Dom03292020

Last update04:44:26 PM

 


Back Você está aqui: Home Variedades Marca de moda social produzida com tecido africano tem parte do lucro destinado a países do continente

Variedades

Marca de moda social produzida com tecido africano tem parte do lucro destinado a países do continente

30% do que é recebido com a venda das peças Usoma é destinado para capacitação em moda de homens e mulheres na região do Dondo, entre outras.

Apesar da discussão socioeconômica que toma conta de muitos países, inclusive o Brasil, outras nacionalidades ainda enfrentam problemas centenários mais alarmantes, como a pobreza extrema. Na visão de alguns jovens, a atitude de uma única pessoa pode propagar a esperança em comunidades que se vêem, muitas vezes, isoladas de processos evolutivos.

Com a diversidade de cores e tecidos típicos, a Usoma, uma marca de moda social, trabalha com esse objetivo de criar possibilidades de mudança para quebrar o ciclo de pobreza de diversos países por meio da capacitação e transmissão do conhecimento. Assim,as roupas da Usoma são feitas com tecidos africanos e 30% do lucro gerado é voltado para a criação e desenvolvimento de projetos de capacitação em moda e empreendedorismo em regiões como: Dondo, em Moçambique e Bié, em Angola.

“Acreditamos que essa é a forma que temos para ajudar a quebrar o ciclo da pobreza que toma conta de muitos países. No futuro, queremos abrir para outros continentes, outras culturas, usando seus tecidos típicos em nossas roupas e podendo levar recursos para eles”, afirma Gabriela Ramos, sócia fundadora e diretora criativa da marca.

Usoma, em Umbundo, dialeto angolano, significa Reino. Para os fundadores da marca, Gabriela Ramos (diretora criativa), Gabriel Chiarastelli (fotógrafo) e Amanda Farias (diretora artística), existe algo maior - o reino - que pode mudar as pessoas e levar esperança a diversos povos de que existe alguém que pensa no próximo. Assim, os interessados que comprarem uma peça se tornam Usoma, como um propagador da ideia.

Diferenciais do tecido africano

As peças de roupa vendidas apresentam diferenciais além da missão social. O estilo da marca carrega estampas de capulanas, respeito à cultura do continente africano, cortes específicos e a criação de peças exclusivas aos usuários. Os interessados podem adquirir jaquetas, casacos e blazers no site www.usoma.com.br ou no Instagram @usoma.oficial, os produtos são enviados para todo o Brasil.Na cidade de São Paulo, é possível encontrar a Usoma no Afropolitan Station, uma loja colaborativa de cultura afro, no Centro da capital paulista (Rua Rêgo Freitas, 530). As peças ficam disponíveis para venda também em feiras que acontecem no decorrer do ano, as datas são divulgadas nas redes sociais do projeto.

Os tecidos africanos são comercializados com uma goma, que traz uma textura mais brilhosa e dureza ao pano. Porém, quando o material é lavado, a goma sai naturalmente. Nesse sentido, o diferencial da Usoma é que essa goma é retirada antes da produção das peças, o que garante que a textura da roupa do cliente não sofra alterações após a lavagem e gerando o caimento correto do tecido. Alguns produtos são exclusivos e outros são confeccionados em quantidade limitada.