Seg02172020

Last update12:11:11 PM

 


Back Você está aqui: Home Polícia

Relatório da PM aponta para Carnaval tranqüilo na cidade


Carnaval termina sem muitas ocorrências na cidade. Nesta quarta-feira, dia 6, a Polícia Militar divulgou as ocorrências registradas em São João e em cidades da região, e segundo os dados divulgados a cidade teve uma festa relativamente calma. Na festa dos Blocos, só uma ocorrência divulgada, no  Bloco do Osório, na rua Carlos Kiellander. Depois que o carnaval do bloco terminou, um grupo permaneceu na rua com o som alto ligado. Por volta das 22h20, uma viatura policial esteve no local para atender uma comunicação de perturbação do sossego público. A festa já havia sido encerrada, a viatura permaneceu no local com as luzes ligadas, e o grupo não se dispersou. Em dado momento, alguns indivíduos que estavam em meio da multidão começaram a proferir palavras de baixo calão e instigar as pessoas que por ali estavam contra os policiais militares, sendo que começaram a arremessar garrafas contra os milicianos, que usaram gás pimenta para dispersar e conter os ânimos dos foliões. Na dispersão os PMS conseguiram identificar dois indivíduos que estavam neste grupo que foram abordados e reagiram, sendo necessário o uso de força moderada bem como uso de algemas para contê-los. Na Delegacia, depois de identificados e registrado o Boletim de Ocorrência, os envolvidos foram liberados.

ADOLESCENTE

Na terça-feira, dia 5, por volta das 16h00, o Cabo Mathias e o PM Tiengo abordaram um adolescente de 15 anos no Jardim Primavera, e com ele localizado um frasco com lança perfume. Ao ser indagado, informou que havia comprado de um desconhecido na área central e iria usar no carnaval. O jovem esclareceu que estava na casa do avô que franqueou a casa, e quando os PMS vistoriaram o quarto onde dormia o jovem, encontraram duas armas de fogo sobre o guarda-roupas, dentro de uma caixa de madeira: uma garrucha calibre 36 e uma garrucha cano duplo calibre 22. O menor confirmou que as armas eram suas, foi levado para a Delegacia de Polícia e depois do registro da ocorrência liberado a sua mãe.

ROUBO DE VEÍCULO

Na noite de terça-feira de carnaval foi registrado um roubo de veículo na Vila Brasil. A vítima, de informou que estava parado com seu veiculo no cruzamento das Ruas Eduardo Lopes Castilho com a Rua Santa Maria aguardando a liberação do semáforo, quando dois indivíduos se aproximaram e anunciaram o assalto, exigindo o veiculo, um Fiat/Uno Vivace, cor cinza, placas AYG 3561. A vítima disse ainda que os indivíduos simulavam que estavam armados, pois a todo o momento levavam as mãos sob a camiseta. Assim que o roubo foi divulgado para as viaturas policiais, o Cabo Deylon e SD PM Gian, avistaram o veículo em movimento pela Praça da Vila Brasil e quando os indivíduos avistaram a viatura empreenderam fuga pelas ruas do bairro. Durante breve acompanhamento os indivíduos abandonaram o veículo, se fugiram a pé, adentrando no matagal ainda na Vila Brasil, local conhecido como “Pastão”. Os PMs com apoio de outras viaturas fizeram o cerco no local e conseguiram localizar um dos suspeitos escondido em uma moita alta. Levado para a Delegacia de Policia, o homem de 29 anos foi autuado e permaneceu preso à disposição da justiça.

Idoso encontrado em estado de abandono


 

 

 

Nesta quinta-feira, dia 21, por ocasião da Operação Rodovias mais Seguras, os Policias Ambientais – Sargento Melizi, Cabos Pernuci e Reginaldo - foram averiguar uma denúncia de maus tratos a animais em residência localizada na Rua Dr. Luiz Gambeta Sarmento. Ao chegar ao local, os Policiais Ambientais encontraram a residência em estado de abandono, trancada e sem a presença de moradores. Os policias conseguiram notar a existência de dois cães de porte médio, sem raça definida soltos no quintal, aparentemente sem sinais de maus tratos.

Quando os policiais entraram no quintal para verificar a existência de água e alimentação para os cães, depararam com uma porta semi-aberta e avistaram um idoso debilitado, defecado e urinado, deitado sobre uma cama, num cômodo sujo de aproximadamente dois metros quadrados sem ventilação e cheio de jornais no chão, ou seja, vivendo em ambiente totalmente insalubre. A equipe da Polícia Ambiental apurou ainda que a casa pertence a uma pessoa que não possui nenhum vínculo de parentesco com o idoso, entretanto que ele vive sob seus cuidados.

O Serviço de Assistência Social do Município foi acionado, e vários técnicos compareceram ao local e providenciaram a remoção do idoso para outro local para ser atendido e higienizado.

A ocorrência foi apresentada na Polícia Judiciária para apuração da infração penal por  violação do Estatuto do Idoso.

PM prende grupo – 2 homens e 3 mulheres - com dinheiro e droga em conjunto habitacional

No início da madrugada desta terça-feira, dia 19 de fevereiro, em conjunto habitacional do Jardim Nova República, a Polícia Militar prendeu em flagrante por tráfico de drogas dois homens e três mulheres. A equipe de Força Tática recebeu informação que o grupo estava num dos apartamentos do Bloco 15, do conjunto habitacional conhecido como “Predinhos do Xingu”, separando e preparando drogas para o comércio ilegal.

