Ter10232018

Last update05:46:29 PM

 


Back Você está aqui: Home Polícia

Fim de semana com duas ocorrências de Violência Doméstica


A Polícia Militar atendeu duas ocorrências de violência doméstica no final de semana, que terminaram com seus autores autuados em flagrante e detidos por ordem do delegado de plantão.

Um dos fatos, de Ameaça, Dano e Violência Doméstica, foi registrado na Via Brasil, na rua Manoel Molina Martins, casa de numero 355, pouco depois das 20h30 dia 19 de outubro.

O Cabo Marcos e o PM Nóbrega foram ao local onde apuraram que um homem de 24 anos estava muito alterado e ameaçava de morte uma mulher de 52 anos, mas acabou acertando um soco no rosto de outra senhora que estava na casa, de 55 anos.

O agressor permanecia no local, onde tinha quebrado vários móveis da residência e danificado eletrodomésticos, mas como ele continuava agressivo e transtornado, os PMS tiveram que usar força física moderada para conduzi-lo até o plantão policial, onde o Delegado Fabiano Antunes de Almeida ratificou a voz de Prisão em Flagrante Delito, encaminhando o jovem à Cadeia Pública.

JARDIM SÃO PAULO

No sábado, dia 20, a ocorrência de Violência Doméstica, com o autor preso em flagrante, ocorreu na Rua Mato Grosso, 504, por volta das 21h30.

O Cabo Adailton e o PM Pedro Aparecido foram destacados para atender a ocorrência e quando chegaram à residência flagraram M.N. de 41 anos, residente no Jardim Recanto do Jaguari agredindo um senhor de 72 anos.

Na casa também estava uma senhora de 39 anos, filha do idoso, que informou aos PMs que por alguns meses manteve um relacionamento amoroso com M.N.  A vítima afirmou ainda que naquele dia encontrou o ex-namorado casualmente no pátio de um supermercado e após breve discussão, o ele passou a agredi-la fisicamente. A vítima relatou ainda que com o auxílio de populares conseguiu se desvencilhar e foi casa, mas foi perseguida, e em sua casa começou a ser agredida novamente por M.N. que também danificou alguns móveis.

O homem também armou-se com uma faca de cozinha e passou a ameaçar a mulher de morte. A mulher disse ainda que as ameaças são constantes e perduram há algum tempo.

A mulher foi encaminhada à UPA e medicada pelo Dr. Marcelo Bernardes Filho.

M.N. recebeu voz de prisão em flagrante delito com base na Lei Maria da Penha. Na Delegacia de Polícia o Dr. Luciano Galletti ratificou a voz de prisão e o homem foi encaminhado à Cadeia Pública.

Golpe de faca mata comerciante na 1º de Maio

Um homicídio foi registrado na manhã desta quarta-feira na Rua Lucinda Vasconcellos, cruzamento com a Rua Antonio Augusto Silva Palhares, defronte ao Lar Meimei, na Vila 1º de Maio. Testemunhas relataram que a comerciante Sílvia Vasconcellos chegou ao local para abrir a Mercearia Nova Aliança, quando também surgiu Ronaldo Tiago. Entre o casal teve início uma discussão que terminou com a agressão do homem contra a vítima. Sílvia foi atingida mortalmente com um golpe de faca e caiu na calçada.

O agressor jogou a arma no asfalto e fugiu. Uma equipe do Samu esteve no local, realizou os primeiros procedimentos no local e removeram a vítima, que infelizmente não resistiu.

Além do Samu, compareceram no local Policiais Militares, uma equipe da Policia Civil sob o comando do Delegado Fabiano, e ainda uma equipe do Instituto de Criminalística.

A faca utilizada na agressão que resultou a morte da comerciante foi recolhida, e agora a polícia trabalha para localizar o agressor.

Polícia interrompe 'tribunal do crime' do PCC e prende 18


 

Foto: Reprodução Google Street View / Estadão Conteúdo

Uma operação das polícias Civil e Militar interrompeu um 'tribunal do crime' e prendeu 18 pessoas suspeitas de ligação com a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), no fim da tarde desta segunda-feira, 27, em Limeira. Os policiais invadiram o local quando dois homens e duas mulheres eram 'julgados' por infidelidade conjugal - comportamento que a facção não aceita.

