Qua02202019

Last update04:00:19 PM

 


Back Você está aqui: Home Polícia

PM prende grupo – 2 homens e 3 mulheres - com dinheiro e droga em conjunto habitacional

No início da madrugada desta terça-feira, dia 19 de fevereiro, em conjunto habitacional do Jardim Nova República, a Polícia Militar prendeu em flagrante por tráfico de drogas dois homens e três mulheres. A equipe de Força Tática recebeu informação que o grupo estava num dos apartamentos do Bloco 15, do conjunto habitacional conhecido como “Predinhos do Xingu”, separando e preparando drogas para o comércio ilegal.

 O Sargento Cardoso, o Cabo Bezerra e o PM Dias, todos da Força Tática foram para o local para apurar a denúncia, e solicitaram apoio à Força Patrulha (Aspirante PM Felipe Junior e  Cabo Oliveira), Sargento Alexsandro e PM Cruz, Cabo Mathias e PM Tiengo, Cabo André Oliveira, PM Sassaron e PM Kellem.

Os Policiais Militares entraram no conjunto residencial, local conhecido pelo intenso comércio de drogas, e ao chegar ao Bloco 15 depararam com um jovem de 18 anos, residente na Vila Brasil que descia as escadas. O jovem ao ver os PMs saiu correndo e tirou algo do bolso jogando ao solo. O suspeito foi perseguido e abordado, e constatado que no caminho da fuga, foi localizado uma sacola plástica contendo 103 pedras de Crack, separadas em 4 Kits, 3 com 25 pedras de Crack cada e um com 28 pedras da mesma droga, bem como um tijolo de Maconha contendo aproximadamente 150 gramas.

Os Policiais Militares em prosseguimento a ocorrência foram ao apartamento apontado na denúncia onde foram atendidos por um casal: um homem de 31 anos e uma mulher de 28 anos, responsáveis pelo imóvel. No apartamento estavam ainda outras duas mulheres: uma de 38 anos e outra de 18 anos  

Com a jovem de 18 anos os Policiais Militares apreenderam R$ 1.637,00, uma vez que ela não soube explicar a procedência do dinheiro.

Com a mulher de 38 anos foi apreendido R$ 142,00.

Nas buscas no interior do apartamento, foi localizado em um dos quartos, sobre um colchão, um tijolo de Maconha idêntico ao localizado com o jovem nas escadarias do prédio, pesando aproximadamente 190 gramas. Também foram localizados e apreendidos no apartamento, uma balança de precisão e a quantia de R$ 166,00.

Os dois homens e as três mulheres receberam voz de prisão e foram levadas ao Plantão Policial, onde o Dr. Fabiano Antunes de Almeida, ratificou a voz de prisão em flagrante, autuando todos por Tráfico e Associação ao Tráfico de Drogas, encaminhando-os à Cadeia Pública.

Mulher é presa em flagrante por furto em loja

No final da tarde desta quarta-feira, dia 13 de fevereiro, o Cabo Paulo Henrique e o PM Gabriel, prenderam em flagrante, por furto, uma mulher de 27 anos, residente no Jardim Primavera. Os policiais militares foram acionados por funcionários da loja Lulu Presentes, localizada na Rua Ademar de Barros, que informaram que a suspeita estava no estabelecimento.

Na loja as testemunhas informaram aos PMS que a mulher havia furtado várias bijuterias nas lojas Patricinha e Lulu Presentes. Levada para a Delegacia de Polícia, o delegado de plantão, Dr. Marcos Ferreira do Carmo, após tomar ciência do ocorrido autuou a mulher em flagrante delito pela prática de furto.

 Os objetos furtados na loja Lulu Presentes somaram R$ 734,00 reais e os objetos furtados da loja a Patricinha somaram R$ 93,00 reais. Os objetos furtados foram restituídos às vitimas.

ENCONTRO DE CADAVER

Outra ocorrência desta quarta-feira foi a localização do corpo de um homem na Avenida Dr. Luiz Gambeta Sarmento, por volta das 13h30. O Cabo Mathias e o PM Tiengo foram destacados a averiguar a solicitação de populares, e depararam com um homem caído em uma valeta no final da via em decúbito ventral já sem vida. Foi acionado o SAMU, e a Dra. Patrícia Moreira constatou o óbito, e que o corpo não apresentava marcas de violência. Compareceu também no local as equipes da Polícia Civil e da Polícia Cientifica, e depois do trabalho de praxe o corpo foi liberado e removido pelos funcionários da Funerária do Cobrinha. Diante dos fatos ocorrência apresentada na Central de Polícia Judiciária, onde Autoridade determinou a elaboração do BO versando sobre comunicação de óbito. 

Violência Doméstica: tentativa de atropelamento e foto em residência


No final de semana foram duas as ocorrência de violência doméstica que terminaram com a prisão dos agressores. Uma delas ocorreu em uma casa da rua Andressa Peres Dornellas, no Jardim Yolanda, no dia 8 de fevereiro, pouco depois das 10h00.

