Dom03292020

Last update04:44:26 PM

 


Back Você está aqui: Home Variedades

Variedades

Carnaval: onde aproveitar o feriado e fugir da folia

O primeiro feriado nacional do ano, o Carnaval, deixa o Brasil quase todo colorido com sua folia. Quase todo, afinal há muitos locais que a serpentina, a marchinha, o axé e os blocos de rua ainda não tomaram conta do clima. Se você não é muito fã das multidões e da festança dessa época do ano, confira alguns lugares para fugir do carnaval 2018 e curtir os dias de folga com sossego.

.

Brumadinho, Minas Gerais

A cidade está localizada na região metropolitana de Belo Horizonte, a quase 60 km da capital mineira, e é um dos principais polos cultural e turístico do Estado. Se você quer passar um carnaval tranquilo, Brumadinho oferece opções para todos os gostos.  Entre eles: Instituto Inhotim, museu de Arte Contemporânea; o maior centro de arte ao ar livre do mundo; Rota da Cachaça: o visitante conhece a história de alguns produtores locais de cachaça e vê de perto a produção da bebida; Parque Estadual do Rola Moça: é o terceiro maior parque em área urbana do país e oferece diversas trilhas, cachoeiras e um mirante com vista para o centro de Brumadinho e parte de Belo Horizonte.

Gramado, Rio Grande do Sul

Quer curtir o carnaval tranquilo? Gramado pode ser uma excelente opção para o viajante que prefere aproveitar o feriado com mais tranquilidade, aliado a ótima infraestrutura que a cidade oferece. Ao contrário do que acontece no Natal, na Páscoa e durante todo o inverno, Gramado passa quase que despercebida pelos turistas durante o carnaval. Ainda assim, há o Gramado Fantasia, conhecido como um dos maiores carnavais de salão do mundo, mas nada que atrapalhe o sossego. Além de ser uma das cidades mais preparadas do país para receber os turistas, nessa época, os preços de hospedagem ficam abaixo da média, já que o período é considerado baixa temporada.

Caldas Novas, Goiás

O maior manancial hidrotermal do mundo oferece uma tímida programação de carnaval, muito inferior se comparada a outras cidades turísticas. Um lugar ideal para passar um carnaval em família, mais tranquilo e sem folia. Por ser mais procurado durante o outono e o inverno, no carnaval as reservas não estão tão em alta, ou seja, os valores de reservas de hospedagens, por exemplo, caem. A propósito, os hotéis da cidade são uma atração à parte, mas fora deles também há muito o que explorar.

Nobres, Mato Grosso

Quer fugir do carnaval 2018 para um paraíso? No distrito de Bom Jardim, em Nobres, o viajante encontra belezas naturais quase que intocadas e ainda pouco exploradas pelos turistas. O reduto fica a 150 km de distância de Cuiabá, com rios cristalinos, cheios de peixes, grutas e cachoeiras belíssimas. Impossível não comparar as atrações de Nobres às de Bonito, no Mato Grosso do Sul. A diferença entre as duas cidades é que Nobres têm preços definitivamente mais em conta, em especial, no carnaval quando é baixa temporada na região.

Belezas do Jalapão atraem turistas o ano inteiro

A novela da Globo tem destacado as belezas naturais do Tocantins. Três regiões do Estado se destacam na atração de visitantes iniciam o ano com um impulso ao crescimento econômico. O Ministério do Turismo validou os Planos de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável (PDITS) dos polos de Palmas, Cantão e Jalapão.
O trabalho voltado ao polo da capital, além de Palmas fazem parte também as cidades de Lajeado, Paraíso do Tocantins e Porto Nacional, tem como foco a consolidação do segmento de negócios e eventos.
Já no Polo Cantão, formado pelos municípios de Lagoa da Confusão, Pium, Aguacema e Cesara, a meta é ampliar atividades ligadas à natureza, com a premissa de conservação ambiental e inclusão social.
Já o Polo Jalapão busca acelerar o desenvolvimento do ecoturismo e do turismo de aventura, com a captação e a qualificação de empreendimentos. Destino já conhecido dos apaixonados pelo ecoturismo e turismo de aventura, mas ainda pouco visitado, o Jalapão encanta por suas águas abundantes, chapadões e serras com clima de savana, além da paisagem de Cerrado. Gigantescas dunas alaranjadas, rios, cachoeiras, nascentes e formações rochosas completam o cenário. O parque do Jalapão tem 34 mil km² de paisagem árida de cerrado ainda selvagem, no coração do Brasil, no Tocantins.

