Qui02202020

Last update03:16:31 PM

 


Back Você está aqui: Home Variedades

Variedades

Casacos – tendência de inverno

Sofisticação e imponência retratam o inverno 2018, que invade as ruas trazendo todo o glamour característico da estação. A estética que fez sucesso nas passarelas internacionais irão inspirar um closet repleto de casacos estruturados, cores neutras, pinceladas de tons quentes e detalhes inusitados e nada óbvios. Da alfaiataria renovada ao boho atualizado, confira as tendências definitivas para a temporada divulgadas pelo Paraíso Feminino,

XADREZ

Mais que onipresente, a estampa cheia de versatilidade têm sido fortemente presente nas últimas temporadas e se tornou parte do guarda roupa feminino.
Seja por meio do clássico Príncipe de Gales, dos terninhos axadrezados inspirados nasPatricinhas de Beverly Hillsou no mood Grunge que fez a cena nos anos 90. Cardigans,blazerse jaquetas comprovam: o xadrez é indispensável neste inverno!

 

SOBRIEDADE

A sobriedade invadiu a estação, e a maior prova disso são os casacos. Reinando absoluto, osobretudoe trench coat com corte reto serão os protagonistas das composições mais poderosas. Materiais pesados e encorpados como lã e flanela são ideais para enfrentar as baixas temperaturas. A paleta de tons neutros e discretos ganha pontos extras aliada a itens urbanos e casuais, como jeans + t-shirt básica. Se a proposta for um toque sensual, finalize a produção arrasadora com comprimento curto +bota vermelha. Perfeito para quem deseja apostar na trend sem perder o sex appeal!

ALFAIATARIA RENOVADA

O power dressing está de volta e com um refresh encantador. Cores sóbrias e padronagens clássicas saem da zona de conforto comshapes oversizede novas maneiras de uso. A célebre risca de giz se torna parceira das t-shirts e jeans, enquanto tons vibrantes aquecem as composições de maneira atualizada e nada óbvia. Vale inserir itens urbanos como tênis,coturnos, botas e o hypado scarpin decote V. A palavra da vez é ousar!

 

PELO E PELUCIA

Ocupando papel de destaque em diversas coleções, os casacos depeloe pelúcia incorporam com facilidade a vibe fun nas produções. Desejo imediato das fashionistas de plantão, o hit da vez ganha status de polivalente: protege do frio e acrescenta personalidade. Compondo o time e peças statements, oTeddy Bear Coatcaiu nas graças das it girls. Macio, volumoso e extravagante ele será o protagonista da vez. Para não derrapar na trend, combine com peças básicas e neutras e imprima o melhor urban style.

 

BOHO RENOVADO

Natural, orgânico e místico, o boho renovado, com influências do universo western, invade o inverno fashion.Casacos de couroe camurça são adornados com franjas, bordados e tachas e arrematam composições femininas: vestidos florais, saias longas de tecidos fluídos e detalhes em renda fazem o contraponto mais interessante da vez. Osponchoselaborados em tramas naturais também estão escalados, e juntamente com as botas inspiram o perfume étnico. Você não pode ficar de fora desta mistura ousada e selvagem!

O melhor da Rússia para quem quer aproveitar o verão de futebol em 2018

Como evento mais épico do futebol mundial marcado para ser realizado no maior país do mundo em 2018, traz aos viajantes uma oportunidade única na vida. Para a sorte dos viajantes amantes do futebol, a Rússia não tem só tamanho, mas também tem tesouros históricos e naturais. E o que pode ser melhor que juntar a paixão por esportes e o amor por aventura?

A Booking.com, a líder mundial em conectar viajantes com a maior opção de lugares incríveis para ficar, criou uma lista de destinos que serão sede de grandes partidas de futebol no verão russo de 2018. Depois de torcer pela sua seleção favorita nas disputas por todo o país, não se esqueça de tirar um tempinho para conhecer a cultura local única, então você podetercerteza que verá o melhor do futebol – e da Rússia.

