Qua04012020

Last update02:09:42 PM

 


Back Você está aqui: Home Polícia

Desavença entre policial militar aposentado e comerciante termina em tiros

Na tarde do último sábado, dia 8, o centro da cidade ficou movimentado devido a uma ocorrência policial na Praça Cel José Pires, no final da Avenida Dona Gertrudes, que terminou em tiros e um ferido.

O fato foi registrado como tentativa de homicídio, e a vítima permanece internada na Santa Casa Carolina Malheiros.

O Cabo Fellipe e o PM Gian foram os primeiros a chegarem ao local, onde encontraram  um homem caído ao solo, na calçada, com sangue no braça e na barrida, pessoas correndo e apontando um outro homem que estaria armado como autor dos tiros.

Os PMs abordaram o suspeito e com ele foi apreendia uma pistola calibre .380 de marca Imbel que estava em sua cintura. O suspeito, de 62 anos, se identificou como Sargento da Polícia Militar aposentado.

A vítima, também de 62 anos, foi socorrida pela Unidade Resgate do Corpo de Bombeiros e levada para a Santa Casa. Posteriormente os Policiais Militares foram até o hospital, onde o médico que os atendeu informou que a vítima foi atendida com 5 perfurações, sendo duas no peito, uma na barriga, uma no braço e uma na virilha, porém seu quadro de saúde era estável e iria passar por cirurgia.

O Sargento da PM, autor dos disparos foi levado para o plantão policial, onde o Delegado Guilherme Risso Teodoro lhe deu voz de Prisão em Flagrante Delito pelo crime de Tentativa de Homicídio, apreendeu a pistola e seis munições. Depois das providências de praxe, o Sargento da PM autor dos disparos foi levado o escolta para a sede do BPM/I, onde ficou detido até a Audiência de Custódia que deliberou que ele deve aguardar o andamento do inquérito e do processo em liberdade. O motivo da desavença seria uma dívida antiga da vítima com o policial militar.

Incêndio danifica casa no Jardim das Hortências

 Foto do Jardim das Hortências

 

No início da tarde desta segunda-feira, dia 3 de fevereiro, um incêndio aconteceu em residência da Rua José Jorge da Rosa, no Jardim das Hortências, que a polícia investiga se teve origem criminosa.

O Cabo Mathias e o PM Zimbres foram destacados para atender a ocorrência, e quando chegaram no local, encontraram a equipe do Subtenente Apoena, do Corpo de Bombeiro, no combate ao fogo.

A proprietária do imóvel informou aos Policiais que estava trabalhando e recebeu uma ligação de sua vizinha, que reportou que sua casa estava em chamas. A vizinha disse ainda que viu pouco antes do fogo ter início um homem, parente da dona da casa, entrar na um pouco antes do ocorrido.

O fogo danificou bastante a casa atingida pelo incêndio e técnicos do Departamento de Engenharia da Prefeitura Municipal foi acionada para uma perícia.

Os Policiais Militares com a informação da vizinha realizaram diligências pelo bairro visando localizar o suspeito, mas sem êxito.  Mas no final da tarde, por volta das 18h00. o Cabo Mathias e o PM Zimbres receberam a informação da localização do suspeito e foram até um bar localizado na Avenida João Osório.

O suspeito, ao ver os PMS e ouvir a ordem de parada para a abordagem, desobedeceu e precisou ser contido e algemado.

O homem de 46 anos, sem residência fixa, recebeu voz de prisão pelo crime de Incêndio, que foi ratificada pelo Delegado Fabiano Antunes de Almeida que determinou que o suspeito fosse encaminhado à Cadeia Pública à disposição da Justiça.

Grupo tinha drogas enterradas e até usavam documentos falsos. Presos pela PM


 

A Polícia Militar, em ação que teve início na noite do dia 13 de dezembro, terminou por apreender grande quantidade de droga – Maconha, Crack e Cocaína – com um grupo que estava no Pesqueiro Progresso, localizado na SP 342, entre São João e Águas da Prata, e também numa residência do Jardim Recanto do Jaguari, apontada por um dos envolvidos.

O trabalho da PM teve início quando a equipe de Força Tática foi solicitada para apoiar o policiamento de Águas da Prata no patrulhamento pela área rural com vistas aos autores de um roubo ocorrido na vizinha Estância. Os PMs haviam recebido informações que suspeitos estavam no “Pesqueiro Progresso”. Na propriedade rural, numa das casas foi localizado três homens, todos residentes em São João, e com um deles encontrado a quantia de R$ 810,00. Um dos suspeitos apresentou ainda uma identificação que levantou suspeitas dos PMs, e ao ser questionado acabou confessando que utilizada o documento falso porque era foragido da justiça.

Os Policiais Militares estiveram ainda na sede do pesqueiro onde encontraram o quarto homem, de 28 anos.

Na casa do pesqueiro que o grupo ocupava foram encontrados 5 aparelhos celulares com mensagens sobre o tráfico de drogas, e ainda de ter drogas enterradas na propriedade.

