Sab01232021

Last update05:45:05 PM

 

Back Você está aqui: Home São João

São João

Prefeita se reúne com Sabesp para solucionar graves problemas do loteamento Guiomar Novaes

  

Ao assumir o mandato, no último dia 1°, Teresinha encontrou inúmeros problemas na Prefeitura, segundo nota da assessoria de comunicação. Um dos mais graves listados é a situação do loteamento Guiomar Novaes II. O empreendimento, anunciado pela antiga administração como um grande benefício na área de habitação popular, na verdade não possui sequer autorização para existir por parte da Sabesp.

As 500 casas projetadas no local, por enquanto, só existem no papel e há diversos problemas. Além de o primeiro sorteio, realizado na administração passada, ter sido cancelado em razão de diversas duplicidades de nomes de participantes descobertas pelas partes interessadas, existem outras incongruências apontadas pela Sabesp, descreve o comunicad.

“Quando assumimos a gestão, não sabíamos que este loteamento não tinha sido aprovado e que havia pendências junto à Sabesp, o que vai demandar um esforço muitíssimo maior do que imaginávamos para que tudo seja regularizado”, afirmou Julia Mourão, diretora de Habitação.

Em uma longa reunião, ocorrida durante toda a tarde de quarta-feira (20), representantes da Sabesp explanaram ponto a ponto as irregularidades que inviabilizam o empreendimento. Jean da Silva Manoel, gerente da divisão da estatal em São João, e João Fernando Lucas Costa, gerente do setor técnico e de operação na cidade, entregaram à prefeita a cópia de um parecer técnico expedido em 14 de dezembro passado.

Nele, a Sabesp afirma: “Após análise dos projetos do Sistema de Abastecimento de Água e Esgotos Sanitários do empreendimento em pauta (o Loteamento Guiomar Novaes II), informamos que os mesmos não estão em condições de aprovação”. Na sequência, o documento elenca 47 exigências técnicas não cumpridas, sendo 21 relativas ao Sistema de Abastecimento de Água e outros 26 referentes ao Sistema de Esgoto Sanitário.

“A região em que se encontra o loteamento está no limite de abastecimento pela estrutura existente e o número de ligações na região do Maestro Mourão apresentaria risco de falta d’água caso os imóveis fossem construídos conforme o projeto atual”, observou Jean da Silva Manoel.

O gerente da divisão sanjoanense ainda informou que a Sabesp tem um estudo com o plano de abastecimento da cidade detalhado, feito entre os anos de 2013 e 2014, algo que já era de conhecimento da antiga administração municipal.

“Fomos surpreendidos por estas informações e agora sabemos que, para que o loteamento seja autorizado e, de fato, passe a existir, será necessário que a empresa responsável pela execução da obra cumpra as obrigações discriminadas no parecer da Sabesp. Além disso, não podemos aceitar que o sistema de abastecimento daquela região entre em colapso, atingindo, além de residências, escolas e unidades de saúde, que sofreriam falta d’água”, disse a prefeita Teresinha.

ASSSOCIAÇÃO COMERCIAL TEM NOVA DIRETORIA


Na noite desta quarta-feira, 20, a nova diretoria da Associação Comercial e Empresarial tomou posse de forma remota para o biênio 2021-2022. A nova diretoria da Associação Comercial é composta por Luis Fernando de Melo (presidente -Aladim Auto Peças); Cândido Alex Pandini (1º Vice-presidente-Opção Informática); Antonio Baesso Junior ( 2º Vice-presidente- Escritório Contábil Baesso); Celso Monteiro de Gênova (1º Secretário-Balanças Gênova); Edvaldo Guezim de Lima(2º Secretário-Baratão da Construção); José Alexandre Sassarão(1º Tesoureiro - Sassarão Representação Comercial) e Flavio Zaparoli Quiles(2º Tesoureiro-Auto Mecânica e Peças Brasília).

