Qua07282021

Last update12:30:14 PM

 

Back Você está aqui: Home Cidades

Cidades

PREFEITURA E HELLEN ESTOFADOS REALIZAM INTEGRAÇÃO


A Prefeitura de Aguaí realizou mais uma integração do curso de Auxiliar de Produção de Estofados, numa parceria entre a empresa Hellen e o  Centro de Capacitação Profissional de Aguaí – CECAPA.

A integração aconteceu na última semana, no auditório da Escola Municipal Joaquim Giraldi, e contou com a presença do gerente de produção Marcelo Garoni e o gerente de RH Anderson Borges, da Hellen Estofados, e de Cléber Martins, chefe de gabinete que representou o prefeito Alexandre Araújo.

O curso acontece dentro da fábrica, e existe para capacitar uma futura mão de obra para a empresa, gerando novos empregos e renda para a cidade. Os participantes já haviam feito seus cadastros no PAT e agora foram chamados par participarem do curso. Vale ressaltar que a contratação dependerá da necessidade da empresa e do aprendizado e desempenho de cada um.

ANDRADAS PAGA RENOVAÇÃO DO AUXÍLIO TRANSPORTE A ESTUDANTES


A Prefeitura de Andradas está convocando os estudantes de cursos das áreas da Saúde e Medicina Veterinária para a renovação do auxílio transporte intermunicipal. Andradenses que estudam em instituições de ensino de outras cidades podem receber o auxílio.

Entre os dias 26 e 30 de julho haverá a renovação do auxílio e inscrição para novos alunos (das áreas da Saúde e Medicina Veterinária). O atendimento será no Teatro Municipal, das 12h às 18h.

Os valores do Auxílio Transporte Intermunicipal variam de acordo com a cidade em que o aluno estuda: Espírito Santo do Pinhal - R$85,00; São João da Boa Vista - R$100,00 e Poços de Caldas - R$110,00. (foto Portal da Cidade/Reprodução).

“Estrada para Crescer” faz estudo sobre Águas da Prata e publica “a cidade onde a natureza conduz a economia”


O estudo A Estrada para Crescer, parceria da agência Virtù com a organização suprapartidária CLP – Liderança Pública, com o apoio do Grupo CCR, revelou vocações econômicas e vulnerabilidades sociais, financeiras e fiscais de 10 cidades paulistas para assim propor caminhos para a retomada do crescimento em uma ação de conteúdo multiplataforma.

O estudo já fez uma radiografia do cenário social, econômico e fiscal de dez municípios paulistas, o último da vizinha Águas da Prata onde é ressaltado que o agronegócio, águas e turismo são as riquezas que brotam da terra.

Águas da Prata foi a décima e última cidade percorrida pela parceria Virtù e CLP. O estudo passou por Barueri, Osasco, Sorocaba, Tatuí, Avaré, Itapeva, Campinas e Louveira e Bragança Paulista. Os diagnósticos completos podem ser acompanhados no site do estudo

 

DESTAQUES DO ESTUDO SOBRE ÁGUAS DA PRATA

Com pouco mais de 8 mil habitantes, Águas da Prata, como em outras cidades paulistas, o município apresenta diversos pontos positivos e alguns desafios a vencer, diagnosticados pelo estudo “A Estrada para Crescer”. A regiãoé um lugar perfeito para aproveitar o turismo ecológico e os esportes radicais praticados na natureza. A cidade, conhecida como “A Rainha das Águas”, recebe turistas aos fins de semana

Na região é possível passar o dia contemplando a natureza e tirar proveito dela. Quem passa por Águas da Prata pode desfrutar de uma agradável visita às antigas fazendas de café e de criação de búfalos – onde se pode comprar laticínios – até se banhar na Cachoeira das Sete Quedas, praticar alpinismo na Pedra do Boi, contemplar a vista do Mirante do Cristo, voar de parapente no Pico do Gavião e beber as águas medicinais diretamente da fonte.  