Sobre este fato, um dos homens abordados acabou por informar local onde as drogas estavam enterradas, levando a equipe policial até um cafezal ao lado da casa, entregando à equipe policial 1 Tijolo de Maconha e 1 Tijolo de Crack que estavam em baixo de um pé de café no meio a algumas folhas.

Enquanto os PMS desenvolviam o trabalho, chegou ao local um homem que dirigia um Fiat de placa DQK 1902 que apresentou uma CNH  falsa que foi logo percebida pelos policiais. O homem então afirmou ser A.R.B., 29 anos, e que utilizada o documento falso pois estava procurado pela justiça.

Como um dos envolvidos citou sua companheira, os PMS também fizeram digilências na casa indicada no Jardim Recanto do Jaguari, local onde localizaram e apreenderam um celular, 104 Pedras de Crack já embaladas separadamente e pronta para venda sobre um rack no quarto do casal, e dentro do guarda-roupas uma balança de precisão, e ainda 2 pinos de Cocaína que estavam sobre uma mesa num dos quartos.

CACHORRA “BABI”

Diante dos fatos que havia droga escondida no meio do cafezal, e nas mensagens dos celulares referência a drogas enterradas na propriedade, foi solicitado apoio ao Canil da GCM de Mogi Guaçu, e compareceu no pesqueiro o GCM Fernando e a Cachorra “Babi” para realizar uma vistoria na plantação.

“Babi” então localizou 1 pedra bruta de  Crack e 1 porção grande de Cocaína.

Todos os envolvidos na ocorrência foram encaminhados ao plantão policial onde a autoridade policial ratificou a voz de Prisão em Flagrante Delito em desfavor dos infratores da lei pelos Crimes de Tráfico de Drogas e Associação ao Tráfico e de Uso de Documento Falso e Captura de Procurado. Todos foram recolhidos à Cadeia Pública à disposição da Justiça.

Piracema tem início no dia 1º de novembro. Pesca fica restrita para garantir a desova dos peixes

Nesta semana equipes do Policiamento Ambiental da região de Piracicaba, Brotas, Rio Claro, Pirassununga, Mogi Guaçu, São Joao da Boa vista, Casa Branca e São José do Rio Pardo e demais municípios participara de um Treinamentos de Fiscalização para Início da Operação Piracema que ocorre nesta sexta-feira, dia 1º de novembro e se estende até 28 de fevereiro.

Neste período ocorre a restrição da pesca amadora e profissional na Bacia Hidrográfica do Rio Paraná com a finalidade de garantir a perpetuação das espécies e a renovação dos estoques pesqueiros.

A restrição é caracterizada pela proibição da captura, transporte, transporte e armazenamento de espécies nativas da Bacia Hidrográfica do Rio Paraná. Na nossa região estas espécies são: corimba, piau, traíra, barbado, entre outros. Espécies que não são provenientes da Bacia do Paraná como por exemplo, corvina, tilápia, tucunaré, zoiudo, carpa, sendo permitida a pesca na quantidade máxima de 10 quilos por pescador amador.

Durante a piracema é permitida a pesca utilizando iscas de peixes vivos, desde que oriundo de criações e acompanhados de nota fiscal ou nota do produtor.

Assaltou quitanda com moto furtada e não pagou conta em motel

(Foto ilustrativa)

 

Nesta terça-feira, dia 15, um assalto foi comunicado à Polícia Militar. A informação era de que um homem entrou numa quitanda localizada na Avenida Izete Correa Fontão, no Jardim das Flores, subjugou as vítimas dizendo que estava armado, para então roubar R$ 100,00 em dinheiro. O suspeito deixou o local pilotando uma motocicleta e usava um capacete de cor branca.

Logo após a comunicação deste roubo, a Polícia Militar foi fazer uma averiguação no Motel Yes, onde foi informada que o suspeito estava num dos quartos. O Cabo Carlos e o PM Sassaron então solicitaram apoio de outras viaturas, o estabelecimento foi cercado, e quando os Policiais Militares entraram no motel encontraram o suspeito na garagem da suite 12 já sob uma motocicleta. O homem tentou fugir, mas foi contido e algemado. Em seguida recebeu voz de prisão pelo roubo, pois acabou confessando o crime, bem como outros delitos cometidos em comércios locais.

Quando os PMs verificaram a motocicleta que o homem de 40 anos utilizava, constatou que o veiculo era produto de furto por Poços de Caldas conforme registro de boletim de ocorrência. A polícia de Poços de Caldas informou ainda que o homem, devido os vários crimes cometidos naquela cidade, tinha contra ele um Mandado de Prisão em aberto.

O representante do Motel Snob´s informu que no dia 11 de outubro, o homem se hospedou no estabelecimento, consumiu R$ 250,00 e saiu sem pagar as despesas. Encaminhado à delegacia de polícia, A.C.B. foi autuado em flagrante e encaminhado à Cadeia Pública. A moto, capacete e roupas utilizadas durante os crimes foram apreendidas.