Os empossados foram eleitos por aclamação, pois pertenciam a única chapa inscrita para o pleito, que foi realizado no mês de janeiro. A aclamação foi feita pelo Conselho Deliberativo da entidade, presidido pelo empresário, Marcelo Telles Belini,  que analisou se a chapa atendia aos requisitos exigidos pelo Estatuto Social.

Também  tomou posse o novo conselho consultivo  formado por Marcelo Telles Bellini (People Tech and English); Marcos Cesar Castilho(RitmoSP); Graziela Arruda Pio( Hope São João); Raquel Faria Fonseca da Silveira(Ótica Boa Vista); Leonice Aparecida dos Santos Domingos (Conversão Modas); Cristoph Wilhelm Von Gossler(Relojoaria Rubi); Carlos Roberto Vanzela (Depósito Vanzela); Vera Lucia Sassaron Pandini(Opção Informática); Jesus Rafael dos Santos(Vidraçaria Tropical); Marco Aurélio Ferreira(Unifae) e Fernando Jorge Nagib(Colégio São João).

Teresinha visita Unidades de Saúde e acompanha atendimentos no Centro Covid

A prefeita Teresinha dedicou a semana para visitar algumas Unidades Básicas de Saúde, a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e o Centro Covid. Ela decidiu apurar diversas demandas recebidas pela ouvidoria, além de reclamações de munícipes feitas nas próprias unidades.

O primeiro local a receber a prefeita foi o Centro Covid. Lá, Teresinha se reuniu com Vânia Moraes Bordão (Coordenadora Administrativa da UPA e do Centro Covid) e com Daniela Marques (Enfermeira Responsável-técnica pelo Centro Covid). “Fiz questão de acompanhar o atendimento do Centro Covid para me certificar dos procedimentos e, principalmente, para ouvir a população. Quis saber, em detalhes, como as pessoas estão sendo tratadas, o tempo de espera e também as demandas dos profissionais que trabalham no local”, disse a prefeita, que falou sobre o tema em uma live transmitida em sua rede social.

Na UPA, Teresinha passou por todos os consultórios e demais repartições, falou com os servidores que estavam de plantão e tomou conhecimento de diversas reivindicações que entrarão na pauta da Prefeitura para serem solucionadas.

UNIDADES BÁSICAS

Outras visitas ocorreram nas Unidades Básicas de Saúde dos bairros Jardim dos Ypês e Jardim das Azaléias. Na primeira delas, Teresinha foi recebida pelas enfermeiras Patrícia Camilo (chefe da Equipe 1) e Nathalia Honório Menato (chefe da Equipe 2). Na segunda UBS, se reuniu com os enfermeiros Fernando Clemente, Camila Garcia Penha, Gisella Anacleto e Renata Ribeiro.

Em ambos os casos, tanto pacientes quanto servidores apresentaram solicitações de obras, pedidos de medicamentos e de melhorias em geral. “Nossa nova gestão chega com a proposta de ouvir os servidores e a população para encontrarmos soluções para estes problemas que não estavam recebendo a devida atenção”, observou Teresinha.

SAÚDE DIVULGA BOLETIM EIDEMIOLÓGICO DA COVID-19 EM 2020

Nesta semana o Departamento Municipal de Saúde divulgou um Boletim Epidemiológico sobre a pandemia e sua evolução no ano de 2020 em São João da Boa Vista. O documento mostra a evolução da doença até 30 de dezembro de 2020 e aponta até esta data um total de 1710 casos suspeitos registrados com 32 óbitos por Covid-19 e outras 3 mortes por outras causas com presença de Covid-19.

Dos 1710 casos positivos confirmados em 2020, apenas 31 notificações foram de pacientes contaminados em outras localidades.

O boletim também mostra que dos 1710 casos positivos do ano passado, a maioria dos pacientes eram mulheres (946) e a maior faixa etária entre os infectados foi de pacientes entre 20 e 39 anos (653).

Casos de Covid-19 foram também registrados em crianças e adolescentes: 6 em crianças com menos de 1 ano; 76 casos entre crianças de 1 a 9 anos; 126 casos de pacientes entre 10 e 19 anos.

Outro dado do documento foi a infecção entre os profissionais de saúde entre os 1.710 casos notificados: 8%.