MOSCOU

Moscou é o centro da história e da cultura da Rússia, e lar das famosas galerias e teatros, além do seu característico metrô. Inaugurado em 1935, esse sistema de transporte é um museu variado no subsolo, com muitas estações consideradas obras-primas da arquitetura. Dê uma parada na "Dostoyevskaya" para ver cenas dos romances famosos de Dostoiévski retratadas nas paredes ou na "Ploshad Revolutsii" para esfregar o nariz de uma estátua de cachorro feita de bronze, para dar sorte à sua seleção favorita. Tudo isso com um brinde – Wi-Fi gratuito em todos os vagões para você ficar conectado e entretido no caminho para o estádio!

Onde ficar:oHilton Moscow Leningradskayaé um edifício icônico num lugar icônico. Esse arranha-céus construído no início dos anos 50 combina o estilo neoclássico russo com a aparência dos primeiros arranha-céus americanos. Situado na Praça das Três Estações, é o local perfeito para explorar Moscou e viajar para outras cidades russas onde outras partidas serão realizadas.

 

SÃO PETERSBURGO

Conhecida como a capital do norte da Rússia, São Petersburgo é famosa pela sua herança dos séculos XVIII e XIX. Na verdade, o centro histórico da cidade e seus monumentos são Patrimônio Mundial da UNESCO. Um dos maiores exemplos é a Catedral do Sangue Derramado que foi construída onde o Czar Alexandre II foi ferido fatalmente, e o nome da catedral reflete esse momento da história. Seu interior, projetado por alguns dos pintores russos mais famosos da época, é decorado com mais 7000 metros quadrados de mosaicos.

Onde ficar:a 12 minutos de caminhada da Catedral do Sangue Derramado, você encontrará o estilosoApartments on Belinskogo ulitsa. Esse moderno apartamento de um quarto totalmente equipado fica a 700 metros do Museu Russo, oferecendo aos hóspedes a oportunidade de conhecer as belas artes russas.

 

CAZÃ

Cazã é a capital do Tartaristão, uma república russa onde as culturas ocidentais e orientais se encontram. O Kremlin de Cazã pode ser considerado o ponto de interesse central da cidade e a construção mais impressionante no complexo é o branco e azul é a Mesquita Kul Sharif , que pode acomodar 6000 pessoas. A mesquita foi originalmente construída no século XVI, mas foi destruída e reconstruída 500 anos depois.

Onde ficar:oShalyapin Palace Hotelsituado no coração da cidade ocupa um edifício do século XVI e é considerado um monumento cultural. O nome é referência a Feodor Shalyapin, famoso cantor russo de ópera que nasceu em Cazã. Graças à localização conveniente do hotel, você pode chegar rapidinho aos locais históricos e à Arena Kazan.

 

SOSCHI

Um dos poucos destinos sub-tropicais da Rússia, Sochi tem uma clima relaxante de verdade. Visite o porto da cidade para ver uma avenida ao lado do calçadão se estender por dois quilômetros pela linda costa. Paisagens ainda mais bonitas aguardam os visitantes no Sochi Arboretum com uma grande variedade de árvores, arbustos e palmeiras. Parateruma vista pitoresca, pegue o teleférico até o topo do parque.

Onde ficar:localizado no centro de Sochi, a 800 metros do Teatro Verde e perto do Porto, o charmosoInn Basstem quartos confortáveis decorados com tons dourados.

 

VOLGOGRADO

Volgograd respira a história Russa do século passado, pois foi a sede de uma das batalhas mais famosas daSegundaGuerra Mundial, a Batalha de Stalingrado. O Mamaev Kurgan (ou Hill 102) é um monumento que faz memória aos soldados soviéticos e conta com uma estátua de 72 metros de altura da Mãe Pátria segurando uma espada. O complexo está a menos de 5 quilômetros ao norte do centro da cidade e o acesso é feito pelo trem de alta velocidade.

