Qua07282021

Last update12:30:14 PM

 

Back Você está aqui: Home São João

São João

EDUCAÇÃO SP EXPANDE PROGRAMA DE ENSINO INTEGRAL A ESCOLA ANÉSIA MARTINS

A partir de 2022, mais 137 escolas estaduais da região de Campinas farão parte do Programa de Ensino Integral (PEI). 

O anúncio da expansão do programa para 778 unidades de todo estado foi feito nesta segunda-feira (12) pelo Governador João Doria e pelo Secretário Estadual da Educação Rossieli Soares.  

No total, serão 1.855 escolas atendidas no modelo. A expectativa da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) é beneficiar 387,3 mil novos estudantes de ensino fundamental e ensino médio. Com as novas adesões, o PEI estará presente em 427 municípios paulistas, em todas as regiões do estado. Atualmente, são 448 mil estudantes atendidos em 1.077 escolas, de 309 cidades.  

A ampliação é resultado da participação das 91 Diretorias de Ensino (DEs) no processo de adesão deste ano, disponibilizado entre março e junho.  

Dentro do Plano Nacional de Educação (PNE), a Meta 6 – Educação Integral – prevê em seu objetivo 2 que em 2024, no mínimo, 25% dos alunos da Educação Básica sejam atendidos em jornadas de mais de 7 horas. Com as novas PEIs, São Paulo atinge este objetivo, no âmbito de sua rede estadual, já em 2022.  

  

IDEB e alcance 

Os investimentos na jornada integral refletem em melhores notas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) já no primeiro ano de implantação do programa.  

– Escolas PEI cresceram 1,2 pontos no IDEB 2019, enquanto as regulares, 0,6. 

– Das escolas estaduais de São Paulo, as 33 melhores colocadas no ranking são PEIs. 

– 9 das 10 primeiras colocadas de ensino fundamental são PEIs.  

 

EM SÃO JOÃO E REGIÃO

Na lista divulgada pelo Governo de SP consta que a Escola Professora Anésia Martins Mattos terá Ensino Integral.

Outras escolas que integram a Diretoria de Ensino de São João da Boa Vista incluídas no Ensino Integral são: Professor Camilo Lellis (Espírito Santo do Pinhal), Dr. Cândido Rodrigues, Professor Jorge Luiz Abichabki, Tarquinio Cobra Olyntho e Natal Merli (São José do Rio Pardo), Dona Macedo e José Theodoro de Moraes (Aguaí), Gilberto Giraldi (Vargem Grande do Sul), Professor José Zilah Gonçalves dos Santos (Itobi).

  

 

DOAÇÕES DE SANJOANENSES NA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA AOS FUNDOS DO IDOSO E CRIANÇA/ADOLESCENTE TIVERAM AUMENTO DE 198% e 82%, RESPECTIVAMENTE, EM 2021

 

A 8ª Delegacia Regional da Receita Federal divulgou os resultados deste ano sobre as destinações aos Fundos do Idoso e Fundo da Criança e Adolescente realizados diretamente na Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física dos contribuintes.

Na 8ª RF mais de 35 mil pessoas físicas realizaram a destinação em suas respectivas DIRPF em 2021 (47% maior que em 2020), no valor total de aproximadamente R$ 35 milhões que serão transferidos para os Fundos do Idoso e Fundos da Criança e Adolescente – um aumento de 52% em relação aos valores destinados na DIRPF 2020. 

                  Na DIRPF 2021 foram 1.475 pessoas físicas, com jurisdição na DRF/Limeira (a que São João da Boa Vista pertence), que efetuaram as destinações (33% maior que em 2020), no valor total de R$ 1,6 milhões (30% superior a 2020).

Na nota divulgada, destaque para a evolução dos contribuintes da ARF/São João da Boa Vista, com aumentos de 82% nas destinações para os Fundos da Criança e Adolescente, e de 198% para os Fundos do Idoso.