ÓBITOS

O levantamento aponta o que já se sabe sobre esta nova doença: ela é mais letal em pacientes idosos. Dos 32 óbitos registrados no ano passado, 17 foram mulheres e 15 homens. A Covid-19 matou mais pacientes na faixa etária entre 60/79 anos: foram 15 óbitos. Os outros óbitos foram nas seguintes faixas etárias:

- uma morte em paciente entre 20/39 anos;

- 8 mortes em pacientes entre 40/59 anos;

- 8 mortes em pacientes com mais de 80 anos.

Já nos 3 casos de óbitos por outras causas, mas com presença de Covid-19, um paciente era da faixa etária de 40/59 anos, e outros dois da faixa etária entre 60/79 anos.

EVOLUÇÃO DA PANDEMIA

O boletim mostra também os casos notificados e as mortes por Covid-10 entre março e dezembro de 2020.

O mês com maior número de notificações foi dezembro: 499 casos.

O mês de setembro foi o maior em número de mortes: 7. Dezembro foi o segundo com mais óbitos: 6.

Veja a evolução da pandemia:

MARÇO –     9 casos positivos

ABRIL-           17 positivos   1 óbito

MAIO -           38 positivos   4 óbitos

JUNHO -       49 positivos   1 óbito

JULHO -        145 positivos2 óbitos

AGOSTO -    302 positivos4 óbitos

SETEMBRO 253 positivos7 óbitos

OUTUBRO 236 positivos4 óbitos

NOVEMBRO 162 positivos           4 óbitos

DEZEMBR - 499 positivos6 óbitos

CASOS POR BAIRROS

De março a dezembro de 2020, o centro da cidade foi a região com maior incidência de casos positivos por Covid-19 em São João da Boa Vista segundo o relatório oficial: 103 casos.

Veja o resultado do estudo:

CENTRO                   103

VILA NS FÁTIMA     70

JD DOS IPÊS           64

VILA BRASIL           53

JD D. NICOLAU       50

VILA VALENTIM      49

ZONA RURAL         46

REC. JAGUARI       35

JD N REPÚBLICA  34

COL MANTIQUEIRA 34

LUCAS TEIXEIRA   33

SANTO ANDRÉ      29

VILA CONRADO     27

REC. DO LAGO       26

JD LEONOR             26

JD FLEMING            26

SOL. MANTIQUEIRA 25

JD MAGALHÃES    25

NOVA S. JOÃO        25

SÃO LÁZARO          24

REC. DO BOSQUE 24

RIVIERA DE SJ       24

JD PRIIMAVERA     23

JD DAS TULIPAS    22

ROSÁRIO                 21

REC. PÁSSAROS  21

PQ DAS NAÇÕES  20

JD SANTA CLARA20

Prefeitura instala placas de sinalização por zoneamento


A Prefeitura de São João da Boa Vista iniciou a instalação de 96 placas de sinalização permitindo, desta forma, a localização de bairros, órgãos públicos e privados, instituições e pontos turísticos, por meio de zoneamento urbano (norte, sul, leste e oeste, e região central). A instalação envolve, ao todo, 96 placas de alumínio, no formato bandeira, confeccionadas com dimensões de 2,50 por 1, 20. Os acessórios estão sendo fixados em postes com altura de 5,50 metros, para que motoristas, pedestres e visitantes saibam por onde proceder o deslocamento.    

Diante do desenvolvimento da cidade, nos últimos anos, estudos apontaram para a necessidade deste tipo de mapeamento que definisse a cidade por zonas. Para a implantação do projeto, a Prefeitura liberou dos cofres públicos municipais a quantia de R$ 365.528,55.

Definição por zoneamento

Para situar a zona norte de São João, por exemplo, as placas dão como referência o Instituto Federal, Sesi, Maestro Mourão, Pratinha, Recanto dos Pássaros, Vila Valentim, entre outros bairros adjacentes, incluindo a Estrada Serra da Paulista.

