partidos dos que pretendem disputar as eleições do ano que vem – prefeito e vereadores.

PARTIDOS

Aqui na terrinha, alguns políticos, se comenta, que estavam atrás do REDE, que nem foi confirmado ainda como partido, levaram uma rasteira, e agora correm atrás de outras siglas, para dar rasteiras em terceiros. A confirmar. Quem viver, verá.

OUTROS

Outros postulantes correm atrás mesmo para ganhar cadeira em órgãos estaduais, principalmente na área educacional. Será? Comentário do voador Número 01 (sempre bem informado). Bis de novo: a confirmar – quem viver, verá!