José Roberto Mazarin, Superintendente - SRRF8ªRF, em nota destacou a relevância dos resultados obtidos na 8ª RF este ano em relação às destinações aos Fundos do Idoso e Fundos da Criança e Adolescente, realizados diretamente na Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física: 52% de aumento em valor e 47% de aumento no número de destinações.

Mazarin também parabenizou sua equipe pelo trabalho nas campanhas, divulgações, orientações e demais ações voltadas ao tema e ressaltou a importância da divulgação do resultado das doações dos contribuintes ao declararem o Imposto de Renda: “É importante como forma de dar publicidade aos resultados, ampliar a compreensão sobre as possibilidades de destinação e também para que a sociedade tenha conhecimento e acompanhe a aplicação dos recursos recebidos pelos fundos em seu município.”

Departamento de Educação cadastra alunos para recebimento do “Kit Alimentação Escolar”


Com a retomada gradativa das aulas presenciais, as EMEBs da rede municipal de ensino estão realizando o cadastro dos alunos que pretendem receber o “Kit Alimentação Escolar”, garantindo a alimentação do aluno nos dias em que não frequentar a escola. As inscrições vão até sexta-feira (2 de julho), nas próprias escolas.

O kit contém gêneros em quantidade individual apenas para o atendimento do aluno, mantendo a complementação alimentar escolar básica no período em que durar a suspensão parcial das aulas, em virtude da pandemia do Coronavírus.

O cadastro, exclusivo para alunos da rede municipal de ensino. O objetivo é reduzir os impactos do retorno gradual das aulas e garantir a segurança alimentar de crianças do município nos dias em que não frequentarão a escola.

O kit terá duração até o retorno total das aulas presenciais. Durante a pandemia, as EMEBs permanecerão atendendo os alunos em estado de vulnerabilidade que, comunicando previamente, poderão se dirigir diariamente até a escola onde estão matriculados para realizar as refeições.

Chá Literário da Academia de Letras vai celebras o centenário de Paulo Freire


 

“Atualidade de Paulo Freire – 100 anos do pensador” é o tema da Chá Literário da Academia de Letras de São João da Boa Vista. Esta atividade será a quarta edição de 2021 da Academia de Letras, e os convidados para discorrer sobre o tema são o diretor de Redes e Parcerias da Unifeob, João Otávio Bastos Junqueira, e a coordenadora do curso de Pedagogia, Patrícia Furlanetto.

O evento terá transmissão on-line no sábado, dia 19 de junho, às 17h00, pelo canal oficial da Academia de Letras no You Tube.

“Procuramos sempre homenagear algum intelectual de quem se comemora um aniversário especial”, explica a presidente da Academia, Beatriz Castilho. “Paulo Freire é uma referência para a educação no país e no mundo, além de ser patrono de uma das cadeiras de nossa Casa de Letras – a propósito, quem o elegeu patrono e ocupa essa cadeira é o João Otávio”.

Apaixonada por Educação, a historiadora Patrícia Furlanetto comemora a oportunidade de realizar o debate. “Paulo Freire foi um educador na essência do termo, vivia pela possibilidade de transformar vidas. Pernambucano, vivenciou desde criança a realidade diversa do Nordeste, onde a miséria e a riqueza exacerbadas coexistem quase que naturalmente. Foi neste contexto que levantou a bandeira de que o Brasil não poderia mais viver com um número tão significativo de adultos analfabetos”, relata.

Para ela, dividir o espaço com João Otávio torna a ocasião ainda mais significativa. “Ele é neto de um pernambucano e também vive pela Educação e pela ampliação deste direito constitucional. Cada um em seu tempo: Freire entre os anos 1960 a 1990, centrado na ampliação da educação básica; e João Otávio nas primeiras décadas do Século XXI, centrado na ampliação da educação superior”, analisa Patrícia. “Será um diálogo entre o passado e o futuro da Educação”.