Do outro lado da cidade, na parte alta, a zona sul engloba DER, Vila Brasil, Jardim Ipê e Parque dos Resedás. Já a zona oeste inclui a região do Durval Nicolau, Novo Horizonte, Nossa Senhora de Fátima, novo Pátio Centralizador de Serviços da Prefeitura e adjacências.

A região do novo Fórum, Unifeob/campus 2, Terras de São José, condomínio Morro Azul, Colinas da Mantiqueira e demais bairros vizinhos está definida como zona leste de São João.  

Paço Municipal, Câmara de Vereadores, Avenida Dona Gertrudes, Diretoria Regional de Saúde, Senac, e Theatro Municipal ocupam a região central da cidade. 

Campanha de Natal da Sicredi arrecada 51 toneladas de donativos

(Foto Engenho da Notícia)

 

Com o foco no combate a fome, a campanha ‘Árvore Solidária’ arrecadou 51 toneladas de alimentos que ajudarão entidades assistenciais e famílias carentes presentes nos municípios das regiões Centro (19,4 ton.) e Centro Leste Paulista (31,5 ton.) durante a mobilização de 2020.

Pelo 10º ano, a instituição financeira cooperativa realiza a ação no período Campanha natalino e vai ao encontro dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs), Pacto Global (Global Compact) da Organização das Nações Unidas (ONU) ao qual é signatária.

E como em anos anteriores, Mogi Guaçu (SP) teve a agência com maior destaque em arrecadação nas regiões Centro e Centro Leste Paulista pelo 4º ano consecutivo. Foram 13 toneladas de alimentos angariados no período da campanha e que foram destinados a 21 entidades assistenciais do município. 

Em São João da Boa Vista, as três agências – Mantiqueira, Unimed e Centro – arrecadaram, juntas, em torno de 2.200 kg de donativos, sendo a maior parte em alimentos, mas também brinquedos, entre outros produtos. Separadamente, apenas a agência Mantiqueira arrecadou cerca 1.200 kg. O restante foi angariado nas outras duas unidades.

Em 2020, a campanha Árvore Solidária recolheu e doou as toneladas de alimentos no Natal com a mobilização de 110 agências da Sicredi União PR/SP presentes nos municípios das quatro regiões de atuação da instituição financeira cooperativa – Norte e Noroeste do Paraná e Centro e Centro Leste Paulista.

Prefeitura adquire equipamentos de informática para toda a rede municipal

Chromebooks e notebooks foram comprados com recursos do município

A Prefeitura de São João da Boa Vista começou a distribuir na terça-feira, 15 de dezembro, 500 chromebooks e 500 notebooks adquiridos com recursos próprios para equipar todas as 34 escolas da rede municipal.

O prefeito Vanderlei Borges de Carvalho acompanhou pessoalmente parte da operação de distribuição. Uma das visitas ocorreu na Escola Municipal de Ensino Básico (EMEB) Antonio dos Santos Cabral, localizada no Parque dos Resedás.

“Nós estamos dotando todas as escolas com chromebooks e notebooks, já visando as aulas do ano que vem. Em caso de não voltar as aulas presenciais [por causa da pandemia], os equipamentos vão facilitar as atividades para os professores darem aula a distância”, disse o prefeito Vanderlei.

A diretora do Departamento de Educação, Maria Helena Angelini Santana, afirmou que os computadores estão sendo direcionados ao ensino fundamental (1º ao 5º ano) para serem utilizados como laboratórios móveis. A proposta é facilitar o desenvolvimento das atividades.

“Os materiais serão levados em um carrinho para a sala de aula, sem a necessidade de deslocamento para os laboratórios de informática. Com os chromebooks, será possível atender todos os alunos de uma só vez, porque o carrinho irá de classe em classe”, explicou a diretora.

Responsável pelo Departamento de Tecnologia da Informação (TI), o diretor Luiz Carlos Zambon disse que “cada escola está recebendo, ao todo, 26 chromebooks e de acordo com a quantidade de professores vão ser entregues os notebooks”.