O grupo estava numa casa anexa a um bar, na rua Alecrim, no Jardim Planalto. Conforme a PM, os quatro 'acusados' estavam sentados em cadeiras, no centro de um círculo formado pelos 14 'julgadores'.

Os detidos, inclusive os quatro 'réus', foram levados para a Delegacia de Investigações (DIG). Ainda segundo a PM, o julgamento tinha sido iniciado no domingo, 26, e as pessoas passaram a noite no local. Quando a polícia chegou, os suspeitos tentaram fugir, mas foram contidos. Com eles, foram apreendidos celulares e papéis com anotações referentes às normas de disciplina adotadas pela facção criminosa. Pelo menos quatro suspeitos tinham passagens pela polícia.As duas mulheres eram acusadas de terem mantido relacionamento extraconjugal com os dois suspeitos. Os 14 'julgadores' foram indiciados pelos crimes de cárcere privado e associação criminosa. Apesar de serem as vítimas de cárcere privado, os quatro 'réus' também foram indiciados por associação criminosa. Eles passaram por exames no Instituto Médico Legal (IML), mas não foram constatadas lesões. Os celulares apreendidos serão submetidos à perícia. A polícia não encontrou armas com os suspeitos, mas achou resquícios de que eles haviam usado drogas.

Advogado é morto com 2 tiros dentro de casa


Carlos Roberto Bineli, advogado de 65 anos, ex-Presidente da OAB – Seção de Espírito Santo do Pinhal foi morto a tiros.  A polícia investiga o crime como latrocínio – roubo seguido de morte - e suspeita que dois homens cometeram o crime, que aconteceu na tarde desta terça-feira (14) na Vila Madrugda..

 Carlos Roberto Bineli foi presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) OAB da cidade, entre os anos de 1991 e 1993.

https://s2.glbimg.com/zMQXabzHyIFGDXHQ95VL2zBu4us=/0x117:780x1040/1200x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2018/x/v/BbKRHATfGN1XnYG61Naw/portal-de-pinhal-1-.jpeg 2x" srcset="https://s2.glbimg.com/QBi449bRCnDIP26ze7QH51P5jik=/0x117:780x1040/600x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2018/x/v/BbKRHATfGN1XnYG61Naw/portal-de-pinhal-1-.jpeg 1x, https://s2.glbimg.com/zMQXabzHyIFGDXHQ95VL2zBu4us=/0x117:780x1040/1200x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2018/x/v/BbKRHATfGN1XnYG61Naw/portal-de-pinhal-1-.jpeg 2x" style="box-sizing:inherit">https://s2.glbimg.com/qpA3XzQbdXAfRUv4nbeZuM2dj88=/0x117:780x1040/1280x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2018/x/v/BbKRHATfGN1XnYG61Naw/portal-de-pinhal-1-.jpeg 2x" srcset="https://s2.glbimg.com/RytA1c2lJGwuZ1KYAisJ216M4Gc=/0x117:780x1040/640x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2018/x/v/BbKRHATfGN1XnYG61Naw/portal-de-pinhal-1-.jpeg 1x, https://s2.glbimg.com/qpA3XzQbdXAfRUv4nbeZuM2dj88=/0x117:780x1040/1280x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2018/x/v/BbKRHATfGN1XnYG61Naw/portal-de-pinhal-1-.jpeg 2x" style="box-sizing:inherit">https://s2.glbimg.com/rWuengS9jmGWsGNFX9ES58-v6KY=/0x117:780x1040/1968x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2018/x/v/BbKRHATfGN1XnYG61Naw/portal-de-pinhal-1-.jpeg 2x" srcset="https://s2.glbimg.com/nGQHz5TAmuK93nltetPH2X4nBgo=/0x117:780x1040/984x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2018/x/v/BbKRHATfGN1XnYG61Naw/portal-de-pinhal-1-.jpeg 1x, https://s2.glbimg.com/rWuengS9jmGWsGNFX9ES58-v6KY=/0x117:780x1040/1968x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2018/x/v/BbKRHATfGN1XnYG61Naw/portal-de-pinhal-1-.jpeg 2x" style="box-sizing:inherit">https://s2.glbimg.com/WSvIRIMkX4hDzgy4mEBYWFatOu4=/0x117:780x1040/2000x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2018/x/v/BbKRHATfGN1XnYG61Naw/portal-de-pinhal-1-.jpeg 2x" srcset="https://s2.glbimg.com/3jgFbCYqtpO7lKSzWtkbV0rmok8=/0x117:780x1040/1000x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2018/x/v/BbKRHATfGN1XnYG61Naw/portal-de-pinhal-1-.jpeg 1x, https://s2.glbimg.com/WSvIRIMkX4hDzgy4mEBYWFatOu4=/0x117:780x1040/2000x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2018/x/v/BbKRHATfGN1XnYG61Naw/portal-de-pinhal-1-.jpeg 2x" style="box-sizing:inherit">A vítima chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas não resistiu aos dois tiros que o atingiram. Segundo as primeiras informações coletadas pela equipe do Portal de Pinhal, por volta das 15h00 desta terça-feira(14), dois indivíduos armados entraram na residência do advogado Carlos Roberto Bineli, de 65 anos de idade.
Uma testemunha viu toda a ação. Segundo a testemunha, os dois suspeitos passaram 3 vezes defronte a residência do advogado localizado na Rua Leocádio de Faria, próximo ao Centro. No momento da ação dos bandidos o portão da garagem encontrava-se aberto.
A testemunha ainda afirmou que ouviu os disparos e conseguiu visualizar os dois suspeitos fugindo a pé. Foram realizados ao menos dois disparos de arma de fogo, um deles que feriu mortalmente a vítima.Uma equipe da Polícia Científica esteve no local coletando provas que possam ajudar a esclarecer o crime