A presidente Beatriz acredita que a dupla de convidados enriquecerá expressivamente a pauta. “A Patrícia sempre teve um grande envolvimento com a área educacional, tem um sólido conhecimento na área de Pedagogia e Metodologias Ativas. Ninguém melhor do que ela e João Otávio, apaixonados por Educação, para tratar do assunto. Ambos poderão mostrar por que, um século após nascido, Paulo Freire continua atual”.

 

Paulo Freire

Patrono da Educação Brasileira, Paulo Freire é considerado um dos pensadores mais notáveis na história da pedagogia mundial. Em 2021, completaria 100 anos de idade, e sua obra e influência permanecem extremamente atuais e relevantes, especialmente com a popularização das metodologias ativas de aprendizagem.

 

Academia de Letras

Fundada em 1971, a instituição de São João da Boa Vista comemora em novembro 50 anos de existência. “A Academia entende que o manejo da linguagem, assim como a leitura e a literatura, são instrumentos fundamentais para a liberdade humana e para o alívio da alma, especialmente nestes tristes tempos de pandemia e embates ideológicos”, afirma Beatriz Castilho.

PREFEITA RECEBE SECRETÁRIO DA HABITAÇÃO

O secretário de Habitação do Governo de São Paulo, Flávio Amary, esteve em São João da Boa Vista, no início da tarde desta terça-feira (15), anunciando duas grandes novidades para a cidade: a renovação do programa Cidade Legal e uma verba de R$ 4,46 milhões para aporte do programa Casa Paulista.

Amary também prometeu estudar e trazer soluções aos problemas do Residencial Eldorado (predinhos da rua Henrique Martarello, na Vila Brasil), local em que, há tantos anos, moradores buscam o apoio do poder público.

O programa Casa Paulista tem a finalidade de executar uma política de fomento à oferta de habitação de interesse social. Serão liberados R$ 10 mil para cada casa comprada, em loteamentos que ainda serão entregues pela atual Administração.

Já o Programa Estadual de Regularização Fundiária Urbana, o Cidade Legal, foi criado para auxiliar os municípios paulistas na regularização dos núcleos habitacionais implantados em desconformidade com a lei.

Para apoiar a população, o Estado disponibiliza aos municípios uma equipe profissional multidisciplinar de alta qualidade e reconhecimento técnico. A equipe realiza diversos serviços, dentre eles capacitação do corpo técnico municipal, análise, estudo e aprovação dos projetos de regularização apresentados.

Cerca de 1750 famílias dos bairros Jardim das Amoreiras I e II, Jardim Primavera, Recanto do Jaguari, Jardim dos Comerciários e Conjunto Habitacional Prof. Antonio Cavalcante de Albuquerque estão contando com o apoio do Cidade Legal, atualmente.

POLICIAIS AMBIENTAIS RECEBEM MEDALHA DO CINQUENTENÁRIO


Na sede do 1° Batalhão de Polícia Ambiental, localizado no bairro da Casa Verde em São Paulo, foi realizada a solenidade comemorativa à Semana do Meio Ambiente, com a presença do Ministro de Estado de Meio Ambiente Ricardo Sales.

Os policiais da 7ª Companhia da Polícia Ambiental, 1° Tenente PM Ivo Fabiano Morais e o Cabo PM Flávio Luis Jacomussi (foto), foram condecorados com a mais alta honraria da Polícia Ambiental de São Paulo, a medalha "Cinquentenário do Policiamento Florestal e de Manaciais".

Destaca-se que a outorga dessa condecoração se processa mediante crivo da Comissão Especial de Concessão e foi instituída pelo Decreto Estadual nº 44.488, de 06 de dezembro de 1999, destinando-se a homenagear personalidades civis, militares e instituições públicas e privadas que tenham contribuído para o engrandecimento do Policiamento Ambiental ou, que de algum modo, tenham prestado relevantes serviços ao Estado de São Paulo, tratando-se de honrosa distinção em agradecimento por toda a dedicação dirigida a esta Polícia Militar Ambiental. E entre os homenageados de 2021 estão dois Policiais Ambientais que atuam na região.