Livro digital

Além dos chromebooks e notebooks, a Prefeitura está fornecendo o material didático curricular “Inventura”, que é um recurso do Programa de Educação 4.0 do Brasil, em formato de livro, que ajuda os alunos do ensino fundamental no uso de novas habilidades, criatividade, raciocínio lógico, comunicação e trabalho e trabalho em equipe

De acordo com a assistente pedagógica Elisabeth Massuia da Costa Cruz, o programa busca inserir os estudantes no mundo digital, utilizando como ponto de partida a linguagem de programação.

“Os professores dos 4º e 5º anos e os monitores de informática da rede, receberão capacitação para trabalhar com o material nas aulas, utilizando o laboratório móvel e o BBC micro:bit, uma pequena placa de programação que inspira a criatividade digital], que vem junto com livro dos estudantes”, destacou.

A cada aula as crianças poderão programar os recursos para que sejam executadas diferentes funções: escrita do nome, jogos digitais, entre outras atividades de programação de forma lúdica e divertida.

Ministro do Meio Ambiente recebe professor da Unifeob

Um almoço com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, representantes do agronegócio, autoridades municipais e público limitado foi realizado na Fazenda São Francisco, na rodovia SP-342, na manhã de segunda-feira (14). O professor da Unifeob, Plínio Aiub, foi convidado pelo ex-aluno de Medicina Veterinária da Unifeob, Adriano Vaz de Lima, do setor de agronegócio, a comparecer devido a sua atuação e papel de liderança nas buscas ativas a animais feridos durante os incêndios que assolaram a Serra da Paulista e Águas da Prata.

A oportunidade foi propícia para Plínio apresentar ao ministro Ricardo Salles um projeto para a construção de um Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS). “Ele foi bastante solícito com todo mundo, atendeu a todos. Conversei rapidamente, ele quis saber sobre a atuação da Unifeob no incêndio e contei também sobre os planos para implantar o centro de reabilitação em São João”, relata o professor Plínio. “O ministro estava muito aberto a conversar e me colocou em contato com sua equipe. Foi bem produtivo, demos um salto enorme em relação a este projeto. Ao meu ver, está muito perto de acontecer agora”.

Certificado

Em novembro, o professor Plínio Aiub também recebeu um certificado da Secretaria da Segurança Pública (SSP) e da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PM-SP) pela atuação nos incêndios. Durante o evento, comunicou-se que foi um acidente ambiental sem precedentes no Estado de São Paulo e cerca de 150 voluntários colaboraram efetivamente, tanto na ação direta contra o fogo, quanto em benefício dos animais.

Tiro de Guerra com novo Chefe de Instrução

O Tiro de Guerra (TG) 02/036 de São João da Boa Vista tem um novo chefe de instrução. Trata-se do 1º sargento Luiz Gustavo Deon Muniz, 37, natural de Limeira (SP). Na manhã desta sexta-feira, 11 de dezembro, o prefeito Vanderlei Borges de Carvalho – diretor da instituição militar - recebeu o novo comandante em ato realizado no Salão Nobre do Executivo.  

Da arma de Artilharia, do Exército Brasileiro, o 1º sargento Deon, como é identificado, chega a São João vindo de Itu (SP), após ser transferido do 2º Grupo de Artilharia de Campanha Leve (GACL).

“A expectativa é alta e venho muito motivado para trabalhar. A gente tem informações de que a cidade é muito bem estruturada e o apoio da Prefeitura para o Tiro de Guerra é muito forte”, disse Deon.

Durante o encontro no Paço Municipal, o prefeito Vanderlei deu boas-vindas ao novo comandante e parabenizou o trabalho realizado pelo antecessor, o 1º sargento André Yasushi Kondo, que deixa São João após dois anos para atuar em Fortaleza (CE).

“Quero agradecer a parceria e desejar boa sorte aos dois sargentos em suas novas funções”, afirmou Vanderlei.

Com 104 anos de história, o Tiro de Guerra de São João está localizado à Avenida Rodrigues Alves, no bairro Rosário. Em 2021, o efetivo continuará com a participação de 50 atiradores. A próxima seleção está programada para janeiro, com previsão de início das atividades em março.