 Onde ficar:Localizado a 3.2km do monumento da Mãe Pátria, oSobranie hoteloferece quartos espaçosos com vista da cidade. Para os visitantes que forem assistir a um jogo de futebol na arena Volgogrado, a propriedade fica a 3.5km do estádio.

A praticidade das sapatilhas

Consultora de comportamento conta um pouco da história de um dos calçados queridinho das mulheres

Você sabia que foi Brigite Bardot quem popularizou as sapatilhas? Sim, depois de anos praticando ballet a atriz queria poder usufruir do conforto dos calçados que usava para dançar no seu dia a dia. Maria Inês Borges da Silveira, consultora de Comportamento Profissional e de Etiqueta Social,esclarece que as primeiras sapatilhas surgiram em Paris, na França, em 1956, quandoRose Repetto, fundadora da Companhia Sapatilhas de Ballet Repetto, para atender um pedido da atriz francesa, criou o modelo Cedrillon, que mais tarde ganharia o mundo.

“O modelo Cendrillon iniciou sua trajetória de sucesso no mundo naquele mesmo ano, era usado nos palcos e nas ruas, e acabou ganhando também espaço em filmes como ‘E Deus Criou A Mulher’, protagonizado pela atriz Brigite Bardot”, comenta Maria Inês. Aos poucos, as sapatilhas foram virando um grande sucesso global. E, graças a sua leveza e praticidade, outras marcas foram surgindo e se destacando nesse mercado. Hoje os calçados são confeccionados de diversos materiais, estilo e cores. Para Maria Inês, sapatilhas são uma opção muito democrática, já que podem ser combinadas com looks sofisticados e casuais.

Mas, se você acha que sapatilhas são apenas aquelas que estamos acostumadas a ver nos pés por aí, Maria Inês lembra que existem outros estilos do calçado. “Alguns exemplos desses tipos específicos de sapatilha são a chuteira, quando falamos de futebol, a sapatilha de ciclismo, as sabrinas - que são calçados muitas vezes utilizados para dança ou ginástica - sapatilha de escalada, sapatilha de artes marciais e é claro, as famosas sapatilhas de ballet, as quais deram origem as sapatilhas que usamos hoje”, comenta a especialista.

Além de práticas, confortáveis e elegantes, as sapatilhas conquistaram muitas mulheres justamente por facilitar nossa vida quanto ao uso do salto alto. “As sapatilhas fazem o maior sucesso hoje, afinal, são elegantes e confortáveis, estão nos pés de grandes personalidades como a atriz Angelina Jolie, Kate Middleton, Kate Moss, entre outras”, finaliza Maria Inês.

Dicas de como usar a saia de vinil



Sempre que surge uma tendência muito high nas passarelas pinta a dúvida para o grande público, será que esta moda pega? Com a saia de verniz não foi diferente, mas esta moda não só pegou como já está fazendo parte de muitos looks urbanos. O Paraíso Feminino dá todas as dicas de como e onde usar.

Exalando sensualidade, asaia vinilcom acabamento envernizado ganhou os holofotes e caiu no gosto popular. Uma peça statement, capaz de transformar composições monótonas em produções de moda de tirar o fôlego. Saiba como e onde usar o hit da estação e imprima um visual cheio de atitude como explica Rachel Toyama que é personal stylist e fundadora do Paraíso Feminino, primeiro buscador de produtos femininos.

  • NA BALADA - O clima festivo e ousado da pista de dança abrem os caminhos para a saia de vinil brilhar a noite toda. Um composição all black é infalível, e quando aliado ao comprimento curto, zíper frontal e uma camisa levemente transparente, formam um combinação mais que atraente.
  • NO TRABALHO - O ambiente de trabalho exige discrição, mas com alguns truques é possível inserir o vinil no office look. O primeiro passo é combinar com peças tradicionais que equilibram a ousadia da saia como camisa de botão de cor neutra, ou com estampas clássicas, como as listras, cumprem esta missão. O segundo passo é optar por modelos de saia que apresentam brilho velado, trazendo a informação de moda com sutileza.
  • NO LOOK DIA - Pode parecer impossível levar uma peça dessa para as ruas em plena luz do dia. O truque de stylist neste caso, é usar a saia de vinil com tênis e t-shirt e se quiser deixar o looks mais descolado, dê um nozinho na camiseta para criar dar impressão de mais casualidade. Mesclar peças it com elementos urbanos é garantia de sucesso, afirma Rachel.