O Cabo Bom e o PM Flávio Heleno foram destacados a atender a solicitação, e no local populares disseram que uma briga de casal, o autor, de 45 anos, tentou atropelar sua esposa, de 37 anos.

Os PMS conversaram com o casal, e ambos apresentavam escoriações, e o homem aparentava estar alcoolizado. A ocorrência foi encaminhada à delegacia de polícia, onde o Delegado de Plantão determinou a prisão do autor que foi recolhido na Cadeia Pública.

FOGO NA CASA

A outra ocorrência foi registrada em casa da Rua José Pedro Rabelo, no Jardim Resedás no domingo, dia 10, peto das 8h30.

O Cabo Deylon e o PM Gian Carlos foram ao local e depararam com a casa parcialmente queimada e com vários móveis destruídos.

A dona da casa não estava no imóvel, e os PMS em contato com a mãe dela souberam que a vítima, de 27 anos, havia deixado a residência devido as ameaças de seu ex-companheiro que foi localizado na casa defronte a casa da vítima.

O homem assumiu a autoria do crime, foi levado para a Delegacia de Polícia e preso em flagrante pelo delegado de plantão e encaminhado à Cadeia Pública.

Polícia Ambiental flagra venda de animal exótico na pela internet


A Polícia Ambiental, em decorrência de monitoramento procedido junto as redes sociais, detectou comércio de filhotes de ouriço no facebook, e deu prosseguimento ao refinamento das informações e diligencias. Com o trabalho o Cabo Godoy e o PM Silvério constataram a existência de um animal exótico/híbrido, do gênero Atelerix em uma residência em Cachoeiras de Emas, em Pirassununga.

O animal, de origem argelina, é popularmente conhecido como ouriço pigmeu africano. As pessoas que estavam com o animal não apresentaram qualquer autorização de órgão ambiental,  O ouriço africano não é um animal relacionado em portaria do IBAMA que estabelece os animais exóticos considerados domésticos, e assim foi elaborado um auto de infração no valor de R$ 2.200,00, e o infrator vai responder por crime ambiental. Já o animal, pela total indisponibilidade de locais aptos à sua recepção, foi depositado com  o próprio infrator em caráter provisório até a deliberação do Atendimento Ambiental

Pai e filhos presos por tráfico de drogas


Na noite desta segunda-feira, 28, o Sargento Richard e os Cabos Oliveira e Júlio César, prenderam em flagrante, por tráfico de drogas um homem de 37 anos, e seus dois filhos, um de 18 anos, e o outro adolescente de 15 anos, todos residentes no Bairro do Rosário.

A equipe da Força Tática começou a agir perto das 23h00, assim que recebeu a informação que um homem estava na Praça do Cristo Redentor, na Avenida Oscar Pirajá Martins, havia um homem que estava fazendo uma encomenda de drogas pelo celular. A equipe da PM foi até o local averiguar a informação, e quando chegou perto do local indicado na denúncia, observou  um indivíduo que estava pela Praça e após um breve monitoramento dois indivíduos chegaram ao local outros dois homens, sendo que o mais jovem deles colocou algo que tinha nas mãos entre os arbustos da Praça e em seguida juntamente com o seu acompanhante dirigiu-se até a pessoa que os esperava. Ao perceber a abordagem, o indivíduo fazia contato com alguém pelo celular fugiu.

Os Policiais Militares conseguiram abordar a dupla, e verificou que tratava-se de pai e filho de 18 anos. Os PMs e, seguida verificaram o arbusto da praça e encontraram um pequeno invólucro de plástico amarelo com dez porções de Cocaína, embaladas separadamente em plásticos de cor amarela.

O Sargento Richard e os Cabos Oliveira e Júlio César já tinham conhecimento de várias denúncias contra o homem de 37 anos e seus familiares sobre pratica de tráfico de drogas e que conforme as informações o local utilizado para esconderem as drogas para a venda era a linha férrea que passa no final da Rua Américo Brasiliense, foram para este segundo local. E lá surpreenderam o outro filho do homem, um jovem de 15 anos, que a notar a aproximação dos policiais tentou se evadir, mas foi prontamente detido. Indagado sobre o que fazia pela linha férrea logo confessou que estava praticando o tráfico de drogas e apontou dois locais onde guardava os entorpecentes.

Os PMs então localizaram mais quatro porções de Cocaína, duas porções de Crack e sob um monte de capim seco havia mais 21 porções de Maconha, tudo embalado em plásticos separadamente, prontos para a venda.

Pai e seus dois filhos receberam voz de prisão e foram levados para o plantão policial, onde o Dr. Antonio Carlos Gonzalez determinou a prisão do pai e do filho de 18 anos, e liberou o garoto de 15 anos à sua genitora mediante termo de compromisso de apresentá-lo à Justiça no dia e hora determinado.