EMBATE ENTRE PREFEITA TERESINHA E VEREADOR JUNIOR DA VAN NA CÂMARA MUNICIPAL. VEREADOR TEVE MICROFONE CORTADO


Na Sessão da Câmara desta segunda-feira, 24 de maio, já quando a reunião caminhava para a parte final, a Prefeita Teresinha chegou à Câmara Municipal. Anteriormente houve uma discussão entre os vereadores originadas pelas denúncias do vereador Júnior da Van (FOTO) sobre a falta de médicos e a situação de equipamentos nas Unidades de Saúde.
Com o pronunciamento sobre esta questão surgiu um debate entre os vereadores, com alguns expondo que era preciso que o Legislativo ficasse unido e ajudasse o Executivo a solucionar os problemas, inclusive os da Saúde, pois muitos deles vinham de administrações passadas, e também pela situação geral da Saúde Pública do Brasil.
Os vereadores aliados com a administração também questionaram que a prefeita havia assumido há pouco tempo, e ainda precisou enfrentar uma contaminação pelo vírus da Covid-19, o que a debilitou.
Foi aí que surgiu a sugestão de convidar a Prefeita Teresinha para vir debater sobre o tema com os vereadores em outra oportunidade.
A sessão da Câmara foi suspensa por algum tempo e quando foi retomada a Prefeita Teresinha estava presente. Junior da Van questionou a prefeita sobre a situação da saúde e atendimento na Unidades de Saúde, Upa e Centro Covid. Teresinha expôs os problemas que tem enfrentado e a dificuldade de se conseguir contratar mais médicos, e a situação da Santa Casa que enfrenta sérios problemas financeiros.
Junior da Van continuou questionando a prefeita e para surpresa de todos que acompanhavam a sessão da Câmara, em determinado momento não se ouvia mais os questionamentos do vereador e suas respostas. Somente a voz da prefeita que chegou a chamar o vereador de mentiroso.
Na manhã desta terça-feira, 25 de maio, o vereador Júnior da Van informou que durante a visita da prefeita não percebeu que seu microfone estava mudo, e só foi se dar conta deste fato quando foi assistir mais tarde, já em sua casa, o vídeo da sessão.
Junior da Van também confirmou que o fato aconteceu porque seu microfone foi realmente cortado, fato que o funcionário da Câmara Municipal também confirmou. Segundo o vereador, o funcionário informou ao ser questionado que a ordem para cortar o som de seu microfone foi do presidente da Casa, vereador Rui Nova Onda.
Uma situação inusitada. Vereador sem “voz” no Legislativo. E o povo sem poder avaliar o trabalho do vereador e da prefeita, pois se ouvia apenas a posição de uma das partes.

VEREADOR BIRA FAZ MAIS UMA DENÚNCIA: COMPRA DE LIVROS DE MAIS DE 550 MIL NA ADMINISTRAÇÃO PASSADA

(Imagem constante do documento enviada à Prefeita Terezinha)

 

VEREADOR BIRA FAZ MAIS UMA DENÚNCIA SOBRE A ADMINISTRAÇÃO PASSADA. DOCUMENTO DA UNIDADE DE CONTROLE INTERNO RECOMENDA QUE PREFEITA TOME PROVIDÊNCIAS. COMPRA DE LIVROS FOI DE MAIS DE 550 MIL.

Na sessão da Câmara Municipal desta segunda-feira, 17 de maio, o vereador Bira ao ocupar a tribuna denunciou a compra de livros - kit Inventura Desbravador -pela administração passada no valor total de R$ 569.144,00. A compra foi realizada sem licitação através de requisições do Departamento de Educação de números 2125 e 2126, ambas de 2020, conforme aponta documento – TERMO DE VERIFICAÇÃO - da Unidade de Controle Interno (UCI) da administração pública.

O documento da UCI, assinado por duas funcionárias do setor, foi encaminhado à Prefeita Teresinha, tem data de 12 de maio de 2021, e aponta livros constantes no kit Inventura Desbravador adquirido para níveis de ensino que não são atendidos pela rede municipal.