Operação Placebo Paulista apreende mercadorias e documentação fiscal

Foto: Fernanda Carvalho/Fotos Públicas

Operação foi realizada em Vargem Grande do Sul e S.Sebastião da Grama

A operaçãoPlacebo Paulista, realizada pela Secretaria da Fazenda nesta quinta-feira, dia 2, para reprimir fraude fiscal estruturada no comércio de medicamentos, resultou de imediato na apreensão de43 computadores(sendo sete servidores) e de cinco caixas de documentos nos alvos selecionados, além de mercadorias avaliadas em cerca de R$ 500 mil. Todo esse material será analisado pelo Fisco paulista para identificação e responsabilização dos reais beneficiários do esquema fraudulento que sonegou R$ 40 milhões de ICMS de 2013 a 2018.

Em nossa região, empresas duas cidades foram alvo da operação: Vargem Grande do Sul e São Sebastião da Grama.

Em um alvo em Vargem Grande do Sul e outros três em São Sebastião da Grama os agentes fiscais encontraram intensa atividade de movimentação de medicamentos. Além de documentos e computadores, foram apreendidas mercadorias sem documentação fiscal avaliadas em cerca de R$ 500 mil em um depósito clandestino vinculado a uma distribuidora de São Sebastião da Grama.


Operação Placebo Paulista
A operaçãoPlacebo Paulistacontou com a participação de 60 agentes fiscais e 14 policiais civis da Divisão de Polícia Fazendária. Indícios reunidos pelo Fisco paulista apontam que o grupo articulador da fraude, cujo núcleo se localiza em Goiás, teria movimentado aproximadamente R$ 300 milhões em operações com medicamentos no Estado de São Paulo e deixado de recolher R$ 40 milhões de ICMS no período de 2013 a 2018, por meio da criação de empresas constituídas com o único objetivo de sonegar impostos.

As investigações apontam a criação de empresas de fachada, abertas especificamente para suportar a carga tributária e se tornarem responsáveis pelo pagamento do ICMS e ICMS relativo à Substituição Tributária devidos na entrada das mercadorias em território paulista sem, de fato, realizarem o recolhimento do imposto.

Na situação criada pelo grupo fraudador, cujos indícios apontam que os medicamentos sequer chegam a circular fisicamente fora do Estado de São Paulo, há um duplo benefício: tributação a menor pela utilização da alíquota interestadual de 7% nas supostas saídas para o Estado de Goiás, em vez da aplicação dos 18% incidente nas operações internas e o não recolhimento do ICMS por substituição tributária devido na entrada do Estado de São Paulo quando do suposto retorno dos medicamentos de Goiás.