São João

Alunos escolhidos para representar São João na 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa

Na foto, a comissão que avaliou os trabalhos

Os textos produzidos por alunos de escolas públicas de São João da Boa Vista para a disputa da 6ª edição da Olimpíada Estadual de Língua Portuguesa foram selecionados por uma comissão julgadora, formada por membros da Academia de Letras de São João e Departamento de Educação. Os três  trabalhos escolhidos foram nas categorias poema, memórias literárias e crônica. 

Na categoria poema, o texto intitulado “Bairro Alegre”, produzido pelo aluno João Pedro Ultado, da Escola Municipal de Ensino Básico (EMEB) José Inácio Diniz, foi o escolhido. A professora Norma Sueli Montejane contribuiu com o desenvolvimento do trabalho. 

“Memórias Literárias: A Vida de uma Pessoa Especial”, elaborado por Beatriz de Oliveira Pires, aluna da Escola Estadual Isaura Teixeira de Vasconcellos, convenceu os jurados na categoria memórias literárias. O professor Anderson Miguel Moreno ajudou na orientação do material. 

A comissão julgadora ainda escolheu o texto “O Lugar Onde eu Vivo”, escrito por Elidhianne Gabryelle Mauch, na categoria crônica. A estudante da Escola Estadual José Nogueira de Barros contou com o apoio da professora Fabiana Modena Moreira.

Olimpíada

A Olimpíada de Língua Portuguesa, que este ano acontece de26 de setembroa11 de outubro, realiza ações de formação para professores e o concurso de produção de textos para alunos de escolas públicas do país para valorizar a interação de crianças e jovens.

A iniciativa é do Ministério da Educação e Itaú Social, com a coordenação técnica doCentro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (CENPEC). 

Etapa Municipal

Entre os mesesde fevereiroe abril deste ano, o Departamento de Educação aderiu ao concurso e indicou a assistente pedagógica Elisabeth Massuia Cruz para ser a representante municipal.

A partir da indicação, professores dos 5º anos de escolas municipais e estaduais de São João realizaram, no período de 12 a19 de agosto, oficinas referentes ao concurso. Em seguida, cada unidade escolar participante organizou sua comissão julgadora para selecionar e enviar as produções à etapa municipal.

A seleção aconteceu na sede do Departamento de Educação. Na oportunidade, membros da comissão julgadora tiveram acesso aos textos, porém, sem qualquer tipo de indicação de autoria ou unidade escolar.

A Comissão Julgadora foi formada por: Andreza de Fatima Francisco Zacareli e Elenice Nogueira Gonçalves (supervisoras de ensino); Janaina Diniz Vieira Costa (coordenadora pedagógica); Beatriz Virgínia Camarinha Castilho Pinto, Clineida Andrade Junqueira Jacomini, João Batista Gregório, Lauro Augusto Bittencourt Borges, Maria José Gargantini Moreira da Silva, Silvia Tereza Ferrante Marcos de Lima (Acadêmicos).