Qui04022020

Last update02:09:42 PM

 


Back Você está aqui: Home São João Usina de Asfalto da Prefeitura começa a operar em São João

São João

Usina de Asfalto da Prefeitura começa a operar em São João

Proposta é agilizar serviços de recapeamento e tapa buracos, e economizar dinheiro público

A movimentação de caminhões saindo do novo Pátio Centralizador de Serviços transportando massa asfáltica desde a última terça-feira, 10 de março, mostra que a Usina de Asfalto da Prefeitura de São João da Boa Vista entrou em funcionamento.  

A primeira carga produzida pelo maquinário foi aplicada por funcionários do Departamento de Serviços, Obras e Infraestrutura numa operação de tapa buraco no Jardim Europa.

Na sequência, a Prefeitura deu início ao recapeamento em toda a extensão da Avenida Pedro Rezende Lopes, importante via pública que liga a Vila Valentim à região central da cidade.  

Planejada para produzir 20 toneladas de massa asfáltica por hora, a usina ocupa uma área de 4 mil². Tanques para armazenamento de matéria prima e combustível, rampas, depósitos de brita e área para manobras de caminhões integram a estrutura.  

A proposta é fazer com que os serviços aconteçam de forma mais ágil e gere economia de dinheiro público para o município. Antes, todo o material asfáltico era produzido por meio de uma empresa contratada de Mogi Guaçu.

“O foco principal da economia é o poder decisão em mãos. Conseguir operar em qualquer dia e em qualquer horário sem demandar transporte para buscar massa e ficar com a nossa equipe esperando no campo de serviço, sem saber se a massa está na estrada [vindo] ou não”, explica o engenheiro Júlio Luís de Almeida Lino, diretor do Departamento de Gestão e Planejamento Urbano. 

Nestes primeiros dias, a usina funcionou em fase de teste. Na próxima semana, os trabalhos começam a ser executados de forma mais intensa com base na produtividade diária.

“É uma usina pequena, compacta, mas para a demanda da Prefeitura é grande. A gente vai conseguir, trabalhando seis horas por dia, ter a quantidade de 120 toneladas o que é o suficiente para o Departamento de Obras executar os serviços no dia a dia”, garante.

Treinamento

Antes de entrar em operação, servidores da Prefeitura participaram de uma capacitação ministrada por um profissional especializado em usinagem asfáltica. As orientações foram transmitidas num total de 40 horas de aulas teóricas.  Ao final, os servidores receberam o certificado de capacitação.

“Conforme a gente foi fazendo a montagem do equipamento, o pessoal acompanhou as partes de instalação, calibração, distribuição dos materiais, abastecimento dos tanques de asfalto e combustível. Eles [servidores] já estão fazendo o controle de qualidade da massa asfáltica”, explica o técnico responsável pelo treinamento, João Ferreira.

Cronograma asfáltico

Segundo o diretor de Obras da Prefeitura, Wagner Wanderley Bedin (Tapico), a Usina de Asfalto vai contribuir com a execução dos trabalhos de tapa buraco e recapeamento na cidade. Após o recapeamento da Avenida Pedro Rezende Lopes, na Vila Valentim, o maquinário será deslocado à rua Capitão José Jacinto de Andrade, no bairro Rosário.

O cronograma de melhorias no asfalto de São João inclui ainda Jardim Primavera e Jardim das Flores. Em ambos os bairros o recapeamento está previsto para ser realizado tanto pela Prefeitura quanto por uma empresa contratada.

“Vamos fazer depois algumas ruas do Jardim Ipê e Jardim Industrial. Aí, eu irei conversar com o Prefeito Vanderlei para ver as prioridades e necessidades dos outros bairros da cidade. Pelo que eu vi, a qualidade da massa produzida na usina é excelente. O pessoal está gostando”, destaca o diretor Tapico.