NOME
O nome vem da planta Jalapa, abundante na região, também conhecida como batata de purga. Entre as espécies de animais que vivem no parque estão onças, tamanduás, veados, lobos, antas, capivaras, raposas, gambás, macacos, jacarés, além de cobras (sucuris, cascavéis e jiboias). Entre as aves, estão tucanos, papagaios, araras, siriemas, emas e urubus. É possível passar dias no Jalapão sem ver uma única pessoa. A densidade populacional é de (0,8), menos de um habitante por Km², numa área maior que a do estado de Alagoas que tem 27 mil Km².

ATRATIVOS
A maioria dos atrativos está localizada nas cidades de Mateiros, Novo Acordo, Ponte Alta do Tocantins e São Félix do Tocantins. Ponte Alta do Tocantins, a 150 quilômetros de Palmas, é a porta de entrada do parque que fica aberto o ano inteiro. Entre maio e setembro quase não chove no Jalapão. Para os mais aventureiros, a região é ideal para prática de esportes radicais, entre eles rafting, canoagem, rapel e trilhas a pé ou de bicicleta.
Entre os cenários mais procurados estão a Cachoeira da Velha, com sua queda d’água em forma de ferradura de aproximadamente 100 metros de largura e 15 metros de altura; as Dunas, que são o cartão-postal do Jalapão, com areias finas e alaranjadas que chegam a 40 metros de altura. Destacam-se ainda os povoados do Mumbuca e Prata, comunidades quilombolas; a Serra do Espirito Santo, com suas formações rochosas, além da fauna e flora da região; a Cachoeira do Formiga, com nascente de água verde-esmeralda; e os Fervedouros, com águas transparentes e areia em movimento, nas quais é impossível afundar.


O capim que vale ouro
O Jalapão é considerada a principal atração turística do Tocantins, sendo uma de suas características a produção de artesanato de capim dourado e seda de buriti, que se tornou a principal fonte de renda das comunidades locais para garantir o uso sustentável, ecológico e econômico do Cerrado. Sua característica principal é a cor que lembra a do ouro. O capim dourado brilha ainda mais em setembro e é colhido até novembro. As “joias” produzidas do capim movimentam o artesanato da região o ano inteiro. São pulseiras, brincos, chaveiros, bolsas, cintos, vasos, brinquedos e peças de decoração, entre outros. Para evitar a extinção do capim, a regulamentação do Tocantins proíbe a saída do material "in natura" da região. Somente as peças já produzidas pela comunidade local podem ser comercializadas.


COMO CHEGAR
A partir de Palmas, ao norte, ou Brasília, ao sul, segue-se pela TO-050 até Porto Nacional. Depois, pega-se a TO-255 até Ponte Alta do Tocantins, porta de entrada do Jalapão.


CIRCULAÇÃO
Há apenas estradas de terra. Não é indicado circular pelo Jalapão sem guia. Os passeios podem ser combinados no Centro de Atendimento ao Turista de Ponte Alta do Tocantins.


HOSPEDAGEM
O camping do Rio Novo fica próximo das atrações, mas só hospeda quem compra de agência. Em Ponte Alta ou Mateiros, as pousadas são muito simples com ducha quente, cama e café da manhã.


QUANDO IR
O ano inteiro. Entre maio a setembro é época de estiagem.

