Qui08222019

Last update03:03:20 PM

 


Back Você está aqui: Home Polícia

Casal assalta taxista de Campinas na Vila Estrela

Foto ilustrativa da Rua Orlando Ferraz

Na noite desta terça-feira, 20 de agosto, a Polícia Militar registrou um roubo na Rua Diná Rezende Pinto, na Vila Estrela perto das 21h00. O Cabo Bom e o PM Zimbres foram acionados a atender a ocorrência, e no local a vítima, um taxista residente na cidade de Hortolândia, relatou que trabalha na cidade de Campinas e foi requisitado por um casal no Terminal Rodoviário para uma corrida até São João da Boa Vista.O taxista afirmou que ao parar na Rua Dinah Resende Pinto foi surpreendido pelo homem que lhe aplicou uma chave cervical, para em seguida pegar um celular que estava no painel do taxi um Fiat/Siena, placas FRW9079, cor branca de Campinas/SP. Em seguida, segundo o taxista, o casal fugiu do local.

A vítima disse ainda que uma moradora do bairro das proximidades onde ocorreram os fatos,  disse que conhecia o casal pelos nomes de “Samuel” e “Gorda”.

Na Delegacia de Polícia a ocorrência de roubo foi registrada e o Sargento Richard, o Cabo Oliveira e o PM Gabriel ao tomarem conhecimento dos fatos, e que a vítima teria ouvidonome Samuel como suspeito do crime, logo se lembraram que próximo ao local do roubo residia um indivíduo conhecido por este nome. A equipe do Sargento Richard foi até a residência,  e a dona da casa informou que Samuel estava residindo num sítio, e que sua sobrinha havia acabado de chegar da cidade de Campinas.

A sobrinha da dona da casa, de 25 anos, confirmou que veio de taxi de Campinas para São João, mas que não sabia o paradeiro de seu companheiro. Os PMS realizaram então um patrulhamento pelo bairro, e moradores informaram que um indivíduo estava andando sobre os telhados das casas.

Os Policiais Militares acabaram encontrando o suspeito, de 31 anos, no interior de um dos quartos da residência da Rua Orlando Ferraz, embaixo de um edredom e com o aparelho celular pertencente ao taxista.

Em seguida os policiais realizaram uma pesquisa sobre o suspeito via PRODESP, e apuraram que ele era fugitivo do CDP de Bauru.

O casal recebeu voz de prisão em flagrante delito e foi encaminhado até a presença do Delegado Guilherme Risso Teodoro que ratificou a voz de prisão. O homem e a mulher permaneceram presos à disposição da Justiça.

Polícia Militar flagra adolescentes no tráfico de drogas

Jovens atuando no tráfico de drogas não é mais novidade, mas uma realidade triste, e nesta quinta-feira, dia 14, mais duas ocorrências envolvendo adolescentes no tráfico foram registradas. A primeira dela aconteceu perto das 16h00 na rua Sebastião Camargo, no Jardim Crepúsculo, próximo ao Condomínio Professor Cavalcanti. O Sargento Richard, o Cabo Oliveira e o PM Gabriel ao se aproximarem do local viram dois jovens que saíram correndo assim que perceberam a viatura da polícia. Um dos jovens, de 17 anos, residente em Casa Branca, na tentativa de fuga jogou algo no chão, que constatou-se posteriormente tratar-se de 14 porções de Crack. Com o outro jovem, de 16 anos, foram encontradas 19 pedras de Crack e R$ 210,00, e este confirmou que o dinheiro era proveniente do tráfico de drogas.

A dupla foi encaminhada à Delegacia de Polícia e depois do registro da ocorrência, os menores foram liberados aos seus genitores.

NOVA REPÚBLICA

No início da noite, pouco depois das 18h30, o  Tenente J. Santos, o Aspirante a Oficial Fuzetto, o Cabo Adailton e os PMS Bruno e Turatti, foram até o Condomínio Professor Cavalcanti, localizado no Jardim Nova República, e ao chegarem avistaram um adolescente de 16 anos, residente no Jardim Recanto do Jaguari, vendendo drogas. O jovem tentou fugir, mas foi detido e em seu poder os militares encontraram 23 pedras de Crack, um eppendorf de Cocaína, uma correntinha de prata e a quantia de R$ 380,00 em notas diversas.

O jovem confirmou a prática de tráfico e alegou que a correntinha de prata era um presente de sua mãe. No entanto, na delegacia, a mãe do jovem desmentiu que a correntinha era um presente seu ao filho. Com esta alegação a polícia suspeita que o jovem esteja envolvido em um furto ocorrido dias atrás em uma joalheira.

Depois do registro da ocorrência, apreensão da droga, do dinheiro, da correntinha de prata, o menor foi liberado e entregue a sua mãe.

Entregador de lanche recebe nota R$ 100 falsa

Na noite desta quarta-feira, dia 7, a Polícia Militar foi acionada com relato de ocorrência de moeda falsa. O Cabo Braido e o PM Alexandre foram até uma lanchonete na Avenida Isete Fontão, no Jardim dos Ipês, onde um entregador de lanche relatou que havia realizado umaentrega, recebendo como pagamento do solicitante, um homem de 28 anos, uma nota de R$ 100,00 reais como forma de pagamento. Ao retornar para a lanchonete onde trabalha, seu patrão constatou que a nota recebida era falsa.