É, de fato, um lugar onde a natureza cumpre um importante papel. O verde da cidade, a produção da agropecuária e os poderes das fontes naturais atraem turistas de todos cantos. Por isso, a preservação ambiental é levada a sério pelos pratenses. Em 2018, Águas da Prata ficou em 13ª no ranking do Programa Município VerdeAzul (2018), elaborado pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente de São Paulo. 

Os recursos que a natureza oferece são condutores da economia local. O setor agropecuário é uma fonte de riqueza para região, indicando que a produção no campo pode caminhar lado a lado com a preservação do meio ambiente. Atualmente, Águas da Prata é a sexta maior produtora de azeitona de São Paulo e 31ª do Brasil; a 49ª maior produtora de café do Estado e 370ª do país; e conta com mais de 10 mil cabeças de gado.  

Como o próprio nome do município sugere, a indústria de engarrafamento de água é outro setor que ajuda a movimentar a economia da cidade, que possui um PIB de 170 milhões de reais, composto em 81% pelo setor de serviços, 13% pelo industrial e 6% oriundos da agropecuária. Nas últimas duas décadas, Águas da Prata apresentou um crescimento de 4,8% ao ano. 

Mas não são apenas as atrações naturais que dão orgulho aos pratenses. A cidade também apresenta bons desempenhos na educação. Para mencionar alguns exemplos, 62% das crianças, de 0 a 5 anos, estão na escola, acima da média nacional do Ranking do CLP, que é de 50%. Se Águas da Prata for comparada ao Ranking do CLP, estaria na 45ª posição entre os 95 municípios paulistas e na 84ª posição entre os 405 brasileiros. Além disso, o município alcançou a nota 6,6 no IDEB dos anos iniciais do Ensino Fundamental, enquanto a média nacional foi de 5,9. Nesse indicador, a cidade ocuparia a 45ª colocação entre os municípios de SP, e a 80º colocação no Brasil.    

Desafios
Todas essas atividades econômicas são beneficiadas por uma boa malha viária, mas o estudo salienta que há “gargalos que precisam ser vencidos na infraestrutura viária. A rodovia também é responsável por um dos principais problemas enfrentados pelos pratenses. A estrada corta o centro urbano, onde estão localizados imóveis comerciais e residenciais. Caminhões e demais automóveis que passam pela rodovia, mas não se destinam à cidade, dividem espaço com o trânsito local, dificultando a mobilidade de moradores e turistas.   

Como forma de solucionar o problema, a concessionária CCR planeja investir 170 milhões de reais para construir um anel viário que deve contornar a cidade. Investimento que ainda deve gerar 4 mil empregos (o equivalente à metade da população pratense).”

Outro obstáculo que preocupa os habitantes da região é a baixa distribuição de renda. O PIB per capita, segundo o ranking CLP é de cerca de R$ 20 mil (2018), contra média nacional de R$ 23 mil. Neste quesito, a cidade ocupa a 88ª colocação em São Paulo e 288ª no Brasil.

Com a riqueza que brota da terra, Águas da Prata tem potencial para aumentar a produção agropecuária e industrial. Além de atrair ainda mais turistas para a região.   

AÇÃO DA VIGILÂNCIA AMBIENTAL RECOLHE CRIADOUROS DA DENGUE

A Prefeitura de Aguaí, por meio da Vigilância Ambiental, está realizando semanalmente, a Ação de Recolhimento de Criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e outras doenças.

No primeiro final de semana da ação, as equipes percorreram os bairros Monte Líbano, Vista da Colina I e Vista da Colina II. A segunda semana quem recebeu a equipe foram os moradores do Cidade Nova e Parque das Palmeiras. Foram recolhidos sacos plásticos, pneus, caixas e garrafas, todos estes materiais que podem acumular água e servir como espaço de criadouros para o mosquito.

O cronograma destas ações seguirá até setembro, com os bairros sendo divulgados semanalmente pelos canais oficias da Prefeitura de Aguaí.

