Seg02172020

Last update12:11:11 PM

 


Back Você está aqui: Home Polícia Polícia Militar flagra adolescentes no tráfico de drogas

Polícia Militar flagra adolescentes no tráfico de drogas

Jovens atuando no tráfico de drogas não é mais novidade, mas uma realidade triste, e nesta quinta-feira, dia 14, mais duas ocorrências envolvendo adolescentes no tráfico foram registradas. A primeira dela aconteceu perto das 16h00 na rua Sebastião Camargo, no Jardim Crepúsculo, próximo ao Condomínio Professor Cavalcanti. O Sargento Richard, o Cabo Oliveira e o PM Gabriel ao se aproximarem do local viram dois jovens que saíram correndo assim que perceberam a viatura da polícia. Um dos jovens, de 17 anos, residente em Casa Branca, na tentativa de fuga jogou algo no chão, que constatou-se posteriormente tratar-se de 14 porções de Crack. Com o outro jovem, de 16 anos, foram encontradas 19 pedras de Crack e R$ 210,00, e este confirmou que o dinheiro era proveniente do tráfico de drogas.

A dupla foi encaminhada à Delegacia de Polícia e depois do registro da ocorrência, os menores foram liberados aos seus genitores.

NOVA REPÚBLICA

No início da noite, pouco depois das 18h30, o  Tenente J. Santos, o Aspirante a Oficial Fuzetto, o Cabo Adailton e os PMS Bruno e Turatti, foram até o Condomínio Professor Cavalcanti, localizado no Jardim Nova República, e ao chegarem avistaram um adolescente de 16 anos, residente no Jardim Recanto do Jaguari, vendendo drogas. O jovem tentou fugir, mas foi detido e em seu poder os militares encontraram 23 pedras de Crack, um eppendorf de Cocaína, uma correntinha de prata e a quantia de R$ 380,00 em notas diversas.

O jovem confirmou a prática de tráfico e alegou que a correntinha de prata era um presente de sua mãe. No entanto, na delegacia, a mãe do jovem desmentiu que a correntinha era um presente seu ao filho. Com esta alegação a polícia suspeita que o jovem esteja envolvido em um furto ocorrido dias atrás em uma joalheira.

Depois do registro da ocorrência, apreensão da droga, do dinheiro, da correntinha de prata, o menor foi liberado e entregue a sua mãe.