.

Iódice lança coleção de Inverno 18 inspirada na riqueza da cultura peruana

A viagem por um dos países mais fascinantes das Américas dá início à nova temporada da Iódice, que foi buscar nas raízes do Peru as referências para uma coleção vibrante de cores, texturas e padrões. De Lima a Machu Picchu, de Cuzco ao Vale Sagrado e a Plaza de Armas, ideias que traduzem a riqueza cultural, a tradição e a identidade de um povo que soube misturar passado e presente para desenhar um futuro ainda mais especial.

Estão representados na coleção a arquitetura, gastronomia, folclore, artesanato, música e indumentária peruanos em looks com forte espírito boho chic. Bordados em pele sintética,mix and matchde estampas e produçõesall colorsurgem em tecidos como seda, algodão, lã, viscose e crepes fluidos nos casacos, blusas mais curtas sugeridas com calças de cintura alta, ponchos e saias amplas em comprimento mídi. Prints inspirados nos desenhos incas são aplicados aos tricôs, cardigãs e coletes, uma das grandes apostas da coleção.

A linha Denim segue muito democrática e esbanjando versatilidade. Flare, skinny, boyfriend, cigarrete, boot cut e corte reto são as principais bases, que ainda ganham lavagensextreme washededestroyede aplicações que remetem ao tema peruano. Destaque para a linha Taylor Jeans, que traz uma técnica de construção de alfaiataria a modelos em jeans, fazendo com que a modelagem se torne única, vestindo de forma perfeita no corpo de qualquer mulher.

Na cartela de cores, prevalecem tons sóbrios como preto, cinza, marrom, off white, marinho; já os tons mais fortes ressaltam os detalhes e acabamentos. Diversos modelos de botas, cintos e botas em couro arrematam as propostas com máximo conforto e estilo.

A coleção poderá ser encontrada em todas as lojas da marca pelo país, principais multimarcas e em seu e-commerce próprio.

Glamping, uma hospedagem junto à natureza, mas com muito conforto e estilo


Nos últimos anos, o luxo ganhou uma nova concepção no universo do turismo. Mais do que lustres de cristal, escadarias e pisos de mármore, móveis de um designer badalado e refeições em restaurantes com estrelas noGuia Michelin, luxo é embarcar numa “experiência”, vivenciando algo raro,quiçá único. É apostar numa viagem que foca mais no valor emocional do que no material, em mais contemplação e relaxamento do que em agitação, em mais contato com a natureza do que no corre-corre para ver todas as atrações de uma cidade turística. Não é para menos, então, que os glampingscada vez mais se tornem o sonho dos viajantes modernos.

Junção das palavras palavras “glamour” e “camping”, esse conceito de hospedagem surgiu no Reino Unido e, a cada ano, se espalha por mais países – no Brasil, já existem algumas opções. Numglamping, a ideia é que o turista se hospede literalmente junto à natureza, em lugares que descortinam altos visuais, mas sem abrir mão de comodidades como cama confortável, banheiro privativo (e com chuveiro quente!) e comida e bebida da melhor qualidade, sem contar os passeios fabulosos, como fazer um piquenique à beira de um rio observando o vaivém de zebras e girafas.

Ou seja, o viajante desfrutará de toda a hospitalidade de um hotel – e, muitas vezes, de altíssimo luxo, já que há glampingscom tendas que têm até banheira de hidromassagem dupla –, só que está embrenhado na natureza. E tudo isso respeitando a fauna e a flora, adotando princípios de sustentabilidade e contribuindo para o desenvolvimento da população local.