VACINAÇÃO NO CENTRO CULTURAL UNIFEOB MUDA DE HORÁRIO. UNIFAE APLICA SEGUNDA DOSE DA VACINA CONTRA COVID-19 EM POLICIAIS


A partir de terça-feira (29), a vacinação para quem tem de 40 a 42 anos no Centro Cultural Unifeob acontecerá das 14 às 19h00. Nas 12 unidades básicas de saúde de São João da Boa Vista, o horário será das 8h às 14h. A medida visa evitar aglomerações e facilitar o comparecimento de quem trabalha em horário comercial. A aplicação das doses é realizada por estudantes do curso de Enfermagem da Unifeob, supervisionadosa pelos preceptores Geraldo Antônio da Silva e Lívia Scalon.

Segundo dados da Prefeitura de São João da Boa Vista referentes a 26 de junho, receberam a primeira dose contra Covid-19 47,91% da população sanjoanense e estão completamente imunizados 17,53%.

POLICIAIS DA REGIÃO

Uma equipe do curso de Enfermagem da UNIFAE é a responsável pela aplicação da segunda dose da vacina contra a COVID-19 em policiais do 24° Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM-I), sediado em São João da Boa Vista. O trabalho começou na manhã desta segunda-feira (28) e prossegue até 1º de julho. As atividades são supervisionadas pela coordenadora do curso de Enfermagem, Profa. Dra. Giovanna Jorgetto, e pela Profa. Esp. Eluana Reis, com o suporte e organização do 24º BPM-I.

Para evitar aglomerações em unidades de saúde, os policiais estão recebendo a imunização no próprio Batalhão, obedecendo a todos os protocolos sanitários e distanciamento social. O Tenente Eduardo Fernando de Farias Rocha explica: “A campanha está funcionando das 8h até às 17h. Na segunda-feira foram imunizados membros das Forças Policiais, de 16 municípios da região, como Espirito Santo do Pinhal, Aguaí, Vargem Grande do Sul e Santo Antônio do Jardim. Na terça, é Mococa; quarta-feira, Casa Branca; e quinta-feira, por fim, São João da Boa Vista”.

ELEKTRO CONCLUI OBRA EM SUBESTAÇÃO DE PIRASSUNUNGA


A Elektro conclui nestasexta-feira (18) uma importante obra para o sistema elétrico do município de Pirassununga, a ampliação da potência da subestação Pirassununga 01, que atende a maior parte da cidade. O investimento contemplou a construção de um novo alimentador e a instalação de um transformador com 33MVA, aumentando em 15MVA a potência da subestação. Com o investimento, 30 mil clientes serão beneficiados com a melhoria na qualidade do fornecimento de energia.

Ao longo da obra, que teve a duração de seis meses, os colaboradores da Elektro e seus parceiros garantiram o fornecimento de energia para todos os clientes seguindo todos os protocolos e cuidados estabelecidos pela organização mundial da saúde (OMS) no combate e prevenção ao COVID-19.

“Essas ações reforçam o compromisso da Elektro com o bem estar da população, deixando o sistema elétrico mais robusto e preparado para o crescimento da região”, afirma José Ferraz, Gerente da Elektro.

SÃO JOÃO É TEMA DE GAME ECOLÓGICO CRIADO POR ESTUDANTE DA UNIFEOB


No mês de aniversário de 197 anos de São João da Boa Vista, o estudante de Direito da Unifeob, Antônio Luiz Barros, inovou em seu projeto de extensão: o gamer apresentou um jogo educativo cujo pano de fundo é o centro da cidade. O enredo de “Filtro da Terra” é principalmente relacionado a questões climáticas e ambientais, mas também propõe discussões sobre política e aspectos jurídicos, além de homenagear e divulgar a história do município em diversos pontos, como a Praça Joaquim José, o Theatro Municipal, a Igreja Catedral São João Batista e o Paço Municipal.