O apontamento do UCI ainda descreve que o Programa Educação Inventura é composto por 4 livros – 2 indicados para o Ensino Fundamental 1 e outros 2 indicados para o Ensino Fundamental 2, e completa: “Sendo assim, por questões pedagógicas, o ideal é seguir os materiais didáticos na ordem do Programa, contudo o Departamento de Educação acabou por iniciar pelo terceiro livro”.

E faz uma recomendação à Prefeita Teresinha: “... Ante o exposto, formalizamos o presente Termo de Verificação, para dar ciência do acima relatado, e recomendamos para que a Administração adote providências necessárias.

MEIO MILHÃO

A compra do kit Inventura Desbravador adquirido pela prefeitura em 2020 no valor de R$ 569.149,00 foi adquirido na Modalidade de Contratação, isto é, com dispensa de licitação conforme artigo da Lei 8666/93 e suas alterações.

Na tribuna da Câmara Municipal o vereador Bira solicitou oficialmente os documentos da aquisição dos livros, o desenrolar do processo de compra e informações sobre quais livros foram utilizados na rede municipal de educação.

E no documento oficial, a UCI à Prefeita Teresinha, com a exposição dos fatos, a recomendação em “tomar providências necessárias”.

É aguardar a posição do Executivo e a posição dos vereadores, principalmente de Bira que levantou a questão. Ontem foram abertas 5 CPIs no Legislativo – uma de apuração da atual administração e 4 de atos da administração passada. Será que teremos mais uma CPI a partir dos fatos levantados pela UCI?

LEGISLATIVO ABRE 5 CPIs E NOMEIA SEUS MEMBROS

Imagem Assessoria da Câmara Municipal

Na foto o vereador Bira, presidente de quatro CPIs 

Na sessão da Câmara Municipal desta segunda-feira, o Legislativo instalou 5 CPIs – Comissões Parlamentares de Inquéritos – uma para apurar as denúncias do ex-diretor municipal Marcelo de Paulo sobre a atuação de Miguel Moura que atuava na administração municipal com status de diretor sem ter sido nomeado. As denúncias do ex-diretor foram feitas ao São João News e davam conta que Miguel Moura tinha inclusive acesso à rede interna de comunicação da prefeitura, que é restrita a funcionários, com senha.

As outras 4 CPIs foram solicitadas pelo vereador Bira com requerimento subscrito pelos vereadores: sobre pandemia, sobre a situação das casas populares do Conjunto do Guiomar Novaes; sobre o tratamento do lixo na cidade; e sobre os contratos de alugueis de imóveis ocupados por repartições municipais.

Na sessão da Câmara Municipal foi inclusive formada as comissões observando a representatividade dos partidos, e seus membros nomeados deverão agora se reunir e escolher os relatores. O presidente foi apontado de acordo com o vereador que apresentou o documento solicitando a CPI,

 

CPI DA DENUNCIA EX-DIRETOR

O presidente da Comissão é o vereador Carlos Gomes (PL). Os outros membros são: Aline Luchetta (Rede), Junior da Van (PSD), Titi (PSDB) e Gustavo Belloni (Podemos)

 

CPI COVID

O presidente é o vereador Bira (PL). Os outros membros são: Luiz Paraki (Rede), Claudinei Damálio (PSD), Pastor Carlos (PSDB) e Gustavo Belloni (Podemos).

CPI CASAS POPULARES

O presidente é o vereador Bira (PL). Os outros membros são: Heldreiz Muniz (Rede), Junior da Van (PSD), Pastor Carlos (PSDB) e Rodrigo Barbosa (PSB).

 

CPI LIXO

O presidente é o vereador Bira (PL). Os outros membros são: Aline Luchetta (Rede), Claudinei Damálio (PSD), Titi (PSDB), Mercílio Macena (PTB).

 

CPI CASAS ALUGADAS

O presidente é o vereador Bira (PL). Os outros membros são: Heldreiz Muniz (Rede), Junior da Van (PSD), Titi (PSDB), Mercílio Macena (PTB).