Uma saia 15 looks

Esse ano precisamos pensar muito bem no que comprar, como comprar e combinar. Como fazer para andar fashion e ao mesmo tempo conter os gastos?

Um bom planejamento é importante para saber exatamente no que investir Boas idéias começam a surgir para renovar o guarda-roupa sem gastar muito. Mariana Flor da Rosa, consultora de moda e estilo que tem um blog com foco em dúvidas reais e práticas, ressalta que uma tática é eleger uma peça coringa do armário e combiná-la de diferentes formas.

Uma calça jeans pode ficar casual, uma calça de alfaiataria séria demais, uma saia lápis depende do corpo e um shorts de camurça pode ficar curto.

Mariana separou uma saia de lã fria cinza (cor neutra) e comprimento médio como peça chave dos looks.  Pensando em 5 ocasiões diferentes, a consultora elaborou 3 opções para cada ocasião. Assim, conseguiremos encaixar qualquer tipo de mulher em qualquer ocasião. Veja alguns deles.

1-   TRABALHO. Para montar um look de trabalho, Mari Flor alerta que é importante ter em mente os seguintes dados:  comprimento e decotes das peças (sempre discretos!),  Cores (se você está em um escritório mais formal, opte pelos pretos, cinzas, brancos, beges e cores mais claras), Peças do armário masculino (uma ótima maneira de deixar o look mais sério é usar uma peça do armário masculino, blazer, camisa ou um sapato masculino)

2-   CASUAL. A saia é neutra, para ficar casual depende apenas de qual estilo você quer usar. Padronagens e texturas ajudam a deixar o look mais despojado. Um xadrez, uma camurça ou um camiseta podem deixar o look  mais leve explica a consultora .

 3-   INVERNO. Como estamos chegando na estação de camadas e pesos decidi separar um especial para inverno. Aqui é a mesma saia e mesma camisa, com um 3o elemento igual, porém cada característica do colete muda o estilo da mulher.

Colete degradê, uma mulher mais segura; Colete Patchwork, é o mais esperado do momento, fashionista de plantão!; Colete de lã, tradicional, atemporal e para uma vida: a menina mais do campo e casual. O look mudou completamente pela 3a peça!

 4-   NOITE. Aqui também usando a mesma saia e blusa. A blusa é de tweed, um tecido mais sofisticado com fios de lurex, o que traz um brilho para a peça. Deixando o look totalmente noite.

Se for Básica, só as duas peças juntas já deixam um look noite, só combinar com um scarpin ou  salto fino e arrasou. Se for Casual, esse colete de tricô com franjas traz um ar fashion e despojado ao mesmo tempo. Uma bota já está ótimo! Agora se quiser arriscar e realmente apostar na peça do momento, colocar o colete de patchwork e uma bota acima do joelho e está prefeita para ficar chique, moderna e sofisticada.

 STREETSTYLE. Esse é um truque para usar peças que parecem que saíram das semanas de moda ou revistas de inspiração. O segredo? Camadas. Quando mais camadas você pensar, melhor par ao look ter o toque hype.  Uma capa de camurça é super antenada e modelagem um pouco ampla, optei por coordenar com um cinto para acinturar o look e deixa-lo feminino. Estampa com estampa, não tem erro! Fashion, moderno e fácil. Bomber (jaqueta que está voltando com tudo) e por cima um colete, trará volume ao look, e deixará apropriado para um chamar atençãoo das amigas e arrasar.

Se o seu filho fosse diabético: você saberia?

Várias teorias tentam explicar o recente aumento do diabetes entre os jovens, incluindo a deficiência de vitamina D, a falta de aleitamento materno e o excesso de medidas de higiene, que podem causar o colapso do sistema imunológico

Todo pai/mãe diz coisas como essas:

- “Eu não quero ouvir desculpas. Você não está cansado. Vá colocar o lixo para fora”;

- “Você já foi ao banheiro, pode muito bem segurar até o fim do filme”; 

- “Você não precisa de outro copo de água. Volte para a cama!”.