“Os jogadores interagem com personagens que seguirão uma história protagonizada por professores e vereadores e encontrarão formas para diminuir o aquecimento global”, explica Antônio, entusiasta de games desde criança e proprietário da loja temática Toca da Coruja, atualmente inativa por conta da pandemia. “Também há informações pertinentes para aprender métodos para combater esse problema que ameaça as gerações futuras e podermos usufruir de um meio ambiente ecologicamente equilibrado”.

A iniciativa foi muito elogiada pelo corpo docente, especialmente pela criatividade. “Ao desenvolver um site interativo com o jogo, o grupo aliou as informações técnico-jurídicas à tecnologia e o resultado foi surpreendente. A inovação demonstra curiosidade, importante fator para crescimento acadêmico e profissional”, pondera a Prof. Juliana Borsari, responsável pela disciplina de Direitos Transindividuais.

A ligação entre questões jurídicas, pautas ambientais e história local em um videogame é justificada pela democratização do acesso a tais discussões. “Existe um vínculo fortíssimo entre Direito e meio ambiente equilibrado, que é um direito de todos, assegurado pela Constituição Federal”, ressalta Antônio. “E isso não se limita a árvores e florestas; está presente também na cultura, pontos históricos, ruas e diretamente na qualidade de vida”.

Ideia e desenvolvimento

Uma das propostas de projetos de extensão de Direito foi elaborar um site de conscientização sobre impactos do aquecimento global e a importância dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), plano de ação global da Organização das Nações Unidas (ONU) para eliminar a pobreza extrema e a fome, oferecer educação de qualidade para todos, proteger o planeta e promover sociedades pacíficas e inclusivas até 2030.

“Tivemos a ideia de alcançar esse objetivo de um jeito diferente. Por uma autonomia criativa ofertada pela universidade somada às qualidades estéticas de São João, percebemos a possibilidade de um mapa interativo. A engine do RPG Maker [plataforma usada para desenvolver o game] caiu como uma luva ”, relembra Antônio. “Partimos de uma arte conceitual de uma planta baixa do centro nutrida de texturas em pixel art. Usamos linhas de programação e plugins alternativos para auxiliar o software. O conteúdo foi elaborado a partir de pesquisas científicas nas áreas de Direito Ambiental, Internacional, Administrativo e Previdenciário escoradas em estudos sociológicos e filosóficos, abordando também a historicidade local”.

Para o desenvolvedor, as parcerias foram fundamentais. “Começamos o projeto em 16 de abril. Além de mim, participaram o designer gráfico e programador Dhiego Marquês, o estudante de Engenharia Civil, Madson Milhomem, que fez o desenho da planta baixa, e a tester Isabela Paião. Nossa pretensão é realizar diversos updates e aumentar o mapa para ampliar ainda mais a história e apontar mais pontos da historicidade local, bem como o conteúdo educativo socioambiental”, revela. “Logo vamos iniciar outro arco com novos pontos, dinâmicas, histórias e personagens diferentes”.

NOVA ELEIÇÃO PARA PREFEITO EM SANTO ANTÔNIO DO JARDIM SERÁ EM 4 DE JULHO

(Foto Internet)

Neguinho, candidato barrado pela Justiça Eleitoral é candidato novamente

Algumas cidades tiveram o resultado das eleições municipais de 2020 questionadas na Justiça Eleitoral, e os vencedores foram impedidos, por vários motivos, de serem declarados vencedores. Com a questão decidida judicialmente, nestas cidades haverá nova eleição para definir a chapa vencedora para os cargos de prefeito e vice.

Na região, um destes casos ocorreu em Santo Antônio do Jardim. A coligação encabeçada por Osvaldo Moreira, o Neguinho (Podemos), chamada "Renovação com prefeito em ação", teve negado o Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidário (Drap), documento necessário para que um partido dispute eleições.

