Dom07152018

Last update03:25:46 PM

 


Back Você está aqui: Home São João Prefeitura doa áreas no Distrito Industrial para seis novas empresas

São João

Prefeitura doa áreas no Distrito Industrial para seis novas empresas


Seis empresas que atuam em diferentes ramos de atividades estão prontas para iniciar a construção de galpões no Distrito Industrial de São João da Boa Vista e gerar novos empregos.

Os contratos que permitem a Prefeitura doar áreas para a expansão das empresas foram assinados na manhã destaquinta-feira, 5, no Salão Nobre do Executivo, pelo Prefeito Vanderlei Borges de Carvalho. 

O ato de assinatura contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, Gérson Araújo; vereadores e a chefe da Assessoria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Amélia Queiroz. 

Com os lotes recebidos, os empresários têm a oportunidade de aumentar a linha de produção em terreno apropriado e ofertar quase 100 novas vagas de emprego em São Joao. 

Assinados os contratos, o prazo é de seis meses para o início das obras de edificação dos galpões e dois anos para que os empreendimentos sejam devidamente estabelecidos no Distrito Industrial.

A empresa Doces Tassone, de Benedito Tassone, atuante no ramo alimentício, iniciará as obras numa área de 2.922,46 m². No ramo de embalagens, a Comércio de Embalagens Plásticas Poveda Ltda., dirigida por Fernando Poveda, irá construir o galpão no lote doado de 1.452,33 m².

Outra beneficiada é a MV Doces Silveira, sob a direção de Maria Valdevina do Lago Silveira. Para construir no Distrito, a empresa recebeu uma área de 2.900 m². A Lubtoll Produtos Químicos Industriais, de Diego Visconde, foi beneficiada um lote de 8.179,83 m².

Fabricante de plásticos e reciclagem, a Plaston Termoplástico, de Pirassununga (SP), é outra que se instalará no Distrito Industrial. O representante da empresa, Wellington Zanetti,terá a oportunidade de construir um galpão numa área de 11.975,30 m.

Especializada no mercado de reparação mecânica, a empresa Sérgio Antonio Benedeti aumentará a linha de produção num terreno de 2.476,17 m².

Um dos grandes objetivos da administração municipal é a geração de empregos. Durante o ato de assinatura, o Prefeito Vanderlei desejou sucesso aos empresários, porém afirmou que os contratos devem ser cumpridos de maneira rigorosa. 

“Vocês têm seis meses para começar a construir e dois anos para terminar as obras dos galpões. Há muitas empresas [que querem se instalar no Distrito Industrial] que vão ajudar a fiscalizar, porque vocês estão recebendo recursos públicos. Os processos que estão sendo assinados aquihojeforam avaliados e aprovados pela Câmara Municipal e CMD,” explica Vanderlei. 

Mesmo com o recebimento dos lotes, as empresas seguem sendo acompanhadas e orientadas pela Assessoria de Desenvolvimento Econômico. Ao fim das obras, estando de acordo com o contrato, os empresários recebem a escritura definitiva.