África do Sul, Tanzânia e Quênia, em cujas savanas a vida animal sempre propicia um espetáculo memorável, são alguns dos lugares em que esse tipo de hospedagem mais encontrou eco – e onde osglampingsesbanjam sofisticação e estilo, com diárias que passam de US$ 1 mil. Por lá, destacam-se o Mara River Tented Camp, na famosa reserva Singita, na Tanzânia, e o Lions Bluff, montado no parque Tsavo, o maior do Quênia. Os Estados Unidos também dão um show no assunto, e países como Canadá, Portugal, Austrália, Índia e Argentina são outros a contar com tendas do gênero em lugares de beleza surreal.

No Brasil, também já existem algumas opções do tipo. O primeiro a nacionalizar o conceito deglampingfoi a Korubo, empresa que, desde 2001, mantém umsafari campno Jalapão, parque estadual no Tocantins repleto de cachoeiras, rios cristalinos e fervedouros, além de dunas e chapadões.

O acampamento, às margens do Rio Novo, não tem uma piscina estonteante ou tendas com decoração esmerada. No entanto, oferece todo o conforto e praticidade para quem deseja explorar esse rincão de difícil acesso: dispõe de 15 barracas espaçosas, equipadas com camas confortáveis, banheiro privativo e luz de LED (no restante docamp, também não há luz elétrica). Há salas de banho com água quentinha, redário e uma equipe de cozinha que capricha nos pratos servidos ao longo da viagem. Para completar, um caminhão 4x4, o Korubão, especialmente adaptado para circular por essa vizinhança de estradas e trilhas precárias, leva os visitantes para se esbaldar nas cachoeiras, rios e outros belos atrativos naturais da região, onde rolam canoagem, banhos refrescantes e caminhadas.    



24ª edição do Mega Fashion Week e as tendências para o Inverno 2018


Fotos Denise de Andrada

A 24ª edição do Mega Fashion Week, no Mega Polo Moda, em São Paulo, reuniu mais de 400 marcas em diferentes segmentos – adulto, infantil, plus size e acessórios, que apresentaram as principais tendências para o Inverno 2018.

O tema“A moda é você”trouxe como foco a tendência urbana e as singularidades de estilo da vida real, em peças com muito xadrez, texturas diferenciadas, tule, aplicações de pérolas, vinil, as tendências militar, college e o denim como destaque em tons de preto, vermelho e efeitos destroyers. A cartela de cores passeia entre o vermelho, verde militar, total off white, preto, mostarda, amarelo, laranja e o roxo, apontados como as grandes apostas para o inverno 2018.

Para reforçar esse conceito de viver a moda como ela é, de ser livre em cada escolha, o produtor dos desfiles, Rogério Wolf, ressalta a questão da mudança de comportamento das pessoas. “Hoje quem tem estilo, veste do oito ao oitenta, do barato ao caro, estamos vivendo uma era em que tudo é permitido desde que cada um saiba como conduzir isso e seja real. Aposte no seu estilo.”,  diz Wolf.

Entre as marcas jeanswear estiveram presentes, Recruta; Alcance Jeans; SCK por Samuel Cirnansck; Biotipo; Sixty Four; Valente; 767 Jeans; Bebela; Revanche; Skenn; Lemier; Diálogo Jeans; B. Rock; Vesty Brazil; Cia Fashion; CVL Jeans; Lady Rock; Villon Jeans; Blue 3 Denin; Emporio Jeans; Catbalou; Okyside; By Unna.

No feminino o mix de estilos faz sucesso unindo o sofisticado e o aspecto used do denim, em maxijaquetas no azul médio, bruto ou verde militar. Os coletes também entram na onda vintage com reservas de cor e desfiados e podem ser usados com o black denim que ganha aspecto resinado de couro ou ainda surgem com marmorizados.

As modelagens vão das skinnies no estilo rocker para o público mais jovem com detalhes de botões arredondados nas laterais ou navalhados até as croppeds retas com lindo trabalho de patchwork de lavagens e a flare com aberturas dos lados e enormes rasgos nos joelhos.