De acordo com a decisão judicial, o Podemos, partido que encabeçava a coligação, não apresentou número de CNPJ do diretório municipal, o que fez com tivesse a nomeação suspensa no TRE-SP. A coligação recorreu em segunda e terceira instância, mas não teve os recursos acolhidos. Com isso, a cidade passará por novas eleições.

Na sessão de posse dos eleitos, os vereadores elegeram Ivonete Scanavachi (PP) presidente da Câmara Municipal e João Pedro Margarida (PSB) vice. Com isso, Ivonete assumiu interinamente a prefeitura e está no cargo do Executivo até hoje.

Em 2020, Neguinho do Podemos teve 1.711 votos (42,98% dos votos válidos). O segundo candidato mais votado naquela eleição foi Gilmar Pezotti (PSD), que ficou em segundo lugar com 1.171 votos (29,41% dos votos válidos).

NOVA ELEIÇÃO

A Justiça Eleitoral marcou a nova eleição para o dia 7 de março, mas foi adiado devido a adoção da Fase Vermelha do Plano São Paulo.

Agora o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) marcou para 4 de julho a eleição suplementar para prefeito e vice-prefeito em Santo Antônio do Jardim.

Segundo o TRE-SP, estão mantidas as mesas receptoras de votos e as juntas já designadas pelos juízos eleitorais. Além de Santo Antônio do Jardim, as eleições também ocorrem nos municípios de Apiaí, Campina do Monte Alegre, Itaoca, Leme, Piacatu, e Trabiju, todos no interior do estado.

OS CANDIDATOS

Santo Antônio do Jardim integra a 91ª Zona Eleitoral, e o Cartório Eleitoral de Espírito Santo do Pinhal confirmou que a eleição está marcada pra o dia 4 de julho, e a campanha eleitoral terá início no dia 18 de junho, e o horário eleitoral gratuito no dia 21 de junho.

São três os candidatos a Prefeito: Neguinho do Podemos que venceu e não tomou posse, Gilmar Pezzotti que foi o segundo mais votado, e a vereadora Ivonette que assumiu o Executivo quando tomou posse como Presidente do Legislativo em 1º de janeiro de 2021.

Osvaldo Moreira (Neguinho), do Podemos tem como vice nesta nova eleição, Thiago Krauss.

Gilmar Pezzotti do PSD, concorre ao cargo tendo como vice Fabiana Faria.

E a Prefeita em Exercício, Ivonete Chiarato Scanavachi concorre pelo PP, tendo José Carlos Pesoti como vice.

A 91º Zona Eleitoral tem como Chefe do Cartório o sr. José Carlos Macedo, e a Juiza Eleitoral é a Dra. Roseli José Fernandes Coutinho.

MYRALIS DOA MIL CESTAS BÁSICAS PARA O FUNDO SOCIAL DE AGUAÍ


Alexandre Araújo, prefeito de Aguaí, e Paula Bianca, primeira dama e também presidente do Fundo Social de Solidariedade, receberam um representantes da Myralis - Indústria Farmacêutica com sede no município, que fez a doação de 1.000 cestas básicas ao Fundo Social de Solidariedade.

“Temos tido grande apoio dos empresários da nossa cidade nas ações de solidariedade. Eles têm essa preocupação social e isso é muito importante. Hoje agradeço à Myralis pela doação das mil cestas básicas”, ressaltou o prefeito Alexandre Araújo.

Serão entregues pela empresa 200 cestas básicas, durante cinco meses. A entrega para a população será feita pelo Fundo Social que atende as famílias carentes e possui triagem para as doações recebidas.

Após a #livedobem a doação chegou em boa hora, assim como outras pessoas também fizeram suas doações na sede do Fundo. O momento é de união e amor ao próximo. “Agradecemos a Myralis e as demais pessoas que fizeram suas doações ao Fundo Social de Solidariedade. Esses alimentos irão ajudar muitas famílias que estão necessitadas, destacou a presidente do FSSA, Paula Bianca.