 O Sargento Cardoso, o Cabo Bezerra e o PM Dias, todos da Força Tática foram para o local para apurar a denúncia, e solicitaram apoio à Força Patrulha (Aspirante PM Felipe Junior e  Cabo Oliveira), Sargento Alexsandro e PM Cruz, Cabo Mathias e PM Tiengo, Cabo André Oliveira, PM Sassaron e PM Kellem.

Os Policiais Militares entraram no conjunto residencial, local conhecido pelo intenso comércio de drogas, e ao chegar ao Bloco 15 depararam com um jovem de 18 anos, residente na Vila Brasil que descia as escadas. O jovem ao ver os PMs saiu correndo e tirou algo do bolso jogando ao solo. O suspeito foi perseguido e abordado, e constatado que no caminho da fuga, foi localizado uma sacola plástica contendo 103 pedras de Crack, separadas em 4 Kits, 3 com 25 pedras de Crack cada e um com 28 pedras da mesma droga, bem como um tijolo de Maconha contendo aproximadamente 150 gramas.

Os Policiais Militares em prosseguimento a ocorrência foram ao apartamento apontado na denúncia onde foram atendidos por um casal: um homem de 31 anos e uma mulher de 28 anos, responsáveis pelo imóvel. No apartamento estavam ainda outras duas mulheres: uma de 38 anos e outra de 18 anos  

Com a jovem de 18 anos os Policiais Militares apreenderam R$ 1.637,00, uma vez que ela não soube explicar a procedência do dinheiro.

Com a mulher de 38 anos foi apreendido R$ 142,00.

Nas buscas no interior do apartamento, foi localizado em um dos quartos, sobre um colchão, um tijolo de Maconha idêntico ao localizado com o jovem nas escadarias do prédio, pesando aproximadamente 190 gramas. Também foram localizados e apreendidos no apartamento, uma balança de precisão e a quantia de R$ 166,00.

Os dois homens e as três mulheres receberam voz de prisão e foram levadas ao Plantão Policial, onde o Dr. Fabiano Antunes de Almeida, ratificou a voz de prisão em flagrante, autuando todos por Tráfico e Associação ao Tráfico de Drogas, encaminhando-os à Cadeia Pública.

Mulher é presa em flagrante por furto em loja

No final da tarde desta quarta-feira, dia 13 de fevereiro, o Cabo Paulo Henrique e o PM Gabriel, prenderam em flagrante, por furto, uma mulher de 27 anos, residente no Jardim Primavera. Os policiais militares foram acionados por funcionários da loja Lulu Presentes, localizada na Rua Ademar de Barros, que informaram que a suspeita estava no estabelecimento.

Na loja as testemunhas informaram aos PMS que a mulher havia furtado várias bijuterias nas lojas Patricinha e Lulu Presentes. Levada para a Delegacia de Polícia, o delegado de plantão, Dr. Marcos Ferreira do Carmo, após tomar ciência do ocorrido autuou a mulher em flagrante delito pela prática de furto.

 Os objetos furtados na loja Lulu Presentes somaram R$ 734,00 reais e os objetos furtados da loja a Patricinha somaram R$ 93,00 reais. Os objetos furtados foram restituídos às vitimas.

ENCONTRO DE CADAVER

Outra ocorrência desta quarta-feira foi a localização do corpo de um homem na Avenida Dr. Luiz Gambeta Sarmento, por volta das 13h30. O Cabo Mathias e o PM Tiengo foram destacados a averiguar a solicitação de populares, e depararam com um homem caído em uma valeta no final da via em decúbito ventral já sem vida. Foi acionado o SAMU, e a Dra. Patrícia Moreira constatou o óbito, e que o corpo não apresentava marcas de violência. Compareceu também no local as equipes da Polícia Civil e da Polícia Cientifica, e depois do trabalho de praxe o corpo foi liberado e removido pelos funcionários da Funerária do Cobrinha. Diante dos fatos ocorrência apresentada na Central de Polícia Judiciária, onde Autoridade determinou a elaboração do BO versando sobre comunicação de óbito. 

Violência Doméstica: tentativa de atropelamento e foto em residência


No final de semana foram duas as ocorrência de violência doméstica que terminaram com a prisão dos agressores. Uma delas ocorreu em uma casa da rua Andressa Peres Dornellas, no Jardim Yolanda, no dia 8 de fevereiro, pouco depois das 10h00.

O Cabo Bom e o PM Flávio Heleno foram destacados a atender a solicitação, e no local populares disseram que uma briga de casal, o autor, de 45 anos, tentou atropelar sua esposa, de 37 anos.

Os PMS conversaram com o casal, e ambos apresentavam escoriações, e o homem aparentava estar alcoolizado. A ocorrência foi encaminhada à delegacia de polícia, onde o Delegado de Plantão determinou a prisão do autor que foi recolhido na Cadeia Pública.

FOGO NA CASA

A outra ocorrência foi registrada em casa da Rua José Pedro Rabelo, no Jardim Resedás no domingo, dia 10, peto das 8h30.

O Cabo Deylon e o PM Gian Carlos foram ao local e depararam com a casa parcialmente queimada e com vários móveis destruídos.

A dona da casa não estava no imóvel, e os PMS em contato com a mãe dela souberam que a vítima, de 27 anos, havia deixado a residência devido as ameaças de seu ex-companheiro que foi localizado na casa defronte a casa da vítima.

O homem assumiu a autoria do crime, foi levado para a Delegacia de Polícia e preso em flagrante pelo delegado de plantão e encaminhado à Cadeia Pública.