Looks totais no denim misturam o delavê e o baby blue na calça flare com recortes e nas jaquetas com rasgos ou aspecto limpo. Destaque ainda para os tops croppeds e pantacourts no delavê com rasgos.

No geral, os beneficiamentos são pontuais, nada exagerado e sempre com uma história por trás de todos os processos utilizados. Além disso, os aviamentos também chamam atenção como os abotoamentos, tachas, rebites, bolas, entre outras. Nas peças mais limpas, podem ser vistos o brilho das fibras nobres no raw ou o mix de tons que formam geometrias interessantes.

Enormes rasgos, puídos ou navalhados surgem em diferentes lavagens, do White denim, passando pelo delavê até o black clean. As barras são trabalhadas com desfiados e desconstruções ou surgem dobradas. Nas laterais, além dos aviamentos, as faixas com listras diferentes conferem aspecto esportivo às peças;

Para os pequenos o camuflado nos casacos ou bermudinhas continua em alta, assim como no segmento masculino que une o militarismo ao estilo esportivo. Ainda para os homens, diferentes lavagens e fits que passeiam entre as calças retas e slims com manchas, bigodes, rasgos e ranhuras. As camisas e jaquetas ganham efeitos tie dye e pontos de luz.

Oscar: as tendências, quem acertou e quem errou no look da premiação

Em um ano em que as mulheres de Hollywood se uniram para denunciar abusos e assédios, a Academia resolveu ampliar a discussão e transformou a representatividade como a grande protagonista da festa do Oscar. Assim, nada mais natura que o prêmio de melhor filme tenha ido para "A Forma da Água", uma fantasia de amor entre uma mulher muda e uma criatura aquática, dirigida por um mexicano, Guillermo del Toro.  O momento mais marcante, entretanto, veio um pouco antes, com um discurso inflamado de Frances McDormand, escolhida como melhor atriz por "Três Anúncios para um Crime". Ela pediu que todas as mulheres indicadas se levantassem e de e depois conclamou os poderosos de Hollywood a colocarem a inclusão como um dos pilares da indústria. Além disso, o Oscar premiou pela primeira vez um negro com o roteiro original (Jordan Peele, por "Corra!") e um filme com uma protagonista transsexual (o chileno "Uma Mulher Fantástica", na categoria de língua estrangeira.

E a 90ª edição do Oscar reuniu na noite destedomingo, 04, os principais nomes do cinema mundial. Sem o dresscode preto utilizado em outras premiações, as celebridades desfilaram pelo tapete vermelho mais famoso do mundo e mostraram quais devem ser as tendências da moda festa na temporada. A estilistaLuciana Collet estava de olho e selecionou os principais looks do evento.

Quem viu a premiação percebeu que muitas atrizes optaram pelo branco em vestidos elegantes e com corte mais seco. Essa foi a escolha de Margot Robbie, Laura Dern, Jane Fonda, da brasileira Camila Alves, entre outras. “O branco é realmente uma tendência que já vinha aparecendo nos tapetes vermelhos préTime’s Up. Agora, com os protestos tomando outra forma, a cor voltou a aparecer com força”, diz Luciana. Jordan Peele e Thimothée Chalamet também apostaram no branco para atravessar o tapete vermelho do evento.

Os tons metálicos foram a escolha de Lupita Nyongo, Sandra Bullock, Jennifer Lawrence e Gal Gadot. “Jennifer Lawrence está de Dior, seguindo a tendência dos cortes mais secos e dourado, o que no conjunto a favorece muito”, explica Luciana.

Um dos looks mais surpreendentes da noite foi da atriz Emma Stone, que decidiu deixar o vestido de lado e desfilou pelo tapete vermelho com calça e blazer vinho com cinto rosa marcando a cintura. “Ela está muito elegante, porém, acho que, não que esse traje seja o mais adequado para o Oscar”, opina a estilista.

Para ela, Nicole Kidman simplesmente arrasou com seu azul Armani. “Com certeza não é todo mundo que tem corpo, estilo e personalidade para usar esse laço bem na frente. Por conta da cor e do laço, a atriz finalizou o look com um brinco poderoso e um cabelo mais simples. Com certeza, foi a mais elegante da noite”.

