Seg05172021

Last update04:26:57 PM

 

Back Você está aqui: Home São João Ana Maria Braga recebe presente de ex-aluna da Unifeob

São João

Ana Maria Braga recebe presente de ex-aluna da Unifeob

A ex-aluna da Unifeob, Rosana Serelo, de Andradas – MG, formada em Administração de Empresas em 2008, foi convidada a participar de uma edição especial do Mais Você, programa matinal da Globo. Em homenagem ao aniversário de 72 anos de Ana Maria Braga, confeccionou uma boneca personalizada da apresentadora, deu um depoimento e apresentou seu empreendimento em rede nacional.

“Quando fui convidada, vi a oportunidade de mostrar ainda mais meu trabalho e senti uma gratidão imensa, percebendo como um serviço bem feito e cheio de amor pode nos levar a lugares incríveis”, conta Rosana. “Como o aniversário da Ana Maria estava por vir, a produtora sugeriu as bonecas como pauta, já que ela sempre valorizou o trabalho artesanal”. O presente foi aberto durante o programa e a apresentadora fez questão de exibir e elogiar o produto de Rosana.

Ana Maria Braga é conhecida por prestigiar o artesanato e fez questão de destacar a importância da atividade para a economia e cultura nacional. “Com técnicas simples e bom gosto, a gente consegue fazer coisas maravilhosas, isso eu aprendi com os artesãos”. Emocionada agradeceu Rosana pelo presente. “A Rô botou até o microfone [na boneca]. Ver isso acontecer desse jeito, que estou sendo agraciada, faz valer a pena cada dia, cada minuto, cada pensamento da minha vida”.

Rosana tinha em mente um objetivo bem definido para o futuro, desde o tempo de estudante. “Sempre tive o sonho de ter meu próprio ateliê de costura e personalizados. Cursar Administração na Unifeob fez com que minhas ações para o sucesso fossem certeiras; afinal, tinha conhecimento sobre diversas vertentes administrativas fundamentais para qualquer negócio dar certo”.

Lembrança & Afeto

No ateliê Costurinhas Andradas, Rosana confecciona, entre outros produtos, as bonecas Lembrança & Afeto, baseadas em fotografias de pessoas reais. “Nessa fase de afastamento que a pandemia nos trouxe, as bonecas vieram para preencher o coração das pessoas”, explica. “Elas estão trazendo alegria a esse momento triste que o mundo está passando e funcionam como um remédio afetivo para quem as recebe de presente. Afinal, o que menos quero vender são bonecas; quero vender afetividade através delas. E tem dado muito certo”, conclui.