De posse da informação de que o homem que havia comprado o lanche residia próximo à lanchonete, os policiais fora até sua casa e o abordaram na calçada, onde ele se encontrava.

O suspeito confirmou ter feito o pagamento dos lanches com a nota de R$ 100,00, porém não sabia ser falsa. Diante dos fatos, equipe conduziu as partes até o Plantão Policial, onde a autoridade de polícia judiciária determinou a apreensão da nota falsa, bem como, do valor de R$ 47,00 devolvidos como troco. 

Flagrante de futo, tráfico de drogas e ato infracional na Rua Ademar de Barros

Foto Ilustrativa

Ação criminosa envolveu um jovem e três menores

Nesta terça-feira, 6 de agosto, por volta das 12h40, os PMS Donizetti e Nóbrega foram acionados a atender uma ocorrência de furto em relojoaria da Rua Ademar de Barros, número 603. A vítima forneceu aos policiais as características dos indivíduos, e uma descrição apontava para um elemento já conhecido em decorrência de envolvimento em outras ocorrências.

Assim os PMS com apoio de outras equipes, inclusive da Força Tática, iniciaram diligências, foram até algumas residências e chegaram ao condomínio de apartamentos daRua Graziela Vasconcelos de Godoy, no Jardim Nova República. Com indicação de moradores sobre os locais de ocorrência de tráfico de drogas, os policiais chegaram a um apartamento do Bloco 25, e avistaram jovem de 18 anos na porta de sua residência que demonstrou nervosismo com a presença dos PMS. O jovem foi abordado e submetido à busca pessoal onde nada de ilícito foi localizado. Com autorização os policiais entraram na residência, e durante a busca domiciliar encontraram no banheiro 2  sacolinhas com os pertences da vítima da Rua Ademar de Barros – 31 correntes de prata.

No quarto da casa estavam 3 adolescente – dois de 15 anos e um de 14 – que foram abordados. No interior de um colchão os policiais encontraram 8 porções de Crack, e em outro quarto em um guarda roupas com fundo falso foi localizada a quantia de R$ 350,40, e ainda 4 celulares. Indagados, os adolescentes nada falaram sobre o entorpecente.

Todos receberam voz de prisão por Furto e Tráfico de Drogas, foram encaminhado ao Distrito Policial onde o Delegado de Plantão Dr. Marcos Aparecido Ferreira do Carmo ratificou a voz de prisão ao jovem de 18 anos pelos crimes de Furto e Tráfico de Drogas, e voz de apreensão aos três adolesentes por Tráfico de Drogas permanecendo todos à disposição da justiça. Em desfavor de um dos menores havia três Mandados de Apreensão em aberto.

 

Dois assaltos e uma prisão por violência doméstica

Entre as ocorrências registradas nestes últimos dias de julho, destacam-se dois roubos e uma prisão em flagrante por violência doméstica.

Na madrugada do dia 27, três indivíduos que ocupavam um Santana, assaltaram o Auto Posto São João, localizado na Rua Conselheiro Antônio Prado. Um dos meliantes ameaçou o frentista simulando estar armado e roubou R$ 224,00. O trio fugiu em seguida do posto indo em direção a Rua Santo Antônio e desapareceu.

O Sargento Ubiratã e o PM Gustavo assim que receberam a comunicação do assalto ao posto de gasolina, realizaram patrulhamento, mas nenhum suspeito foi detido.

Na madrugada do dia 28, o Cabo Alessandro e o Cabo Paulo Henrique foram destacados a verificar a informação que havia uma pessoa machucada defronte a empresa Soufer, no Distrito Industrial, que afirmava que havia sido vítima de um assalto. A vítima em questão foi socorrida por funcionários da Renovias e encaminhada até a UPA. Na unidade de atendimento médico, o homem informou aos policiais que trabalha como mototaxista, e recebeu pelo whatsaap um pedido de corrido de uma desconhecida que dizia que sua moto estava sem combustível e parada defronte a empresa Cimentolândia, no Distrito Industrial.

O mototaxista disse que quando chegou ao local indicado, não encontrou ninguém, e ao tentar novo contato pelo aplicativo, visualizou uma motocicleta Twister de cor preta se aproximar. O piloto da moto desconhecida ao parar tomou o celular da vítima, e de posse de um facão obrigou o mototaxista descer a estrada de terra ao lado da empresa, perguntando se este queria morrer no local ou na estrada de terra. Em seguida a vítima foi agredida a socos e golpe de facão no braço esquerdo, e para não sofrer novos ferimentos fugiu a pé e conseguiu chegar até a Soufer e em seguida se dirigiu a base da Renovias, onde foi socorrido. A motocicleta da vítima foi localizada no local onde ele foi assaltado e agredido.

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

No final da tarde de segunda-feira, dia 29, o Cabo Ademir e o PM Ivo foram acionados a atender uma ocorrência na casa de número 321 na rua Israel Vieira Ferreira, no Bairro do DER, Quando os policiais chegaram ao local, um homem de 29 anos, residente no Jardim Recanto dos Pássaros, correu, pulou vários muros, mas foi perseguido e acabou detido.

A vítima, de 35 anos, informou que já havia sofrido agressões do namorado e que se trancou na casa sendo ameaçada por ele que dizia que iria matá-la. O agressor foi encaminhado à delegacia de polícia, onde a autoridade ratificou a Prisão em Flagrante Delito por Ameaça, encaminhando-o à Cadeia Pública a disposição da Justiça.