Ela já não pode dizer o mesmo das escolhas de Blanca Blanco, Whoopi Goldberg e Andra Day. “Seus vestidos eram, no mínimo, controversos”.

Os homens também não fizeram feio no Oscar 2018.Jimmy Kimmel e Daniel Kaluuy foram alguns dos destaques. O traje masculino é tão básico que acho desnecessário complicar. Um corte impecável num tecido nobre é tudo o que ele precisa para ser elegante na medida”, explica.

Oscar: as tendências, quem acertou e quem errou no look da premiação

Em um ano em que as mulheres de Hollywood se uniram para denunciar abusos e assédios, a Academia resolveu ampliar a discussão e transformou a representatividade como a grande protagonista da festa do Oscar. Assim, nada mais natura que o prêmio de melhor filme tenha ido para "A Forma da Água", uma fantasia de amor entre uma mulher muda e uma criatura aquática, dirigida por um mexicano, Guillermo del Toro.  O momento mais marcante, entretanto, veio um pouco antes, com um discurso inflamado de Frances McDormand, escolhida como melhor atriz por "Três Anúncios para um Crime". Ela pediu que todas as mulheres indicadas se levantassem e de e depois conclamou os poderosos de Hollywood a colocarem a inclusão como um dos pilares da indústria. Além disso, o Oscar premiou pela primeira vez um negro com o roteiro original (Jordan Peele, por "Corra!") e um filme com uma protagonista transsexual (o chileno "Uma Mulher Fantástica", na categoria de língua estrangeira.

E a 90ª edição do Oscar reuniu na noite destedomingo, 04, os principais nomes do cinema mundial. Sem o dresscode preto utilizado em outras premiações, as celebridades desfilaram pelo tapete vermelho mais famoso do mundo e mostraram quais devem ser as tendências da moda festa na temporada. A estilistaLuciana Collet estava de olho e selecionou os principais looks do evento.

Quem viu a premiação percebeu que muitas atrizes optaram pelo branco em vestidos elegantes e com corte mais seco. Essa foi a escolha de Margot Robbie, Laura Dern, Jane Fonda, da brasileira Camila Alves, entre outras. “O branco é realmente uma tendência que já vinha aparecendo nos tapetes vermelhos préTime’s Up. Agora, com os protestos tomando outra forma, a cor voltou a aparecer com força”, diz Luciana. Jordan Peele e Thimothée Chalamet também apostaram no branco para atravessar o tapete vermelho do evento.

Os tons metálicos foram a escolha de Lupita Nyongo, Sandra Bullock, Jennifer Lawrence e Gal Gadot. “Jennifer Lawrence está de Dior, seguindo a tendência dos cortes mais secos e dourado, o que no conjunto a favorece muito”, explica Luciana.

Um dos looks mais surpreendentes da noite foi da atriz Emma Stone, que decidiu deixar o vestido de lado e desfilou pelo tapete vermelho com calça e blazer vinho com cinto rosa marcando a cintura. “Ela está muito elegante, porém, acho que, não que esse traje seja o mais adequado para o Oscar”, opina a estilista.

Para ela, Nicole Kidman simplesmente arrasou com seu azul Armani. “Com certeza não é todo mundo que tem corpo, estilo e personalidade para usar esse laço bem na frente. Por conta da cor e do laço, a atriz finalizou o look com um brinco poderoso e um cabelo mais simples. Com certeza, foi a mais elegante da noite”.

Ela já não pode dizer o mesmo das escolhas de Blanca Blanco, Whoopi Goldberg e Andra Day. “Seus vestidos eram, no mínimo, controversos”.

Os homens também não fizeram feio no Oscar 2018.Jimmy Kimmel e Daniel Kaluuyaforam alguns dos destaques. O traje masculino é tão básico que acho desnecessário complicar. Um corte impecável num tecido nobre é tudo o que ele precisa para ser elegante na medida”, explica.